Cidadeverde.com

Wellington denuncia novo golpe

Depois da queda da presidente Dilma Rousseff, em maio do ano passado, um novo golpe contra o PT está em marcha. Pelo menos é isso o que imagina o governador Wellington Dias. Ele denunciou a suposta trama na semana passada, em Curitiba, onde foi acompanhar o novo depoimento do ex-presidente Lula na Lava-Jato.

Para o governador, há uma clara perseguição a Lula e seu projeto político. “O que acontece com o Lula, acontece com o Brasil. Não é o Lula que está colocado aqui nessa perseguição, é um campo político, um projeto político”, denunciou o governador, ao lado da presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann.

É só teatro!

“Se a gente olhar para traz – frisou –, o que aconteceu no Brasil de 2003 até Dilma? Saldo positivo de emprego, o país crescendo, o país com autoestima, respeitado no mundo. É isso que eles querem apagar”, criticou.

Wellington Dias foi mais longe: “Enquanto fazem esse teatro, estamos vendo um desmonte do nosso país. Estão entregando nossas maiores riquezas. O país está de joelho. Olha o que estão fazendo com o setor elétrico. Olha o desmonte na área trabalhista”, apontou. 

“O que querem aqui, a partir do que faz o senhor Sérgio Moro, é ganhar por WO. Se o presidente Lula fosse tudo isso que dizem, qual medo de enfrentá-lo nas urnas? E eleição sem Lula em 18 é fraude. É isso que nós não aceitamos. Não é só por solidariedade ao cidadão Lula. É em defesa do Brasil”, afirmou Wellington Dias.

Miou

Ainda para ser inaugurado, o presídio do município de Campo Maior recebeu, através de um projeto de Lei aprovado pela Assembleia Legislativa, o nome do líder sul-africano Nelson Mandela, que passou 27 anos na prisão.

O projeto está na mesa do governador Wellington Dias para sanção ou veto, hoje.

Diante da reação à tosca homenagem, o governador já informou que será vetado.

Foto: Divulgação

A Caravana Piauí em Movimento em Campo Maior

Pé na estrada

Indiferente ao aviso do presidente do PMDB do Piauí, deputado Marcelo Castro, de que o partido apoiará a reeleição do governador Wellington Dias, em 2018, o presidente nacional do Serviço Social da Indústria (Sesi) e vice-presidente estadual da legenda, João Henrique Sousa, botou o pé na estrada outra vez, no final de semana.

Campo Maior e Jaicós

Na sexta-feira, ele reuniu lideranças políticas, empresários, servidores públicos e dirigentes de entidades sindicais e comunitárias em Campo Maior, para mais uma palestra da Caravana Piauí em Movimento.

A cidade foi a 12ª a receber a palestra “O Brasil atual e o Piauí que você quer”, apresentada pelo ex-ministro.

No sábado, João Henrique se reuniu em Jaicós (350 quilômetros ao Sul de Teresina), com dirigentes e lideranças do PMDB oriundas de dez municípios da região.

Mais Luz

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho (PSB), anunciou a liberação de recursos para o Programa Luz para Todos no Piauí. Fernando Coelho já havia se comprometido, ainda em agosto, em um almoço na residência do deputado Heráclito Fortes (PSB), que o Programa seria retomado no Estado neste semestre.

“O Programa já reiniciou suas atividades nos estados do Pará, Mato Grosso e Tocantins. No Piauí, será retomado com a liberação da primeira parcela de R$ 29 milhões, de um saldo de R$ 100 milhões que falta ser contratado”, destacou à época.

Foto: Divulgação/Secult

Voo direto - A Azul fez no sábado o voo inaugural 6992 - jato Embraer 195, de Campinas, São Paulo, para Parnaíba e Teresina. A aeronave partiu lotada com 100% dos 118 lugares ocupados.Segundo o secretário de Cultura, Fábio Novo, o voo sairá de Viracopos aos sábados, direto para Parnaíba. Na recepção da viagem inaugural, grupos culturais, banda de música, o boi Estrela Cadente, Quadrilha Balança Mas Não Cai e mimos com artesanato da Parnaiba, cajuína e castanha de caju.

* Começa amanhã, com duração de dois dias, o Fórum Novo Centro de Teresina, aberto a todos os interessados no assunto.

* As atividades do evento serão realizadas no auditório do Sebrae, no Centro da cidade.  

* A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) só pode é estar nadando em dinheiro.

* A empresa está liberando recursos para a construção de calçamento, quando deveria investir em desenvolvimento.

Saudade, saudade

O líder da oposição, deputado Robert Rios (PDT), passou três dias sem fazer discurso na tribuna da Assembeia Legislativa. Quando retornou à tribuna, na quinta-feira passada, o deputado Dr. Pessoa (PDT) não se esqueceu de estender-lhe o tapete vermelho:

- Deputado Robert, eu já estava com saudade de seus discursos!