Cidadeverde.com

Não faltou dinheiro, faltou prioridade para a Transcerrado

A solução que o Governo do Piauí procura para concluir a Transcerrado, a “Estrada da Soja”, é razoável.

Como não dispõe de recursos para tocar a obra, partiu para uma Parceria Público-Privada (PPP), seguindo um modelo bem sucedido em vários Estados.  

A rodovia é fundamental para o desenvolvimento do Piauí. Ela passa por 25 municípios e tem 330 quilômetros.

Desses, 96 estão pavimentados. O restante da estrada forma um atoleiro de mais de 200 quilômetros, na época das chuvas.

A empresa que ganhar a licitação ficará com dever de concluir a obra em um ano. O investimento vai passar de R$ 200 milhões.

Ao tempo em que essa nova alternativa, a da PPP, abre caminho para a conclusão da Transcerrado, ela mostra também o equívoco histórico do Piauí na definição de prioridades para o seu desenvolvimento. 

Não faltou verba para essa rodovia. Nos últimos anos, o Piauí nadou em dinheiro de empréstimos e de emendas parlamentares para obras.

Optou-se, no entanto, pela construção de calçamento em ponta de rua e de pavimentação asfáltica para os currais eleitorais.

A Transcerrado, uma obra estruturante, ficou à margem.

 

 

Foto: Divulgação/Cef

Cinco meses depois da solicitação, Caixa instala Superintendência em Bom Jesus

Caixa nos Cerrados

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, inaugura hoje, no município de Bom Jesus, uma Superintendência Executiva do banco.

A expansão da Caixa para os Cerrados foi conseguida pelo senador Elmano Férrer, que formulou o pleito a Pedro Guimarães em setembro do ano passado, durante audiência em Brasília, da qual participou também o prefeito Marcos Elvas.

Hoje, além de inaugurar a Superintendência em Bom Jesus, o presidente da Caixa terá reunião com representantes dos setores do agronegócio, comércio e indústria da região.

Balanço

Os secretários estaduais de Fazenda saíram satisfeitos da reunião do Comsefaz (Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados e do DF) com o ministro Paulo Guedes, na quarta-feira, em Brasília.

O encontro discutiu agendas conjuntas para a Reforma Tributária e as PECs do Plano Mais Brasil, especialmente a do Pacto Federativo, que prevê a descentralização de recursos para os Estados e Municípios.

Foto: Divulgação/Ascom-Consefaz

Secretários de Fazenda com o ministro Paulo Guedes, em Brasília

Canal aberto

O presidente do Comsefaz, Rafael Fonteles, avaliou que a reunião com Paulo Guedes foi “extremamente positiva”.

Segundo ele, o encontro abre um canal efetivo de articulação e negociação com a União em torno da agenda das reformas.

Lançamento 

O ex-senador Hugo Napoleão lança no próxima terça-feira, , em Brasília, o seu livro “Eu fui Advogado de JK”, com prefácio de Maria Estela Kubitschek, filha do ex-presidente.

A sessão de autógrafos está marcada para as 18 horas, no Salão Nobre do Senado.

Os convites para o lançamento foram distribuídos pelos senadores Ciro Nogueira, Elmano Férrer e Marcelo Castro.

Foto: Divulgação

A capa do novo livro de Hugo Napoleão: lançamento no Senado

 

 

* O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, volta hoje ao litoral piauiense, por ordem do presidente Jair Bolsonaro.

* Ele vem cumprir agenda com o prefeito Mão Santa. Há um mês, o ministro do Turismo esteve em Parnaíba com o governador Wellington Dias.

* Os tucanos cercaram o presidente da Câmara Municipal de Teresina, Jeová Alencar, de todo jeito, para ele não sair do partido.

* Mas Jeová resolveu partir, pois já se sente mais emedebista que tucano. Do outro lado o presidente da Assembleia está lhe esperando.

 

 

Elas por elas

Do Seu Malaquias, quando soube que os vereadores de Teresina começam a ser vítimas de fake News, mal começa a campanha eleitoral:

- Muitas enganaram os eleitores e agora vão saber o que bom pra tosse.