Cidadeverde.com

Toma lá, dá cá

Como era esperado, o Senado aprovou, em primeiro turno, com folgada maioria, o texto-base da reforma da previdência. A PEC passou com 56 votos a favor e 19 contrários.

Entre outros pontos, a PEC aumenta o tempo para se aposentar, eleva as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS, hoje em R$ 5.839,00, e estabelece regras de transição para os atuais assalariados.

Os senadores impuseram uma derrota ao governo na votação dos  destaques (pedidos pontuais de mudança ao texto). Eles aprovaram um destaque que mantém o atual limite de renda para obtenção do abono salarial.

A proposta saída da Câmara dos Deputados reduzia o limite de dois salários mínimos para R$ 1.364,43 por mês.

Com a manutenção da regra atual (limite de dois salários mínimos), a economia projetada com a reforma deverá ser reduzida em R$ 70 bilhões, segundo o Instituto Fiscal Independente do Senado.

Ao todo, a economia com a reforma ficará em torno de R$ 800 bilhões ao longo de dez anos. A previsão inicial era de R$ 1 trilhão.

Segundo turno

A votação final e definitiva da PEC da Previdência, em segundo turno, ocorrerá na próxima semana. Ou um pouco mais adiante.

Como está previsto também, até lá muitos senadores estarão fazendo barganha para repetir o voto a favor do governo. Eles querem, antes, a liberação de suas emendas orçamentárias, entre outras pedidas.

Ou seja, mais uma vez, o Senado se prepara para votar na base do “é dando que se recebe”.

Os senadores demonstram, assim, que, em matéria de previdência, não são nada imprevidentes.

  

 

Nova PPP

A Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc) realizou ontem a audiência pública sobre a concessão de uso do Complexo Hoteleiro Serra da Capivara.

Estiveram presentes empresários, órgãos públicos e entidades do setor, que contribuíram com sugestões ao projeto.

Capacete

A Comvap - Indústria de Álcool e Açúcar do Piauí está realizando uma campanha educativa e de conscientização sobre o uso do capacete entre funcionários que utilizam motocicletas como meio de locomoção.

O uso do equipamento aumenta a segurança de condutores e passageiros em um eventual acidente e é considerado obrigatório, de acordo com a resolução nº 453/2013 do Conselho Nacional de Trânsito – Contran.

Foto: Divugação

Dia do Piauí em Brasília - A Associação Cultural dos Amigos do Piauí (Acampi), que reúne a colônia piauiense em Brasília, vai comemorar o Dia do Piauí com muita festa. No programa, a 1ª. Mostra  Cultural e Gastronômica – Sabores do Piauí com o grupo musical Melhor de Três (João  Cláudio Moreno, Soraia Castelo Branco e Flávio Moura) como atração principal, além da participação de talentosos músicos piauiense que moram em Brasília (Tom Vital, Makeh, Glauco Luz, Myrian Eduardo e o violonista Josué Costa). Haverá ainda outras atividades, como sessão especial no Congresso, informa a presidente da Acampi, Alexandra Vieira.

 

 

* Oito deputados federais do PDT votaram a favor da reforma da Previdência. Agora a senadora Katia Abreu fez o mesmo.

* Servidores estaduais que têm empréstimo consignado pela Caixa Econômica está recebendo aviso de que terá o nome no SPC.

* A Universidade Federal do Piauí enfrenta greve geral de dois dias. O movimento começou ontem.

* O deputado Franzé Silva (PT) disse ontem na Assembleia que a dívida do Estado já foi 164 vezes maior que a receita.

 

 

Teste do bafômetro

Seu Malaquias soube pela mídia que o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, é chegado a tomar umas e outras. Quando a imprensa divulgou que o ex-PGR revelou sua ida ao Supremo com a intenção de matar o ministro Gilmar Mendes, Seu Malaquias de pronto perguntou:

- E quando o Dr. Janot disse isso ele estava sóbrio?