Cidadeverde.com

Justiça virtual avança no Piauí

Foto: Divulgação/CCom

Abertura do Ano Judiciário de 2020, no Tribunal de Justiça

 

2019 foi um ano de grandes avanços para a Justiça do Piauí, especialmente quanto à virtualização do Judiciário estadual.

A afirmação foi feita pelo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Sebastião Ribeiro Martins, ao instalar ontem o Ano Judiciário de 2020. 

O desembargador destacou, ainda, que este ano os processos serão todos digitalizados, o que garantirá mais eficácia e rapidez ao Poder Judiciário. 

“Já iniciamos o trabalho de digitalização e até dezembro não utilizaremos mais papéis. Esta é a primeira novidade”, anunciou o presidente do Tribunal de Justiça.

Balanço

A abertura do Ano Judiciário marca a retomada, a partir de hoje, dos prazos processuais e das atividades de todas as Câmaras Cíveis, Criminais e de Direito Público, além do Tribunal Pleno.

A solenidade contou com a presença de autoridades dos Poderes Judiciário, Legislativo e Executivo, magistrados e servidores do Judiciário estadual.

A cerimônia foi iniciada com a exibição de vídeo institucional, que apresentou as principais realizações do primeiro ano da atual gestão do TJ-PI.

Na sequência, o desembargador Raimundo Alencar, segundo decano do Tribunal, fez o pronunciamento de abertura do Ano Judiciário, elencando conquistas como a implantação do Plenário Virtual, a digitalização de processos e expansão do Processo Judicial Eletrônico e a capacitação de servidores e magistrados.

O Tribunal de Justiça tem pela frente, ainda, nas atividades deste ano, a tarefa da implantação do juiz de garantias.

Hoje 71% das comarcas do Estado funcionam com apenas um juiz, o que torna a implantação da medida um grande desafio.

(Com informações do TJ-PI)  

 

 

Abacaxi

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, não deixou apenas pegadas na areia das praias piauienses, na sua visita ao Estado, na semana passada.

Deixou também um abacaxi para o presidente Jair Bolsonaro descascar.

O ministro não tomou nem conhecimento do prefeito Mão Santa em sua visita a Parnaíba.

De volta

O Planalto disparou um telefonema para o prefeito, com pedido de desculpas.

Além disso, anunciou que o ministro do Turismo voltará a Parnaíba por cima do rastro para cumprir agenda oficial com o prefeito.

Sentindo-se prestigiado, Mão Santa aproveitou e deu seu recado:

- Que ele não venha de mãos vazias!

Aeroporto 

O ex-governador Wilson Martins repassou ontem as seguintes informações sobre a suspensão do projeto de reforma e ampliação do aeroporto de Teresina:

“Sobre o aeroporto de nossa Capital, quando governador, em 2011, conseguimos construir um projeto junto com o Governo Federal e a Prefeitura de Teresina.

Os representantes da Infraero local, à frente Wilson Estrela, e Regional de Pernambuco, acompanharam e contribuíram em muito.

O Governo Estadual daria contrapartida e seria o responsável pela execução da obra.

À Prefeitura Municipal de Teresina, caberia receber os recursos do Governo Federal e a responsabilidade para as desapropriações.”

Correu da raia

E conclui o ex-governador: “O Prefeito Elmano Férrer candidatou-se à reeleição em 2012 e, pela pressão das famílias que teriam seus imóveis desapropriados, desistiu de sua participação no acordo já por todos assinado.

Enquanto os demais estados avançavam e corriam atrás de assegurar os recursos, aqui, fomos atrapalhados pelos fatos acima relatados.

Isto foi decisivo para perdermos tempo, os recursos já assegurados e a oportunidade de vermos efetivado a construção do novo aeroporto de Teresina!!”

 

 

* O Ministério da Educação anunciou ontem que vai estender em dois dias o prazo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

* A abertura das inscrições foi mantida para esta terça-feira (21) e segue, agora, até domingo (26).

* O adiamento se dá em função dos erros em notas do Enem 2019.

* O governo informou também que as notas com erros já foram corrigidas e podem ser acessadas pelos participantes.

 

 

Quem é?

Ouvido ontem na Câmara Municipal de Teresina, sobre a sucessão de 2020 na capital:

- Até agora, o prefeito Firmino Filho ainda não sabe quem quer como candidato à sua sucessão. Mas já sabe quem não quer.