Cidadeverde.com

Cidade enfrenta altas temperaturas com arborização

Foto: Reprodução/internet

Vista panorâmica de Bom Jesus 

 

Bom Jesus, município de 25 mil habitaantes a 632 km ao Sul de Teresina, no coração dos Cerrados, vem enfrentando altas temperaturas nas últimas décadas, como muitas outras cidades da região.

Em outubro do ano passado, foi considerado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) o município mais quente do país,.

Bom Jesus registrou temperatura de 39,8 graus naquele mês, liderando a lista de cidades com as temperaturas mais elevadas do Brasil.

Preocupado com a situação, o prefeito Marcos Elvas (PSDB) lançou, em 2015, no início de seu atual mandato, um arrojado programa de arborização do município, para atenuar as altas temperaturas.

O programa foi implantado em parceria com a Universidade Federal do Piauí, através do Campus de Bom Jesus.

A Ufpi cedeu a área para o plantio das mudas e a estrutura de irrigação e a Prefeitura fornece o campo de aplicação das aulas práticas de produção de mudas.

O viveiro foi montado no Colégio Agrícola de Bom Jesus, administrado pela Ufpi. Além de mudas de plantas ornamentais, passou a produzir e fornecer também plantas medicinais.

Visitei o viveiro em novembro passado, em companhia do prefeito Marcos Elvas, do secretário Elvinhas e do poeta Salgado Maranhão, quando participávamos do Salão do Livro de Bom Jesus (Salibom)

Fotos: Zózimo Tavares/Cidadeverde.com

Viveiro de mudas no Colégio Agrícola de Bom Jesus

 

Árvores nas residências

O trabalho é coordenado pelo engenheiro agrônomo José Lustosa Elvas Barjud (Elvinhas), secretário municipal de Agricultura e professor aposentado da Ufpi.

Ele explicou que o carro-chefe do programa é a plantação de oiti e ipê (roxo, rosa, amarelo e branco), que são espécies nativas da região.

O ipê rosa e o branco não são nativos, mas estão se adaptando muito bem.

São distribuídas também plantas ornamentais como flaboyant, palmeiras de fênix e outras.

O programa começou inicialmente pelas avenidas, ruas e praças. Em seguida, a Prefeitura lançou o projeto “Sua casa mais verde”, para distribuição de mudas à comunidade.

Através desse projeto, a Prefeitura abre a cova, aduba, faz o primeiro plantio e dá as orientações para que o morador possa cuidar bem da planta.

“O objetivo é arborização, é fazer sombra na cidade”, afirmou o secretário Elvinhas.

A Prefeitura distribuir também para a comunidade mudas de plantas frutíferas, especialmente mangueiras

.

Distribuição anual de mudas chega a 25 mil em Bom Jesus

 

Sombra e flores

O programa chega a distribuir 25 mil plantas por ano. Somente em dezembro passado, durante o aniversário da cidade (15 de dezembro) foram mais 5.000.

Quando o programa começou, o nível de sobrevivência das plantas das áreas públicas era baixo e desanimador. Não chegava a 10 por cento.

Hoje a depredação é mínima, garante o secretário Elvinhas, acrescentando que a população está muito consciente da necessidade das plantas.

“Quando começa a chover, aumenta a pressão da comunidade pedindo muda. Além das residências da zona urbana, sítios, chácaras e agricultura familiar solicitam as mudas para fazer sombreamento”, informou.

“Em pouco tempo, Bom Jesus será uma cidade sombreada, fresca, florida e bonita”, anima-se Elvinhas.

 

O secretário Elvinhas com o prefeito Marcos Elvas e o poeta Salgado Maranhão