Cidadeverde.com

Ex-ministro é recebido com protesto no Sul do Piauí

Foto: Divulgação

João Henrique é recebido por manifestantes em Corrente

Por esta o ex-ministro João Henrique Sousa, presidente nacional do Serviço Social da Indústria (SESI) e vice-presidente regional do PMDB no Piauí, não esperava: ao chegar em Corrente, no Extremo-Sul do Estado, para a 6ª edição da “Caravana Piauí em Movimento”, ele foi recebido debaixo de protestos. Um grupo de manifestantes se organizou para impedir a palestra do ex-ministro.

Com palavras de ordem, cartazes e faixas, estudantes e professores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI) de Corrente ocuparam o local da palestra, na sexta-feira, à noite. A gritaria só acabou quando João Henrique se reuniu com representantes dos manifestantes, em uma sala, e ouviu as suas reivindicações.

Depois da reunião, ele deu início ao evento, que reuniu nove prefeitos e outras lideranças políticas da região, além de correligionários e pessoas interessadas na palestra.

Foto: Portalcorrente.com.br

Manifestantes preparam faixas para receber ex-ministro

O protesto

De acordo com o diretor do campus do IFPI, Laécio Barros Dias, João Henrique ouviu as reivindicações em uma reunião com representantes dos estudantes e professores, assumindo o compromisso de intervir junto ao Governo Federal pelo campus de Corrente. "Ele se comprometeu a me receber em Brasília, na condição de diretor do IFPI Campus Corrente, em audiência com o ministro do Planejamento, para viabilizar recursos para o IFPI desenvolver as atividades que estão paradas e para novos investimentos", conta o professor.

A professora Bruna Iwata, coordenadora do curso de Gestão Ambiental, declarou que a ideia de realizar a manifestação surgiu de forma espontânea. "Com a presença de um dos representantes mais fortes do Governo Federal no Piauí, nós não poderíamos deixar passar essa oportunidade de mandar o nosso recado, de falar sobre o sucateamento que está acontecendo com a educação pública, de como a rede de Institutos Federais está fragilizada e de como nós estamos perdendo a nossa capacidade de trabalho com excelência, como é a proposta da instituição. Nossos estudantes foram a nossa voz e manifestaram a nossa indignação!", relatou.

É coisa do PT

Na avaliação de João Henrique, o protesto teve cunho fortemente político. “Não vi necessidade de uma manifestação tão forte. Fomos recebidos com frases de golpista e contra o Presidente da República, mas o que podemos afirmar é que o PT já está no tempo de acabar com isso, não existe mais sentido em movimentações dessa natureza”, criticou.

O ex-ministro disse que sua caravana deve percorrer as 15 maiores cidades do Piauí até o fim do ano. “Algo surpreendente é ver tamanha movimentação de protesto quando praticamente ainda estou iniciando uma caminhada”, comentou, entre surpreso e animado.  (Com informações do potalcorrente.com.br)

Foto: Cidadeverde.com

A senadora Regina Sousa passa o comando do PT no Piauí para o deputado Assis Carvalho

2018 já começou

2018 já começou no Piauí. Depois que o governador Wellington Dias escolheu seus coligados preferenciais para a sua reeleição, agora é a vez do PT também definir seus rumos para as próximas eleições.

Em seu 6º Congresso Estadual, realizado no final de semana, o Partido do Trabalhadores aprovou por unanimidade a indicação do governador e da senadora Regina Sousa como candidatos à reeleição em 2018.

Em nível nacional, os militantes aprovaram, também por unanimidade, o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Posse de Assis

O evento petista foi realizado no Piauí e em mais 23 estados. Os petistas empossaram o novo presidente do diretório estadual do PT, deputado federal Assis Carvalho,  o presidente do diretório municipal de Teresina, ex vereador Gilberto Paixão, além de membros dos dois diretórios.

O governador e o prefeito Firmino Filho prestigiaram a posse dos novos dirigentes.

Com Lula

Uma caravana partiu ontem de Teresina com destino a Curitiba, levando 150 piauienses em trê ônibus. Os piauienses foram acompanhar o depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sérgio Moro, marcado para quarta-feira.

Quem paga a conta? Não se sabe.

Wilson na estrada

O presidente regional do PSB, ex-governador Wilson Martins, está saindo da toca. Ele anunciou uma série de encontros regionais do partido pelos municípios.

O evento, denominado “Agenda 40 – Piauí em Debate”, será a sua primeira edição em Picos, no próximo dia 26. A seguinte será em Campo Maior, dia 9 de junho.

O ex-governador esclareceu que o objetivo do evento é analisar o Piauí no contexto da crise nacional e discutir propostas para o Estado.

Meton autografa seu novo livro, pauta de ontem na Rádio Senado

Só deu Piauí

Só deu Piauí ontem na Rádio e na TV Senado. Na rádio, o entrevistado do programa “Autores e Livros”, pela manhã, foi o escritor piauiense Zoroastro de Albatroz, pseudônimo do desembargador Francisco Meton Marques de Lima, do TRT.

Na TV Senado, à tarde, foi exibido um programa especial sobre os  mestres santeiros do Piauí, com destaque para mestre Dezinho.

É demais!

O jornalista Jeziel Carvalho, da Rádio Senado, produziu uma reportagem especial para a emissora revelando que o Brasil tem 54.990 autoridades com direito ao foro privilegiado.

É o que mostra estudo publicado recentemente pela Consultoria Legislativa do Senado.

Outros países

Um dos autores, o consultor João Trindade Cavalcante Filho, explicou que em outros países está no máximo "na casa das centenas" o número de pessoas protegidas pelo foro privilegiado.

"No caso do Brasil, a grande característica é a quantidade", disse ele.

Fim de festa

O estudo faz um histórico do desenvolvimento do foro privilegiado no país e foi publicado no momento em que o Senado discute, em segundo turno, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC 10/2013), que acaba com o mecanismo no caso de crimes comuns.

A PEC foi aprovada em primeiro turno por unanimidade no dia 26 de abril e seguirá para a Câmara dos Deputados se passar por uma segunda votação no Plenário do Senado.

"Estrada da Morte"

Mais um acidente com mortes na BR-135. Uma idosa e sua neta, de apenas seis meses, morreram em um grave acidente de ônibus na estrada, no início da manhã de ontem. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu no município de Monte Alegre do Piauí, a 60 km de Redenção do Gurgueia. 

Os feridos receberam os primeiros socorros em Redenção e os casos mais graves foram encaminhados para o Hospital Regional de Bom Jesus.

O carro saiu da pista e capotou.

Foto: Cidadeverde.com

Novo acidente com mortes na BR-135.

*O senador Elmano Férrer (PMDB) registrou da tribuna a passagem dos 44 anos de atuação da Embrapa, da qual foi servidor e diretor no Piauí.

*O TCE julgará a auditoria sobre a licitação para concessão da Ceapi, antiga Ceasa, tão logo o relator do processo, conselheiro Jackson Véras, peça pauta para apresentá-lo.

*Em Oeiras, o ex-ministro João Henrique Sousa contou com o deputado Mauro Tapety (PMDB) prestigiando sua “Caravana Piauí em Movimento”.

*Em Corrente, ele esticou o pescoço para todos os lados e não viu nem de longe o deputado João Madison, líder do partido na região e neogovernista.

Muda o disco

Há alguns anos, o médico Arimatéa Santos ofereceu um jantar, com toda a família, ao cantor Belchior, que estava em Teresina para show e havia reencontrado seu primo Jorge Belchior, genro do Dr Arimatéa. Lá pelas tantas, o médico animou-se com a história do compositor cearense de que fora acadêmico de Medicina da UFC e abandonara o curso para seguir a carreira artística. Preocupado com o tratamento ao ilustre convidado, o Dr. Arimatéa chama o genro e solicita que mude o fundo musical do encontro para algo mais sofisticado. A música em background era "A palo seco", na voz do próprio artista cearense. Diante do inusitado, Belchior soltou uma gargalhada cortante e espontânea.