Cidadeverde.com

Uma jogada ensaiada

A volta, em bloco, para a Assembleia Legislativa, de todos os deputados ocupantes de secretarias no Governo Wellington Dias foi uma jogada ensaiada. Os parlamentares já vinham combinando o lance há alguns dias.

Os seis deputados estavam tão entrosados acerca da jogada que se apresentaram à Assembleia Legislativa, na segunda-feira cedo, sem os expedientes oficializando seu retorno à Casa. Ou seja, voltaram de boca.  

Ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho (MDB), restou apenas explicar: “Os senhores deputados são os donos de seus mandatos”.

Com o inusitado gesto, os parlamentares deram dois recados curtos e grossos. Um, endereçado ao governador Wellington Dias; outro, aos suplentes que estavam aboletados em suas cadeiras na Assembleia.

A pão e água

Ao governador, os deputados disseram que não estão satisfeitos no governo. É que, ao contrário das gestões passadas de Wellington, quando os deputados assumiam secretarias de porteiras fechadas, mandando e desmandando em tudo, desta vez eles estão se sentindo tratados a pão e água.

Até a administração passada, o secretário-deputado podia fazer tudo, até obras, mesmo que esta não fosse a finalidade de sua pasta. Também podiam escolher os ocupantes de cargos comissionados ao seu bel-prazer, assim como contratar terceirizados.

Neste novo mandato, o governador acabou essa festa e praticamente esvaziou as secretarias. Os deputados ficaram, então, apenas com o direito de prometer, sem poder cumprir.

Os donos das cadeiras

Já aos suplentes, além do susto que pregaram neles, os deputados avisaram que eles, sim, são os titulares das cadeiras. Os suplentes estavam apenas passando uma chuva na Assembleia.

Mesmo assim, na avaliação dos deputados, os suplentes convocados estavam se sentido donos do pedaço, pois contaram com a cobertura política do governador para a convocação deles.

Agora é aguardar para ver como o governador vai reagir a essa jogada ensaiada.

 

Foto: Francisco Leal/CCom

Retomada das obras de duplicação da BR-316

Duplicação anda

As obras de duplicação das BRs 316 e 343, em Teresina, foram retomadas, informa o Governo do Estado.

Segundo o Departamento de Estradas de Rodagens (DER), órgão responsável pelos serviços, as ações compreendem a adequação, duplicação, melhoramento e restauração das duas rodovias.

Os recursos, de R$ 66 milhões para a 316 e R$ 39 milhões para a 343, já estão garantidos.

O financiamento é do BNDES, com contrapartida do Governo do Estado.

Protesto

Mais de 500 empresários prometem uma manifestação hoje cedo no Grande Dirceu.

O movimento defende modificações na faixa exclusiva de ônibus da avenida principal do bairro, zona Sudeste de Teresina.

Segundo os organizadores do ato, os lojistas buscam uma solução para flexibilizar os horários ou remover a faixa preferencial dos ônibus para as vias laterais.

Prejuízos

Os lojistas alegam que estão tendo prejuízo e que muitas lojas estão fechando porque os clientes não têm onde estacionar e isso afeta o funcionamento do comércio no bairro.

Conforme seus relatos, os clientes reclamam porque às vezes só conseguem estacionar a uma distância de três ou quatro quarteirões da loja, pois o espaço que sobra é garagem ou de residências.

A mudança

A alteração no tráfego foi feita não apenas no Dirceu, mas em outros bairros da cidade com a implantação do sistema Integra Teresina.

A visão desse projeto da Prefeitura é que a cidade é feita para as pessoas, não para os carros.

Assim, as ruas e avenidas devem privilegiar a circulação das pessoas e favorecer o transporte dos usuários do sistema de transportes coletivos e não aos que se utilizam de carros particulares.

Opção

No caso do Dirceu, com essa mudança, as ruas laterais à avenida principal estão todas asfaltadas.

É uma opção para que os clientes das lojas situadas ao longo da avenida possam estacionar ali, sem atrapalharem o tráfego na avenida e reduzindo riscos de acidentes.

Foto: Lucas Pinhel

Para um quadro – O deputado Fábio Novo (PT) informou que o fotógrafo Lucas Pinhel captou do seu drone a melhor imagem do Hally dos Sertões 2019. Dos 5 mil quilômetros de Sertões, o Cânion do Viana, do município de Bom Jesus, encheu os olhos dos jurados. O resultado foi anunciado durante o final na prova, em Aquiraz, Ceará.

 

 

* Expulso do PSB, o deputado federal Átila Lira já descartou o Progressistas como sua nova casa. Ele está a caminho do DEM.

* Já o deputado Flávio Nogueira, que não escapará da punição do PDT, abriu conversações com o Progressistas.

* Ou a situação do governo federal é de petição de miséria ou então se trata de muita maldade. Veja esta:

* Foram cortadas 20 bolsas do CNPq de estudantes-pesquisadores do IFPI, no valor total de R$ 70 mil ao ano.

 

 

Na bola

Ao receber no grupo do PTB, no WhatsApp, o vídeo com a imagem do senador Elmano Férrer caindo para dentro da área, segurando a bola chutada pelo ministro Osmar Terra, na inauguração de um ginásio de esportes, em Teresina, o prefeito de Pimenteiras, Vinícius do Ó, saiu em defesa do parlamentar:

- Ora, disseram para o Veín agarrar a bola, não foi para ficar em pé. E ele se atracou com ela.