Cidadeverde.com

Mudar para continuar como está

A Câmara dos Deputados retoma esta semana a discussão da reforma política. Estão previstas para amanhã a votação de mudanças no sistema de financiamento e no sistema eleitoral. No primeiro caso, a proposta dominante é a da criação do Fundão, também chamado de Bolsa Eleição.

Já no segundo caso, os deputados analisam a adoção do Distritão, que prevê mudanças na regra de eleição de deputados e vereadores. É um sistema abominado no mundo inteiro. Apenas quatro lugares do mundo o adotam na escolha de seus parlamentares.

São eles: as Ilhas Pitcairn, no Pacífico Sul, com pouco mais de 50 habitantes; Vanuatu (outra ilha do Pacífico), Jordânia e Afeganistão.

Mais poder
No Brasil, os parlamentares são pelo sistema proporcional, em que a definição dos representantes depende da votação obtida pelos candidatos e pelas legendas. A crítica que se faz e que nem sempre os mais votados são eleitos nesse sistema.

A crítica mais veemente que se faz ao Distritão é a de que ele dará mais poderes às oligarquias partidárias e consagra nas urnas os que já têm mandatos. Portanto, seria a maior engenharia para a seleção de oligarcas já pensada nas últimas décadas. “Um retrocesso sem precedentes”, na opinião do idealizador da Lei da Ficha Limpa, Márlon Reis, um dos críticos do modelo.

No Piauí

Se o Distritão tivesse sido aplicado já nas eleições de 2014, os eleitos para a Assembleia Legislativa do Piauí, por exemplo, seriam exatamente os mesmos, com apenas duas mudanças. Eis a relação dos 30 mais votados para a Assembleia:

1.            WILSON NUNES BRANDAO - 63.400

2.            SEVERO EULALIO - 48.374

3.            ZÉ SANTANA- 46.955

4.            THEMÍSTOCLES FILHO - 44.462

5.            JULIANA MORAES SOUZA- 43.579

6.            RUBEM NUNES MARTINS - 41. 884

7.            FLAVIO RODRIGUES NOGUEIRA JUNIOR - 39.152

8.            HÉLIO ISAÍAS DA SILVA - 37.764

9.            GEORGIANO NETO - 37.204

10.          ROBERT RIOS MAGALHAES - 36.903

11.          MARDEN MENESES - 35.809

12.          FERNANDO MONTEIRO -  35.558

13.          GUSTAVO SOUSA DE NEIVA - 35.388

14.          DR. PESSOA - 34.664

15.          FRANCISCO DAS CHAGAS LIMMA - 34.639

16.          LUCIANO NUNES SANTOS FILHO -  33.770

17.          PABLO DANTAS DE MOURA SANTOS - 33.665

18.          JANAÍNNA MARQUES - 31.830

19.          JULIO FERRAZ ARCOVERDE - 31.055

20.          EDSON DE CASTRO FERREIRA - 30.606

21.          FÁBIO NUNEZ NOVO - 28.684

22.          JOÃO MADISON NOGUEIRA - 26.722

23.          FIRMINO SOARES PAULO -  26.623

24.          LUSIEUX FEITOSA COELHO - 26.552

25.          GESSIVALDO ISAIAS - 25.626

26.          ANTONIO FELIX - 25.386

27.          JOSÉ ICEMAR LAVOR NERI - 24.382

28.          FABIO XAVIER - 24.163

29.          FLORA IZABEL NOBRE RODRIGUES - 23.733

30.          TAZMANIA (BELÊ) MEDEIROS - 23.162

Note que entre os 30 mais votados, dois ficaram fora da Assembleia: Antônio Félix e Belê Medeiros. Dois candidatos menos votados entraram: EVALDO GOMES DA SILVA- 21.059 e DR.HÉLIO - 12.997.

 

A Bela e a Fera

Os próprios colegas de parlamento não perdoam. Nos corredores da Assembleia Legislativa, a chapa ventilada para a sucessão estadual de 2018, com Dr. Pessoa e Juliana Falcão, já ganhou uma apelido carinhoso. Pelos nomes que podem formar a dupla da oposição, já se sabe que é a Bela e quem é a Fera.

Dois e dois são 4

A deputada Juliana não descarta nem confirma sua candidatura majoritária para 2018.

Segundo ela, a única certeza que há sobre seu caminho no próximo ano é que permanecerá na oposição como vem sendo desde sua eleição em 2014, independente da posição que seu partido, o PMDB, tomar.

Foto: Divulgação/CCom

Cúpulas da Segurança e da Justiça discutem situação dos presídios e das ruas

Presídios

Representantes de entidades da segurança pública e prisional do Piauí voltam a se reunir na quarta-feira (30), para tratar das novas medidas de segurança em execução no sistema.

Na sexta-feira, houve uma reunião, na sede da Secretaria de Justiça do Piauí, para avaliar as ações desenvolvidas, durante a semana, no tocante às operações de segurança nas ruas e presídios.

Operações

Nos últimos dias, foram realizadas ações de contenção de motim na Casa de Custódia e as operações Immediatu e Coerção – ambas simultaneamente e em conjunto, voltadas a desarticular atos criminosos no presídio e nas ruas da Teresina, o que resultou na prisão de envolvidos em crimes, como perturbação da ordem na unidade prisional e queima de ônibus na capital.

Transferência

De acordo com o secretário de Justiça, Daniel Oliveira, o Estado continuará com as operações de segurança no sistema prisional e nas ruas, de modo a prevenir a ocorrência de crimes.

Na última semana, cerca de 100 presos foram transferidos da Casa de Custódia para outros estabelecimentos penais.

Hoje, a Custódia conta com 957 detentos, menor quantidade de presos no presídio desde janeiro deste ano.

Novo prefeito

O prefeito Firmino Filho transmitiu ontem o cargo para o vice-prefeito Luís Santos Júnior.

Firmino viajou para Estocolmo, na Suécia, para participar do 8º Fórum Mundial da Água, a convite do Banco Mundial, para apresentar a experiência do Projeto Lagoas do Norte.

O prefeito retornará ao Brasil no dia 2 de setembro, quando reassumirá o comando da Prefeitura.

Iaspi na Justiça

Já foi realizada na 1ª Vara da Fazenda Pública de Teresina uma audiência, no processo em que o Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí levou à justiça o IASPI, responsável pelo plano de saúde IAPEP/PLAMTA, acusado de cometer várias arbitrariedades.

Entre as irregularidades apontadas estão a exigência da obrigatoriedade de o médico constituir pessoa jurídica; glosas de procedimentos e consultas previamente autorizados; e exigência do médico comprar o software do leitor biométrico por preços exorbitantes.

Foto: Divulgação

Senador Elmano Férrer e prefeita Carmelita prestigiam Caravana de João Henrique

Caravana

A Caravana Piauí em Movimento, encabeçada pelo ex-ministro João Henrique, presidente nacional do Serviço Nacional da Indústria (Sesi), e promovida pela Fundação Ulysses Guimarães, retomou as suas atividades do segundo semestre e esteve no final de semana em São Raimundo Nonato.

O evento foi bastante prestigiado por lideranças políticas, prefeitos e vereadores da região, além do senador Elmano Férrer (PMDB).  

A prefeita de São Raimundo Nonato, Carmelita Castro (PP), foi uma das autoridades presentes à palestra da Caravana Piauí em Movimento.

A rota de Lula

No PT do Piauí, a ciumeira está sendo disfarçada, mas é grande. A Caravana do ex-presidente Lula passará pelos municípios de Marcolândia, Picos, Teresina e Altos.

Dizem que são redutos do presidente regional do partido, deputado federal Assis Carvalho.

 

Foto: Cidadeverde.com

Prestígio - A 6ª. edição da Feijoada do Péricles , realizada sábado, no Bliss Favorito Buffet, bairro Ininga, foi prestigiadíssima. O evento homenageou os 165 anos de Teresina. Além de poderosos, influentes, belas e chiques, a festa contou com atrações musicais banda 100% Só Pra Sambar, Lilly Araújo e banda e Léo Cachorrão. A festa ainda teve sorteio de brindes para os convidados. 

 

* O Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Piauí mandou espalhar um novo outdoor pelas ruas de Teresina.

* Na placa, a frase: “O governador e o secretário de Segurança só fazem política”.

* O PSDB posa de tudo azul, mas o partido é num saco de gato. Os grupos de Alckmin e Dória continuam com as armas nas mãos.

Campanha em Oeiras

Transcorria a campanha eleitoral de 2002. Numa manhã, durante a feira da cidade, aparece inesperadamente no escritório particular do promotor de Justiça Carlos Rubem, agitador cultural e relações públicas da Velha Capital, o ambientalista Judson Barros, a quem havia conhecido há pouco tempo em Teresina. Candidato a governador pelo PV, Judson foi logo solicitando apoio logístico ao promotor. Necessitava de um carro de som para divulgar sua plataforma política. Sabendo da impossibilidade de conseguir um veículo sonorizado àquela altura do campeonato, Carlos Rubem não se fez de rogado.

Perto de sua casa, havia um frondoso tamarineiro no qual os campesinos amarravam seus animais. Sem maiores pruridos, levou o candidato até lá. Judson montou-se num jumento preto, de propriedade ignorada. Dali, empunhando uma pequena bandeira verde com as iniciais PV, saiu pelas ruas de Oeiras gritando palavras de ordens.