Cidadeverde.com

Alargamento da BR-135 não sai tão cedo

Foto: Pablo Cavalcante/RCV

Paulo de Tarso Cronemberger, superintendente do Dnit, nos estúdios da Rádio Cidade Verde

As obras de melhoria da BR-135, a estrada da morte, não serão feitas tão cedo. O superintendente do Dnit no Piauí, Paulo de Tarso Cronemberger, informou ontem que o projeto executivo para a obra está pronto, mas dependente da liberação de recursos para sair do papel.

Ele disse que o projeto prevê o alargamento da pista da estrada de 6 para 7 metros, com a implantação de mais 2,5 metros de acostamento cada lado, como área de escape em caso de necessidade. São necessários R$ 350 milhões para a obra.

Em sua opinião, essa seria a solução ideal, no momento, porém os recursos só podem ser viabilizados para o orçamento do próximo ano. Isso, claro, a depender ainda do interesse e do empenho da bancada federal, se entender a intervenção como prioritária.

A outra solução, conforme o superintendente do Denit, seria retirar recursos para a manutenção da malha rodoviária federal no Piauí para priorizar o trecho da BR-135 que corta o Sul do Estado. Somente este ano, esse trecho já registrou 31 mortes, o dobro do número de mortes em todo o ano passado.

Mais uma tragédia

O último acidente com vítimas fatais na estrada ocorreu no sábado passado, em Redenção do Gurguéia, envolvendo um ônibus de turismo. No desastre, morreram nove passageiros e 19 ficaram feridos, alguns gravemente.  30 pessoas viajavam no onibus, sendo 28 passageiros e dois motoristas.  

Pista estreita, sem acostamento, e altura irregular do pavimento, chegando em alguns trechos a 35 centímetros de altura, em função do recapeamento constante, são algumas das irregularidades da estrada.

Se o motorista tirar o pneu do carro da pista, por algum motivo, capota inevitavelmente. Quando não é precipício, é uma barreira vegetal dos dois lados da pista.

Projeto engavetado

Os caminhões, com os retrovisores, dão 2 metros e 80 centímetros. Os carros pequenos medem de 2 metros e 40 a 2 metros e 60 centímetros. Não sobra nada de folga. Quando duas carretas se encontram, uma para e a outra passa bem devagar.

Todos os outros Estados estão alargando as rodovias federais para 12 metros, menos o Piauí. Já existe há muito tempo um projeto para alargar a BR-135. Ele está engavetado por falta de iniciativa dos representantes políticos do Piauí.

Foto: Pablo Cavalcante/RCV

Secretário Franzé Silva, na Rádio Cidade Verde

Recadastramento

A Secretaria de Administração e Previdência fará um novo recadastramento dos servidores estaduais. Ele começa na próxima quinta-feira, dia 22.

O secretário Franzé Silva esclareceu que o recadastramento tem o objetivo de atualizar os dados cadastrais dos servidores e conhecer as suas expectativas.

Tesourada

 No último recadastramento, realizado há dois anos, o Estado identificou 7 mil servidores em situação irregular.

Eles foram retirados da folha de pagamento e o governo passou a economizar R$ 20 milhões com a medida, informou o secretário.

Cuidado com o AVC

O neurocirurgião Benjamin Vale disse ontem que os portadores de doenças sistêmicas, como diabetes, hipertensão e colesterol alto, estão mais sujeitos aos acidentes vasculares cerebrais.

O Dr. Benjamin Vale é o fundador e coordenador da Campanha “Pense Bem AVC”, de conscientização sobre os riscos e a prevenção de Acidentes Vasculares Cerebrais.

Equilíbrio

Ele orienta que o ideal para evitar esse tipo de doença e outras mais é buscar o equilíbrio.

A solução, alerta o médico, não está nos remédios, mas na mudança de hábitos e de estilo de vida.

Celebração

Na próxima quinta-feira, às 17 horas, nas paróquias situadas em algum trecho próximo à BR-135, no Sul do Piauí, serão celebradas missas pelas vítimas da “estrada da morte”.

A iniciativa é da Diocese de Bom Jesus do Gurgueia, segundo o prefeito Marcos Elvas.Jesualdo Cavalcanti: internado

*O governador Wellington Dias convidou os promotores de Justiça Cleandro Moura, Paulo Rubens e Hugo Cardoso para conversar.

*Eles compõem a lista tríplice para o cargo de chefe do Ministério Público Estadual. O atual procurador Cleandro Moura foi o mais votado.

*Se não tivesse alguma dúvida quanto à recondução dele, o governador já teria feito a escolha.

* Com pouca mobilização da categoria, foi realizada ontem a eleição para escolha da diretoria do Sinte-Pi.

Caça-fantasma

Do secretário de Administração e Previdência, Franzé Silva, ao anunciar um novo recadastramento dos servidores:

- No último recadastramento, descobrimos que apenas em uma conta alguém recebia indevidamente três contracheques. Nos cortamos e até hoje ninguém apareceu para reclamar.