Cidadeverde.com

Dinheiro de novos empréstimos virá dos chineses

Foto: Divulgação/Alepi

Secretário Rafael Fonteles na CCJ da Assembleia, explicando empréstimos

 

Investidores chineses serão responsáveis pelo empréstimo de R$ 1,5 bilhão a ser obtido pelo Governo do Piauí junto ao Banco Brasil Plural (BBP).

Este foi um dos esclarecimentos prestados ontem pelo secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa.

O secretário voltou à Assembleia para explicar aos deputados as quatro mensagens do governador Wellington Dias em tramitação na Casa, com pedidos de aprovação para novos empréstimos que totalizam R$ 3,3 bilhões.

Ele foi questionado por vários parlamentares, da oposição e do governo, sobre a natureza dos empréstimos, seus objetivos e a capacidade de endividamento do Piauí.

Banco idôneo

Rafael Fonteles  garantiu que o Banco Brasil Plural (BBP), escolhido pelo governo para os dois maiores empréstimos, no valor de quase R$ 2,5bi, tem idoneidade na praça e atuará como intermediaria dos investidores chineses.

“Estive em Hong Kong, na China, quando me reuni com os investidores e os recursos da operação de crédito já estão assegurados, faltando apenas a aprovação da lei pela Assembleia Legislativa”, assinalou.

O secretário afirmou que o dinheiro do empréstimo será aplicado na realização de obras.

Segundo ainda Rafael Fonteles a decisão do governo de pedir autorização para contrair empréstimo de R$ 1,2 bilhão para alongamento do prazo de pagamento de dívidas se dá porque o Estado será beneficiado com a redução nas taxas de juros.

Ele confirmou que outra operação de crédito de R$ 100 milhões, junto ao Banco do Brasil, visa a melhoria da segurança pública no Estado, com a aquisição de viaturas e outros equipamentos.

Em relação ao pedido de autorização para obtenção de empréstimo de R$ 500 milhões junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Rafael Fonteles declarou que os recursos serão aplicados em projetos de preservação do meio ambiente, incluindo a construção de barragens. Este empréstimo precisará ser aprovado também pelo Senado.

As comissões técnicas da Assembleia farão hoje uma reunião conjunta para votar os novos pedidos de empréstimos.

  

 

Demagogia no ar

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo, postou ontem no Twitter que “Os casos de mortes resultantes de ações policiais nas favelas são alarmantes. Ágatha é a quinta criança morta em tiroteios no Rio neste ano. Ao total, 16 foram baleadas no período. “

Mas o apresentador Luciano Huck, uma celebridade há mais de 20 anos, não viu nada disso.

E, ontem, picado pela mosca azul e diante do clima de comoção nacional, ele apareceu nas redes com uma mensagem de solidariedade para a família de Ágatha.

Novos empréstimos

Ontem, na Assembleia Legislativa, o secretário Rafael Fonteles garantiu que, ao contrário de outros Estados, como Rio de Janeiro e São Paulo, que já comprometeram mais de 100% das Receitas Correntes Líquidas com o pagamento de dívidas, o Piauí aumentou a sua capacidade de endividamento.

“Em 2015, o Piauí comprometia com o pagamento das dívidas consolidadas 57% das Receitas Correntes Líquidas e este percentual foi reduzido para 50%”, esclareceu ele.

Nota azul

O secretário da Fazenda disse ainda que o Piauí obteve nota B do Ministério da Economia, o que assegura o aval da União aos empréstimos que serão obtidos pelo Governo, à exceção da operação de crédito que será realizada com o Banco do Brasil.

Ele explicou que a nota foi definida com base na liquidez, na poupança corrente e na capacidade de endividamento do Estado.

Centro de Convenções

Pelo visto, enterraram mesmo uma caveira de burro de cabeça para baixo na obra do Centro de Convenções de Teresina.

O edital de licitação para concessão do uso do espaço será relançado porque nenhuma empresa compareceu à sessão que tratou sobre parcerias e concessões para que o local volte a funcionar.

O edital será relançado amanhã.

Eita!

A deputada Teresa Britto (PV) pediu a retomada da obra da estrada nas localidades Ema e Caiçara, em José de Freitas, que chegaram a ser iniciadas e foram paralisadas.

“São R$ 7 milhões já liberados. Na verdade, são duas obras: uma de 22 quilômetros, beneficiando 26 comunidades. A outra é de 11 quilômetros, dois quais apenas dois tem habitantes, nove são desertos”, afirmou.

Foto: Divulgação

O TCE e a educação nos municípios - O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Abelardo Vilanova, recebeu ontem em audiência a diretoria da Undime-PI, que foi buscar junto à Corte parcerias para ações junto às Secretarias Municipais de Educação do Piauí. E já ficou acertado o primeiro encontro “Undime dialogando com o TCE”, que será realizado no auditório do Tribunal no próximo dia 30.

 

 

* Estudantes do Ensino Fundamental e Médio da Rede Sesi de Educação no Piauí participaram, nos dias 20 e 21 de setembro, da fase estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica 2019 (OBR 2019).

* Os seis suplentes despejados da Assembleia Legislativa pelos titulares ainda continuam sem teto.

* O Progressistas está recebendo muitos filiados ultimamente. Ontem, foi a vez do deputado federal Átila Lira, reeleito pelo PSB, assinar a filha de filiação ao partido.

* Nos meios políticos, por conta dessa onda de filiações, o Progressistas do senador Ciro Nogueira já está sendo chamado de “papa-tudo”.

 

 

Purgante

O deputado Henrique Pires usou a tribuna ontem, em nome da liderança do MDB, e repudiou as declarações do senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) contra o senador Elmano Férrer (Podemos-PI), pela retirada da assinatura no projeto que pede a criação da CPI do Judiciário, a chamda CPI da Lava Toga. O deputado jogou areia no ventilador:

- Esse Kajuru é uma diarreia eleitoral.