Cidadeverde.com

Militância reage a acordo do PT com PP no Piauí

Foto: Reprodução

Militância petista vaia Ciro Nogueira

Mesmo estando a 2 mil quilômetros de Teresina, o presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, foi alvo de um barulhento protesto em Teresina. Foi durante o ato “Diálogos e Debates sobre os desafios do PT”, no final de semana. Bastou que seu nome fosse anunciado no evento para que explodisse no plenário e nas galarias da Câmara Municipal de Teresina uma manifestação contra ele.

Chamado de golpista, o senador estava na verdade em Brasília. Ele foi atacado pela militância petista quando o presidente da mesa dos trabalhos, vereador Dudu, o convidou para compor a mesa de honra. Os petistas gritavam, em coro, que “golpista e traidor aqui não entra”.

O inesperado protesto causou tensão entre os organizadores do encontro e interrompeu o evento por mais de 5 minutos. A muito custo, os organizadores conseguiram acalmar os manifestantes, que se levantaram, gritaram e gesticularam muito reprovando a deferência a Ciro Nogueira.

O protesto foi feito na  presença dos senadores Gleisi Hoffman e Lindberg Farias, que vieram a Teresina para o evento do PT. Também estavam à mesa o governador Wellington Dias e o novo presidente regional do partido, deputado federal Assis Carvalho, além da senadora Regina Sousa, do ex-ministro Alexandre Padilha, da Saúde, e lideranças locais do partido.

Ciro nem foi convidado

O deputado Assis Carvalho afirmou que houve um erro de comunicação que acabou gerando a desconfortável situação. Ele reconheceu que o episódio causou um constrangimento desnecessário e informou que o senador nem fora convidado para o evento.

Não é a primeira vez que as lideranças do PP passam por esse tipo de constrangimento no Piauí. No final do mês passado, a deputada federal Iracema Portella foi cercada por um grupo de petistas, no município de Queimada Nova, quando visita a cidade.

Ela também foi chamada de golpista por ter votado a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff.

As manifestações sinalizam as dificuldades que o senador Ciro Nogueira, o governador Wellington Dias e a vice-governadora Margarete Coelho terão para levar até as eleições de 2018 a aliança que fizeram no Piauí.

Como todos sabem, a militância do PT é aguerrida e não deixará barato a posição do PP em relação ao impeachment e às reformas trabalhista e previdenciária.

Foto: Divulgação

Políticos e empresários no casamento de ex-ministro

Casamento

O casamento do presidente do Sesi, ex-ministro João Henrique Sousa, com Michelle, no sábado, em Teresina, foi prestigiado por lideranças de todos os seguimentos, especialmente da política e do empresariado.

Também vieram convidados de vários Estados.(Veja os principais registros do casamento na Coluna de Péricles Mendel: http://cidadeverde.com/periclesmendel/galeria/6226 e http://cidadeverde.com/periclesmendel/galeria/6225)

Chapa

Como havia muitos políticos no evento, não faltou especulação sobre os rumos da política estadual.

Uma delas dava conta de uma eventual aliança do ex-ministro com o deputado estadual Dr. Pessoa, este como candidato a vice-governador no ano que vem.

Gil Borges, Mão Santa, Robert Rios, Elmano Férrer, Wilson Martins, Freitas Neto e Chico Filho, no casamento

Pela oposição

O ex-governador Wilson Martins anunciou que será candidato em 2018. Ele mira o Senado, mas não descarta a possibilidade de concorrer ao Governo do Estado, se as oposições precisarem dele.

A chapa oposicionista ao Senado seria com os nomes de Wilson Martins e Robert Rios.

O ex-governador Zé Filho, presidente da Fiepi, disse que as oposições podem contar com ele também.

Outra chapa

No calor das especulações, também foi montada uma chapa ao governo encabeçada pelo ex-senador Freitas Neto, tendo o Dr. Pessoa como seu vice.

O Dr. Pessoa dizia apenas que o futuro a Deus pertence.

Foto: Divulgação

Dr. Pessoa com João Henrique

Planalto

Presente ao casamento do ex-ministro João Henrique, o prefeito Mão Santa participou de todas as rodas políticas.

Mas, por enquanto, seu alvo é a Presidência da República.

PMDB

O PMDB se fez presente ao casamento do ex-ministro Joao Henrique através de seu presidente regional, deputado federal Marcelo Castro, e do deputado estadual Severo Neto, além do secretário do Ministério do Turismo, Henrique Pires.

Inocentado

A Justiça absolveu o secretário municipal da Educação, Kleber Montezuma, em ação civil na qual ela era acusada de ato de improbidade. A denúncia feita ao Ministério Público pelo Sindicato dos Servidores Municipais (Sindserm) era a de acumulação ilegal de cargos.

A sentença foi proferida nessa quinta-feira (25) pelo juiz Rodrigo Alaggio Ribeiro, da 1ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública.

Legal

Na denúncia, o Sindserm acusava Montezuma de acumular  a remuneração de aposentado com a de secretário municipal e a de professor da Universidade Estadual do Piauí.

A defesa alegou que o secretário abriu mão do salário de professor.

Foto: Yala Sena/Cidadeverde.com

Leandro Karnal encerra Convenção Lojista do Piauí

Convenção Lojista

Uma palestra do professor Leandro Karnal encerrou com chave de ouro a 23ª Convenção Lojista do Piauí, realizada com sucesso, no sábado passado, em Teresina.

O conferencista, hoje um dos mais requisitados do Brasil, disse que já conhecia Oeiras e São Raimundo Nonato.

Foto: Divulgação

Evandro Cosme fala sobre a Covenção Lojista

* O presidente Michel Temer trocou ontem o ministro da Justiça. Sai o deputado Osmar Serraglio e entra Torquato Jardim, ex-ministro do TSE.

*O PT encerrou no escuro seu encontro de sexta-feira à noite, na Câmara Municipal de Teresina.

*O governador Wellington Dias discursou encerrando o evento sem microfone e sem iluminação.

*A OAB solicitou ao Supremo mais informações sobre os 100 escritórios de advocacia que teriam participando do esquema de corrupção do grupo JBS/Friboi.

Nos passos de Bill Clinton

O prefeito de Parnaíba, Mão Santa, visitou o Tribunal de Contas do Estado na sexta-feira. Depois de conversar com o presidente da Corte, conselheiro Olavo Rebelo, ele saiu visitando os demais conselheiros. A Lílian Martins, contou que está lendo um livro sobre o ex-presidente norte-americano Bill Cliton. E garantiu:

- Tô aplicando tudo do livro, menos aquele negócio dele lá com a estagiária.