Cidadeverde.com

Quem não está acostumado, estranha!

Foto: Cidadeverde.com

Conselheiro Olavo Rebelo: voto não tranquiliza gestores

Historicamente, o Tribunal de Contas do Estado sempre pesou a mão contra os prefeitos dos pequenos municípios, aqueles cujo coeficiente do FPM é 0.6, o menor de todos. Gestores, portanto, de receitas pequenas e sem um bom aparato técnico-burocrático para organizar sua contabilidade.

Ao mesmo tempo, o Tribunal também fez vistas grossas para os gastos dos gestores de costas largas. De uns tempos para cá, no entanto, o TCE vem revendo a sua posição e também os gestores que mexem com muitos recursos passaram a ter suas contas examinadas com lupa pelo Tribunal.

A nova fase

O primeiro órgão a entrar no radar no TCE, nessa nova fase, foi a Assembleia Legislativa, que teve reprovadas as suas contas do exercício financeiro de 2012 e viu alma de bigode para aprovar as relativas a outros anos. Hoje a Assembleia está com suas contas organizadas.

A seguir, foi a vez da Agespisa passar por um sufoco para aprovar suas contas referentes à gestão do hoje deputado federal Assis Carvalho (PT). Até então, as contas da empresa eram continuamente aprovadas pelo TCE, apesar de, a cada ano, ela dar um passo na direção do buraco que à levou à privatização.

No final do ano passado, o TCE  barrou o processo de licitação da subconcessão da Agespisa, a maior do setor no país. O Governo do Estado foi bater à porta do Tribunal de Justiça para levar o processo adiante. O caso foi parar no Supremo Tribunal Federal.  

Na semana passada, o Tribunal de Contas se dividiu no julgamento de um processo bloqueando R$ 228 milhões da Prefeitura de Teresina referente aos recursos do Fundef obtidos através de precatório. O desempate contra a Prefeitura saiu com o voto de minerva do presidente da Corte, conselheiro Olavo Rebelo. A questão será analisada em seu mérito em agosto.

Voto de risco

Amanhã, o TCE examina a prestação de Contas da Secretaria Estadual de Educação, referente ao exercício de 2015. O detalhe é que o processo tem parecer contrário do Ministério Público de Contas. Então, se sair novamente um 3 a 3, como na votação do processo da PMT, caberá ao presidente desempatar a votação.

Depois do julgamento dos processos da Agespisa e da Prefeitura de Teresina, o voto do conselheiro Olavo Rebelo passou a ser uma dor de cabeça para os gestores.

Foto: Divulgação

Piauienses homenageados pelo Governo de Goiás

Homenagem

O governador de Goiás, Marconi Perilo (PSDB), só pode é estar em campanha para presidente da República. Pois ele deu uma de Mão Santa e está distribuindo para políticos de todo o país a medalha da Ordem do Mérito Anhanguera.

A cerimônia de entrega da comenda foi realizada ontem, na cidade de Goiás Velho.

Piauienses

Trata-se da mais alta honraria conferida pelo governo daquele estado. Várias personalidades, como ministros, prefeitos, presidentes de federações de todo o País foram homenageados.

Do Piauí, o governador Wellington Dias e o deputado Luciano Nunes também foram condecorados com a medalha.

Ação de graças

O deputado Heráclito Fortes (PSB) receberá familiares, amigos, políticos e empresários, na segunda-feira, para a tradicional missa em Ação de Graças pela passagem do seu aniversário, o 67º.

A celebração acontece há quase 20 anos e sempre no mesmo local: a Vila da Paz, devido à boa relação de Heráclito desde que ele foi prefeito de Teresina e contribuiu para o implemento de projetos sociais na comunidade, como o Complexo Vila da Paz, ao lado do Padre Pedro Balzi.

A missa acontecerá às 8h, na Capela da Via Sacra.

Sai, Heráclito!

A propósito, o presidente do PSB de Teresina, Messias Junior, membro da Executiva Nacional do partido, mandou um recado curto e grosso ao deputado Heráclito Fortes: “A porta de entrada [do partido] também serve para a saída”.

O aviso foi em resposta a insistência do parlamentar em continuar votando a favor dos interesses do Governo Temer e desobedecendo as orientações do diretório nacional que decidiu deixar a base governista.

Calou por quê?

No Piauí, o presidente regional do PSB, ex-governador Wilson Martins, nada disse sobre o recado de Messias Júnior.

O silêncio do ex-governador sinaliza que ele concorda em gênero, número e grau com o que disse o dirigente municipal.

Só que ele mesmo não quer dizer.

Municipalismo

O ex-senador Freitas Neto, atual diretor da Fiepi, recebeu convite para proferir palestra na 1º. Movimento Municipalista da Associação dos Municípios do Vale do Itaim e da Associação dos Municípios da Microrregião de Picos.

O evento será realizado no dia 4 de agosto, em Picos, com o tema “Pauta Municipalista: União e Fortalecimento”.

Evangélicos

Começa hoje e vai até sábado, em Teresina, a 6ª Escola Bíblica de Obreiros.

Um culto solene abre o evento, às 19 horas, na Assembleia de Deus – Campo Encontro das Águas, na Alameda Isidoro França, bairro Poti Velho.

O evento reúne pastores, evangelistas, missionários, presbíteros, diáconos e seminaristas.

*O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí, realizará palestra Os Impactos da Reforma Trabalhista nas Empresas da Construção Civil.

*A palestra será hoje (26), a partir das 19h00, na sede da instituição, em Teresina. O evento conta com o apoio do Sindicato das Indústrias da Construção no Estado do Piauí, Sinduscon.

*A palestra será ministrada pelo advogado Leonardo Cerqueira e Carvalho, secretário-geral da OAB-PI.

* O Conselho Nacional de Justiça concedeu liminar determinando ao Tribunal de Justiça do Piauí que se abstenha de promover a nomeação dos candidatos aprovados no concurso público para juiz substituto. 

* A ação foi interposta por candidatos que concorreram às vagas destinadas a portadores de necessidades especiais, mas não tiveram seus nomes divulgados na lista final de aprovados. 

Pedagogia do aborrecimento

Do humorista Fraga:

- O aborrecimento funciona assim: pessoas aborrecidas aborrecem umas às outras; pessoas aborrecidíssimas se aborrecem sozinhas.