Cidadeverde.com

Avelino Neiva na Codevasf surpreende

Causou surpresa ao meio político a nomeação do ex-secretário Avelino Neiva para a presidência da Companhia de Desenvolvimento dos Vales dos rios São Francisco e Parnaíba (Codevasf). O ato de sua nomeação foi publicado ontem no Diário Oficial da União.

A indicação é do deputado Heráclito Fortes (PSB), com aval da bancada federal do Piauí.  

Até sexta-feira passada, a Codevasf era presidida por Kênia Regia Anesenko Marcelino, indicada pelo senador Antônio Carlos Valadares, do PSB de Sergipe. O parlamentar perdeu espaço na base governista.

Coringa

O economista Avelino Neiva é um velho conhecido dos caciques políticos do Piauí. Ele já foi secretário de vários governos e de diferentes partidos (PFL, PMDB, PT e PSB). Justamente por conta disso, carrega processos judiciais nas costas, já tendo sido condenado em um deles, em maio passado, por improbidade administrativa.

A ação foi proposta pelo Ministério Público Estadual. Também perdeu os diretos políticos por três anos. O ex-secretário recorreu da sentença.

O ex-secretário enfrenta problemas ainda com o Tribunal de Contas do Estado. A Justiça determinou também o bloqueio de seus bens.

A volta por cima

Em 2013, o PP do Piauí indicou seu nome para ocupar a Superintendência Regional da Codevasf, mas ele foi vetado pelo PT piauiense. Agora ele dá a volta por cima e assume a presidência da companhia.

A disputa pelo comando da Codevasf foi dura. Estiveram envolvidos na briga o PP e aliados do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), conforme registrou ontem a coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

O deputado Heráclito Fortes ainda não explicou o motivo que o levou a se fixar no nome de Avelino Neiva para presidir a Codevasf. Deve ser porque a renovação que ele prega está no passado.

Foto: Cidadeverde.com

Movimento comandado por João Henrique apressa convenção do PMDB

PMDB marca convenção

O PMDB do Piauí está é agoniado. O partido marcou para janeiro uma convenção extraordinária para definir o seu caminho para as eleições de 2018 no Estado.

Os peemedebistas vão avaliar duas propostas. Uma é a de se aliar ao governador Wellington Dias, indicando o candidato a vice em sua reeleição.

A outra é apresentar candidatura própria ao governo.

Tô fora!

A terceira possibilidade, a de apresentar candidato a senador na chapa encabeçada pelo governador, foi descartada.

O deputado Marcelo Castro, presidente regional do PMDB, avisou ao partido que não pretende postular a senatória, como chegou a ser especulado.

Faz de conta

A decisão foi a convenção foi tomada ontem, porém não há garantia de que o resultado seja acatado pelo grupo perdedor.

No PMDB, existe deputado que prefere sair do partido a deixar de votar na reeleição do governador.

O PMDB tem 480 convencionais.

Solenidade pela comemoração do Dia de Parnaíba

Dia da Parnaíba

O presidente da Federação das Indústrias do Piauí (Fiepi), Zé Filho, foi um dos homenageados ontem pela Prefeitura de Parnaíba nas comemorações dos 173 anos do município.

O prefeito Mão Santa cumpriu extensa programação, incluindo a inauguração de obras e outros melhoramentos públicos.

Distritão

Os partidos que são contra o Distritão no Piauí se reúnem hoje a partir das 10 horas, na sede do PPS (Avenida Higino Cunha, 881, Ilhotas), para discutir o assunto.

Já confirmaram presenças: PPS, PSL, PCdoB, PRP, PPL, PEN, PTC e PV.

Turma do barulho

A nova Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente chegou mostrando serviço. No final de semana 16 equipamentos de som, dentre eles paredões e mesas, foram apreendidos em Teresina.

Foi o primeiro fim de semana de sua atuação.

Festa piauiense – A Associação Cultural dos Amigos do Piauí (Acampi) promove em Brasília, na próxima sexta-feira, dia 18, o “Arraial dos Amigos do Piauí”. Entre as atrações, estão confirmados Lázaro do Piauí e a banda Xenhenhem.

* Estava demorando: o vereador Luiz André (PSL) vai propor a concessão do título de cidadão teresinense para o prefeito João Dória (PSDB).

* A proposta do vice-presidente da Câmara Municipal de Teresina foi protocolou ontem.

* A pergunta que se faz hoje é: o que foi mesmo que o prefeito de São Paulo fez por Teresina para merecer o título de cidadania?

* Dória passa por Teresina na próxima quinta-feira. Ele vem ao Nordeste fazer campanha para ser candidato a presidente da República.

Veto suspenso

Em entrevista à Difusora, ontem, o ex-ministro João Henrique conversa sobre a proposta do presidente nacional do PMDB, Romero Jucá, de vetar alianças do partido com o PT, nas próximas eleições. Quando lembrando que o PT também proibia alianças com os adversários nos Estados e também as candidaturas de condenados e denunciados, ele brincou:

- Esta parte o PT suspendeu até ulterior deliberação.