Cidadeverde.com

TJ do Piauí é o penúltimo em produtividade

Foto: Reprodução

Capa do novo Relatório do CNJ, com 188 páginas

O Tribunal de Justiça do Piauí aparece, mais uma vez, nas últimas colocações do Relatório “Justiça em Números 2017”. O levantamento é realizado anualmente, desde 2004, pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O relatório divulga a realidade dos tribunais brasileiros, com muitos detalhamentos da estrutura e litigiosidade, além dos indicadores e das análises essenciais para subsidiar a Gestão Judiciária brasileira.

Produtividade

Pelos dados contidos no relatório divulgado ontem pelo CNJ, a produtividade do Tribunal de Justiça do Piauí é a terceira pior do país. Foram 1.010 processos baixados por magistrado no ano passado. O índice só é melhor que o do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, com 962 processos, e do TJ-CE, com 929.

No topo da lista entre os mais produtivos tribunais está o do Rio de Janeiro, considerado de grande porte. Foram baixados no ano passado 3.388 processos por magistrado. 

A justiça estadual brasileira é dividida em tribunais de grande, médio e pequeno porte. O TJ-PI é considerado de pequeno porte. Entre os 12 tribunais nesta categoria, o TJ-PI é o penúltimo em produtividade, só trabalhando mais que o TJ-RN.

Processos

Em relação ao número de processos em tramitação, o TJ-PI ficou em 7º lugar entre os 12 tribunais estaduais de Justiça considerados de pequeno porte. Com uma despesa total de R$ 539.935.782, o TJ teve 635.037 processos tramitando em 2016. 

Com 188 páginas, a 13ª edição do Relatório “Justiça em Números” traz um diagnóstico amplo e abrange aspectos relativos à estrutura judiciária, aos recursos humanos e financeiros e à movimentação processual. 

Mudanças

Na apresentação do relatório, a presidente do Conselho Nacional de Justiça, ministra Carmén Lúcia, informa que, a partir de 2016, com a implantação do módulo de produtividade, os tribunais passaram a transmitir as informações mensalmente sempre até o dia 20 do mês subsequente ao mês de referência.

Os dados, que são permanentemente atualizados, estão disponíveis para acesso público no endereço eletrônico:

http://www.cnj.jus.br/files/conteudo/arquivo/2017/09/ccbf89236e608e0c2bc755bee863b68a.pdfdo

Ponto facultativo

Mesmo com esse despenho, o Tribunal de Justiça do Piauí, que só funciona um expediente, já decretou ponto facultativo para a próxima sexta-feira, na sequência do feriado de 7 de setembro.

Deve ser para comemorar o resultado do ranking do CNJ!

Liberou geral

Pela grande quantidade de secretários de Estado e de outros assessores governamentais presentes nos eventos da ‘Caravana Lula pelo Brasil’ no Piauí, deu até para imaginar que foi decretado ponto facultativo no Estado na sexta-feira de ontem.

Agressão

A Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal do Piauí - APCEF/PI divulgou nota ontem sobre o caso envolvendo o engenheiro Herbert dos Santos Matos Júnior, que foi parar na UTI depois de ser agredido no local, sábado, durante o jantar que o PT ofereceu ao ex-presidente Lula.

Terceirização

A nota informa que o Clube da APCEF foi locado pela empresa contratante e teve todas as taxas pagas para realização do evento. “Ressaltamos que, a responsabilidade do evento, tais como taxa de acesso, ingressos, seguranças, operacionalização e logística do evento é de total responsabilidade do contratante”.

Repúdio

“Diante do exposto, a APCEF/PI repudia todo e qualquer ato de violência, seja dentro ou fora das dependências do clube, e se solidariza com o engenheiro Herbert dos Santos Matos Júnior, empregado da CAIXA, que segundo os noticiários locais sofreu violência física ao externar suas ideologias políticas contrárias ao partido.”

A nota é assinada pela presidente da APCEF-PI, Maria da Glória Araújo Silva.

'Estrada da morte'

A BR-135, mais conhecida como “Estrada da Morte”, registra 83 acidentes e 42 mortes apenas em 2017 no trecho que corta o Piauí.

Faz tempo que essa rodovia é um caso de intervenção federal!

Na torcida

Em Brasília, muitos parlamentares da chamada base aliada estão coçando as mãos para que saia uma nova denúncia do procurador-geral da República contra o presidente Michel Temer.

Eles gostaram dos agrados recebidos do Planalto para derrubar a primeira denúncia. E querem mais!

Foto: Divulgação

Dr. Lula -  O ex-presidente Lula se despediu do Piauí ontem ao receber, debaixo de muita polêmica, o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Piauí. A distinção, aprovada em 2008, foi entregue ao ex-presidente no Cine-Teatro da Ufpi, em cerimônia prestigiada por seus seguidores e simpatizantes.

* Na volta de Estocolmo, o prefeito Firmino Filho participou de um encontro do PSDB com a cúpula do partido.

* Derrotados seguidamente nas urnas, desde 2002, os tucanos querem voltar ao poder através do Parlamentarismo.

* O secretário de Comunicação do Governo Wellington Dias, João Rodrigues Filho, é o mais novo filiado ao PT.

* Um petista da corrente light, a mesma do governador Wellington Dias e de outros companheiros.

Dito e feito

No ato público do PT em Picos, o ex-presidente Lula referiu-se ao governador Wellington Dias, presente ao palanque, como o índio mais esperto do Brasil. Ele disse que o governador é quem mais sabe cavar dinheiro em Brasília. E arrematou:

- Esse Índio é tão esperto que é capaz de estar tirando dinheiro até do Temer!