Cidadeverde.com

Um bom remédio

Foto: Divulgação/CCom

A Secretaria de Saúde recebe mais uma remessa dos Equipamentos de Proteção Individual, (EPIs)

 

Ainda é cedo para comemorar, mas o que se vê no Piauí, em meio à crise mundial do coronavírus, é alentador na prevenção e no combate à doença.

O governador Wellington Dias apontou, ontem, pela manhã, uma estabilização nos casos de Covid-19 no Estado. Isso depois de analisar os dados mostrando um número maior de casos descartados do que de confirmados.

Até então, dos 348 casos notificados, oito foram confirmados, 173 descartados e 167 suspeitos.

À noite, os dados foram atualizados pela Secretaria de Saúde: 391 casos notificados, 9 confirmados, 192 descartados e 190 suspeitos.

O dado mais importante: o Piauí não registrou morte pelo coronavírus.

Vitória da medicina

O caso de maior repercussão no Piauí, em relação ao Covid-19, é o do apresentador Marcelo Magno, da TV Clube.

Ele passou dias entubado na UTI do Hospital Prontomed, em estado gravíssimo, e já se encontra no apartamento, respirando sem a ajuda de aparelhos, interagindo bem e em franca recuperação. Vence a doença bravamente.

Aqui um aplauso à medicina do Piauí, especialmente à equipe médico-hospitalar que enfrentou com bravura este grave e delicado caso de saúde, totalmente novo em seus currículos e na medicina do Estado.

A equipe que cuida do apresentador deve ser procurada – se ainda não o foi – para compartilhar essa experiência com os demais profissionais do setor que estão na linha de frente do combate à doença no Piauí.

Operação de guerra

As nove pessoas comprovadamente infectadas no Piauí ou estão em tratamento ou em observação. As pessoas que convivem com elas estão em quarentena. É o que manda o protocolo do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Enquanto isso, o Governo do Estado e a Prefeitura de Teresina montam às pressas e nas possibilidades de suas condições, em ritmo de uma operação de guerra, a estrutura mínima necessária ao enfrentamento do novo vírus.

Foto: Semcom

Equipes trabalham na produção de Equipamentos de Proteção Individual para a Fundação Municipal de Saúde

Avaliação

Na segunda-feira, o governador Wellington Dias terá uma nova reunião com o Comitê de Organização de Emergência (COE) para avaliar o resultado das medidas de contenção adotadas até o momento e definir novas ações para os próximos 15 dias.

O importante, neste momento, é não baixar a guarda, não relaxar nos cuidados, sejam os das autoridades sanitárias, sejam os pessoais. Cada um já sabe o que fazer para correr menos riscos de contaminação.

Nessa perspectiva, logo, logo, será criado o ambiente para se fazer o caminho de volta às atividades, dentro de uma margem de segurança responsável.

E volto ao começo: o cenário de ontem injeta uma boa dose de coragem e confiança no espírito das pessoas que vivem a angústia destes dias intermináveis da pandemia. Isso também é um bom remédio.

Claro que o Piauí não é uma ilha, nem a crise passou, mas, como afirmou o médico José Cerqueira Dantas,  diretor geral do Prontomed, quando o Estado se viu cara a cara com o Covid-19, “o medo é a metade da doença, a sensatez é a metade do remédio e a paciência é o começo da cura.”

(Com informações da CCom)