Cidadeverde.com

Wellington trata de meio ambiente com o papa

Foto: Reprodução/Facebook

Wellington Dias na missa celebrada pelo papa no encerramento do Sínodo da Amazônia

 

O governador Wellington Dias participa hoje da audiência que o papa Francisco concederá aos governadores que participaram do Sínodo da Amazônia. O primeiro compromisso oficial dele, em Roma, foi assistir ontem à missa de encerramento do Sínodo, celebrada pelo papa na Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Wellington Dias disse que, ao lado de outros governadores brasileiros e de outros representantes dos países abrangidos pela Floresta Amazônica, discutirá com o papa mecanismos de proteção aos povos e à biodiversidade amazônica, com o objetivo de defender as riquezas naturais da região.

Wellington participa, hoje, a convite do papa, da 1ª Cúpula dos Governadores dos Estados da Pan-Amazônia, representando o Consórcio Nordeste, juntamente com o governador do Maranhão, Flávio Dino.

O Sínodo encerrado ontem teve como temática o Meio Ambiente – Mudanças Climáticas e a Amazônia.

O governador informou que irá apresentar dois projetos inéditos que têm como finalidade o desenvolvimento de políticas públicas de preservação ambiental e crescimento sustentável.

“O primeiro, Ativos Verdes do Piauí, é o marco regulatório do Estado no acordo de Paris para a contenção das mudanças climáticas.

O segundo é uma iniciativa pioneira voltada para a gestão com sustentabilidade de parques ambientais. O objetivo é estruturar os parques piauienses para que os mesmos tenham uma gestão autossuficiente, com propostas de gerações de atividades, como hotelaria, produção de mudas, mel e artesanato”, explicou.

Crítica

A nova viagem internacional do governador Wellington Dias foi criticada, através das mídias sociais, pelo presidente regionaldo PSDB, ex-deputado Luciano Nunes, que disputou com ele o Governo do Estado, nas eleições passadas.

Luciano Nunes ironizou as propostas do governador para a área do meio ambiente levadas ao papa: “Aqui, no Estado que governa, o Parque Zoobotânico tem condições precárias e pede socorro.”

  

Fotos: Kattya D'Ângeles

Abertura do Seminário Reforma Eleitoral e Representação Política, na UFPI

Reforma eleitoral

Foi um sucesso o I Seminário sobre Reforma Eleitoral e Representação Política, promovido pelo Núcleo de Estudos Políticos e Eleitorais (NEPE), Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Piauí (OAB-PI), Associação Jurídica e Social do Piauí (AJUSPI) e Programa de Pós-Graduação em Direto da UFPI (PPGD).

Segundo o cientista político e professor Cleber de Deus, o evento foi a etapa inicial de uma série de debates que serão feitos daqui até as eleições do ano que vem.

Debates

Entre os temas debatidos durante dois dias, destacaram-se o “Sistema Político Brasileiro: mudança não é crise”, “Supremocracia e independência entre os Poderes da República”, “Corrupção e sistema político brasileiro: há remédios institucionais?” e “Empoderadas e sem poderes: mulheres na política representativa”.

Também foram discutidos no evento: “Conservadorismo político e representação política no Brasil”, “Empresariado, lobby e política no Brasil pós-1988”, “Engenharia política e reforma eleitoral: limites e aporias”, “Reforma eleitoral e personalismo político: é possível fortalecer os partidos políticos brasileiros?”

O encerramento do Seminário sobre Reforma Eleitoral, na UFPI

Luto

Luto na Polícia Militar do Piauí e na família do coronel Edvaldo Marques: faleceu na noite de sábado o coronel Raimundo Nonato Lopes, ex-comandante da corporação e também secretário de Segurança.

Ele estava internado e morreu aos 94 anos.

Foto: Divulgação/APL

Castelada - Em solenidade prestigiadíssima, o economista, escritor e acadêmico Homero Castelo Branco lançou no sábado, na Academia Piauiense de Letras, seu mais novo livro, “Castelo Branco ontem e hoje”. Na verdade, um livro duplo. No primeiro livro, a saga da família Castelo Branco. No segundo, a biografia de Fenelon Castelo Branco, um dos fundadores da APL. A apresentação ficou a cargo dos acadêmicos Elmar Carvalho e Dilson Lages.

 

 

* O presidente regional do PSD, deputado Júlio César, coordenador da bancada nordestina fez umas contas sobre o Fundo Eleitoral e as eleições.

* Segundo ele, se o dinheiro do fundo fosse dividido igualmente para todos os municípios, entre prefeitos e vereadores, cada um iria receber mais ou menos R$ 4 mil.

* Os números foram apresentados no encerramento do Seminário I Seminário sobre Reforma Eleitoral e Representação Política, na UFPI.

* A Rádio Cidade Verde passa a operar em nova frequência a partir de hoje: 93,5. A mudança garante um som de maior qualidade e maior alcance.

 

 

Pesquisas

Do Seu Malaquias, sobre as primeiras pesquisas de intenção de voto que estão circulando pelas gavetas dos partidos e sendo vazadas para a mídia:

- Não servem pra nada. Se comer tudo com farinha, o único risco é ficar empanzinado.