Cidadeverde.com

Oposição suspeita que banco não tem dinheiro para emprestar ao Piauí

A oposição levantou um questionamento, ontem, sobre a capacidade do banco escolhido pelo Governo do Estado para empestar R$ 2,5 bilhões ao Piauí.

Segundo o deputado Gustavo Neiva (PSB), o Banco Brasil Plural, sediado no Rio de Janeiro, não dispõe sequer de um terço desse valor. “O banco tem em seus ativos, ou seja, todo o seu patrimônio, apenas R$ 767,1 milhões”, informou.

Segundo Gustavo Neiva, no ano de 2017, de acordo com os dados do balanço apresentado ao Banco Central, o Banco Brasil Plural teve um prejuízo de R$ 20 milhões em 2018 e, já este ano, em apenas seis meses, o prejuízo chega a R$ 7,8 milhões.

“Como pode um banco que tem prejuízo, ano após ano, querer emprestar dinheiro ao Piauí?”, indagou.

O parlamentar completou: “O capital social do banco é de 143,7 milhões. Como vai conseguir emprestar R$ 2,7 bilhões, me respondam?”, cobrou.

O presidente regional do PSDB, Luciano Nunes, divulgou um vídeo nas redes sociais apresentando também esses dados e questionando: se o Governo do Piauí tem tanta capacidade de pagamento, por que nenhum banco com capital, como a Caixa ou Banco do Brasil, se interessa em emprestar esse dinheiro ao Estado?

Foto: Divulgação/CCom

Governador reúne bancada para falar sobre empréstimos

O que fazer

Na terça-feira, depois de enviar à Assembleia Legislativo pedidos de quatro novos empréstimos, o governador Wellington Dias reuniu a sua bancada e anunciou uma iniciativa de avanço em áreas estratégicas da administração pública.

Equipes das áreas de educação, saúde, infraestrutura, social, segurança e meio ambiente estão elaborando planos integrados de desenvolvimento, contendo as ações mais urgentes a serem adotadas para elevar qualitativamente o nível dos serviços sob responsabilidade do governo estadual.

O financiamento dos planos, conforme o governador, terá quatro fontes principais. O governo conta com R$ 1,5 bilhão do Fundef para aplicar especificamente na área de educação. Pouco mais de R$ 1 bilhão devem sair por meio de operações de crédito a serem autorizadas pelo parlamento estadual.

Outra parte das ações será paga com recursos próprios do Tesouro Estadual e, por fim, o governo conta também com investimentos privados por meio de parcerias público-privadas (PPPs).

  

 

Cabalando voto

O site O Antagonista.com deu ontem que, em busca de aprovação na sabatina do Senado, o indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para a Procuradoria Geral da República, Augusto Aras, jantou com a bancada do PP na casa do senador Ciro Nogueira.

E assim segue a via crucis do candidato à PRG: tem que fazer o beija-mão aos senadores.

Foto: Divulgação

Prefeito de Bom Jesus, presidente da Caixa e senador Elmano Férrer

Caixa em Bom Jesus

A Caixa Econômica Federal vai instalar uma superintendência fora de Teresina.

A nova unidade ficará na cidade de Bom Jesus sediará a unidade, informou ontem o senador Elmano Férrer (Podemos), após encontro com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Impulso

Presente ao anúncio, o prefeito de Bom Jesus, Marcos Elvas (PSDB), comemorou a boa-nova: “Já somos polos educacional, médico, comercial, bancário. Já temos Banco do Brasil, Caixa Econômica, Banco do Nordeste, Bradesco, em breve contaremos também com uma agência do Santander. Agora, com o trabalho em Brasília do senador Elmano Ferrer e o apoio do presidente da CEF, Pedro Guimarães, vamos fincar essa SEV para alavancar ainda mais nossa agenda produtiva, a agenda de um Piauí grande, incluindo Bom Jesus, que é o Piauí que dá certo”.

Nova ponte

A licitação para definir a empresa que vai construir a nova ponte sobre o Rio Poti, a Ponte da Ufpi, já foi concluída pela Central Permanente de Licitações da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema). A empresa vencedora é a TCE Engenharia Ltda., que irá executar o serviço por R$ 31.382.799,43.

O valor estimado da obra era de R$ 38.636.636,08 e, através do certame, que ocorreu na modalidade concorrência, em que vence a empresa que ofertar a menor proposta de preço e que comprove capacidade técnica para execução do serviço.

A economia para os cofres públicos será de 18%, estima a Prefeitura.

Imagem: Divulgação/PMT

A nova ponte vai ligar o bairro Água Mineral, na zona Norte, à Universidade, na zona Leste

 

 

* A Academia Piauiense de Letras faz no sábado, às 10h, o panegírico de seu ex-presidente, desembargador Manfredi Cerqueira.

* A oração em memória ao acadêmico falecido em junho passado será proferida pelo jurista Celso Barros Coelho.

* O presidente Bolsonaro bateu o martelo: sem CPMF. O secretário da Receita caiu.

* Sem chuva há 100 dias, Brasília e grande parte dos cerrados estão no desespero.

 

 

Empréstimos

Do Seu Malaquias:

- De empréstimo em empréstimo, o Piauí está ficando imprestável.