Cidadeverde.com

PMDB joga as cartas na mesa para 2018

“É impensável que o PMDB não ocupe um desses cargos”. A colocação, em tom enfático, é do presidente regional do PMDB, deputado federal Marcelo Castro. Os cargos a que ele se refere são os quatro da chapa majoritária do governo para 2018.

O presidente do PMDB lembra que o governador Wellington Dias é candidato natural à reeleição. Então, este cargo não está em disputa, como também não está em discussão a vaga do senador Ciro Nogueira, que concorrerá à renovação do mandato.

Pelas contas do deputado Marcelo Castro, sobram na chapa majoritária os cargos de vice-governador e um de senador. O PMDB quer a cadeira de vice. No seu raciocínio, como o PP já está sendo contemplado com a vaga da reeleição de Ciro, não pode ficar com a vice.

A vontade do governador

O presidente do PMDB tem consciência, no entanto, de que a escolha do companheiro de chapa do governador não depende exclusivamente da vontade dele. A definição do nome passa por todos os partidos da base aliada.

Como não considera que a vaga de vice deva permanecer com o PP, Marcelo também avalia que a cadeira ocupada pela senadora Regina Sousa não deve ficar com a petista, pois ela não foi eleita, mas sim convocada para o exercício do mandato como suplente de Wellington Dias.

É o PMDB jogando suas cartas na mesa para as eleições de 2018 no Piauí de forma muito clara.

Foto: Divulgação

Mão Santa discursa no Congresso Estadual do PSB

PSB na oposição

O ex-governador Wilson Martins foi reconduzido ontem à presidência regional do PSB, no Congresso Estadual do partido realizado em Teresina.

Wilson garantiu que o PSB seguirá firme em sua caminhada como partido de oposição no Piauí.

Prestigiado

O Encontro Estadual do PSB foi prestigiado por lideranças de todos os partidos de expressão no Estado. Do PMDB, foram, entre outros, o deputado federal Marcelo Castro e o ex-ministro João Henrique. Um luta para manter o partido no governo e o outro para levá-lo para a oposição.

Mais

Também estiveram presentes o senador Ciro Nogueira, presidente regional do PP, o prefeito Firmino Filho e o prefeito de Parnaíba, Mão Santa (SD), além do ex-senador Freitas Neto, entre outras lideranças.

Os deputados Átila Lira e Rodrigo Martins também compareceram ao encontro de seu partido.

Lula cá

Mais uma cidade foi incluída no roteiro da visita do ex-presidente Lula ao Piauí, no início do próximo mês: Altos, cuja prefeita mudou de partido e foi reeleita pelo PT no ano passado.

Lula inicia sua visita ao Estado por Alagoinha. Depois segue para Picos, Teresina e Altos. 

Foto: Divulgação

Revide - De acordo com os registros e apontamentos do missólogo Nildomar da Silveira Soares, a piauiense Teresinha Alcântara perdeu o título de Miss Brasil, em 1956, para uma gaúcha. Agora, Monalysa Alcântara ganha o título de uma gaúcha. 

* O vereador Luís André (PSL) disse que até novembro estará aprovado na Câmara Municipal o titulo de cidadão teresinense para o prefeito João Dória.

* A proposta, já rejeitada uma vez, na semana passada, será assinada agora por ele e por mais 14 vereadores da capital.

* O governo levou uma semana para desmentir a redução do novo salário mínimo em R$ 10.

* O presidente Temer defende que o Brasil adote o semipresidencialismo. Deve ser pelo fato de o país já ter um semigoverno.

Atentai bem!

Ontem, no Encontro Regional do PSB, o presidente do PMDB, deputado Marcelo Castro, pediu licença para sair logo que o prefeito de Parnaíba, Mão Santa (SD), foi chamado para discursar. O deputado Robert Rios (PDT) não perdeu a oportunidade:

- O deputado Marcelo Castro apressou a sua saída porque agora é que vão  começar os discursos contra o PT.

(Colaborou Elivaldo Barbosa)