Cidadeverde.com

Firmino reage ao fim do isolamento

Imagem: Reprodução/Twitter

Postagens do prefeito Firmino Filho sobre o isolamento

 

O prefeito Firmino Filho postou mensagens ontem à tarde em suas contas nas redes sociais demonstrando que não está disposto suspender agora o isolamento social decretado por conta da pandemia da Covid-19.

Ao contrário, ele reagiu com firmeza às pressões para que a Prefeitura comece a retomada das atividades econômicas e sociais o quanto antes.

“Não tem um dia que alguém, inclusive amigos, não tentem me convencer a abrir mão do isolamento. Dizem que estou errado. Rezo muito para que eles estejam certos. Mas arriscar vidas dessa forma, tendo todas as informações que a gente tem, é mais que irresponsável, é desumano”, afirmou.

O prefeito questionou: “Agora me digam. Como flexibilizar o isolamento e abrir comércio em Teresina? Isso precisa ser feito com muito critério, cautela e responsabilidade. Só hoje o Brasil perdeu mais de 400 vidas. Isso as que foram notificadas”.

Segundo Firmino, o Brasil ainda caminha no escuro, em relação ao combate à pandemia. Ele exemplificou com o caso da testagem dos suspeitos.

“São Paulo, nosso Estado mais rico, testa dez vezes menos que a Turquia”, comparou.

Plano de reabertura

Na quarta-feira, o governador Wellington Dias acenou com a possibilidade de suspensão da quarentena, desde que o número de infectados caia – o que não tem acontecido – e que a rede hospitalar esteja preparada para atender os doentes da Covid-19 – o que também ainda não aconteceu.

Na Prefeitura, a própria assessoria de Firmino Filho também dava conta, na quarta-feira, da preparação de um plano para o fim do isolamento social, sem precisar quando ele seria concluído e posto em prática.

Firmino informou, ontem, que a Frente Nacional de Prefeitos está se articulando junto ao Ministério da Saúde para que o próprio governo federal defina com as capitais um plano de flexibilização do isolamento.

O fim da quarentena ainda é, pois, uma questão em aberto.