Cidadeverde.com

Piauí recebeu R$ 338 milhões do pré-sal

O Piauí recebeu R$ 338 milhões de transferência pelo leilão do excedente da cessão onerosa do pré-sal. O dinheiro foi dividido com Estados e municípios pela primeira vez.

Desse total, R$ 169 milhões foram repassados diretamente ao Governo do Estado e o restante partilhado entre os 224 municípios. O depósito foi feito no dia 31 de dezembro passado.

O secretário de Governo, Osmar Júnior, disse ontem que o valor é bem abaixo do esperado, mas representa uma grande vitória para os governadores e prefeitos.

“Os municípios podem fazer livre aplicação, mas o Estado obrigatoriamente deve encaminhar para a Previdência Social e investimentos”, observou o secretário.

Ele assinalou que os recursos contribuirão para o enfrentamento das dificuldades financeiras do Piauí, em especial do déficit da Previdência Social.

“Temos um déficit que, no ano passado, chegou a casa de R$ 970 milhões. Com a reforma da Previdência, espera-se uma redução de até R$ 220 milhões. O recurso da cessão onerosa está ainda nas contas do ano passado, mas vem ajudar a enfrentar esse déficit que é muito grave e é um dos fatores determinantes para as dificuldades financeiras dos estados brasileiros e, também, do Piauí”, afirmou Osmar Júnior.

O Governo do Piauí faria bem se informasse, objetivamente, através de uma tabela, como aplicará essa bolada extra.

(Com informações da CCom)

 

 

Caiu atirando

O coronel Edwaldo Viana caiu atirando do comando do 4º Batalhão da PM, em Picos.

Ele gravou um áudio e postou nas redes sociais desabafando que ficou chateado com a exoneração.

O coronel afirmou que foi vítima de pressão política.

"Descer nas cordas"

Na semana passada, circulou nas mídias sociais e nos veículos de comunicação outro áudio do coronel afirmando que jogava duro com a criminalidade.

Para ele, bandido tem que “descer nas cordas” – ou seja, ser morto.

Isso nos confrontos com a polícia.

Muitos políticos de Picos desconfiavam que o coronel estava em campanha para a Prefeitura.

Transcerrados

Sobre a situação da Rodovia Transcerrados, a Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc), do Governo do Estado, informa que está em andamento o Projeto de Parceria Público Privada (PPP) que prevê a implantação, adequação, operação, manutenção e exploração da infraestrutura das rodovias PI-397 e PI-262.

Consulta pública

Desde o dia 5 de dezembro, foram disponibilizados os estudos econômico-financeiro e técnico para a análise do mercado e de empresas interessadas.

A previsão da Suparc é que, até março, o processo licitatório seja realizado para que a contratação aconteça ainda no primeiro semestre de 2020, com o início da atuação da empresa vencedora.

A concessão

O projeto de PPP da Transcerrados abrange quase 332 quilômetros das rodovias, e resolve o problema da ausência da infraestrutura.

A empresa vencedora deve concluir as obras e administrar as estradas por um período de 30 anos.

O investimento inicial previsto é de aproximadamente R$ 230 milhões.

 

 

* O primeiro suplente convocado Bessah (Progressistas) foi efetivado ontem no mandato de deputado estadual.

* O ex-presidente Lula queria o petista Fernando Haddad no Palácio do Planalto, mas não quer vê-lo de volta à Prefeitura de São Paulo.

* Em Guaribas, quando não é 8 é 80. Situado na zona da seca, o município ficou conhecido nacionalmente como cidade-símbolo do Fome Zero.

* Agora um temporal destrói uma ponte e isola a cidade. O prejuízo só não é maior porque pouca gente quer ir lá. Não é ano de eleição estadual.

 

 

Pedido de eleitor

Quando vereador de Teresina, o humorista João Cláudio Moreno foi cercado por um cidadão que queria a qualquer custo falar com ele. E avisou logo que era para lhe fazer um pedido. O vereador ficou pensando qual seria o pedido: obra, serviço, emprego, vale-transporte... Atendeu ao cidadão todo armado, com medo da ‘facada’. O homem desembuchou:

- João Cláudio, o que eu quero de você é que, quando você se encontrar com o Chico Anysio, pelo amor de Deus peça pra ele fazer o Pantaleão. Aquilo é bom demais!