Cidadeverde.com

Metade dos partidos vai desaparecer

Pelo menos 14 dos 35 partidos existentes hoje no Brasil seriam atingidos pelas regras da reforma política aprovadas pela Câmara e que devem ser votadas no Senado nos próximos dias.

De acordo com reportagem do jornal Folha de S. Paulo, com base nas votações de 2014, as chamadas siglas “nanicas” perderiam acesso ao Fundo Partidário e ao tempo de rádio e televisão com a aprovação da cláusula de desempenho estabelecida pela Proposta de Emenda à Constituição aprovada na última quarta-feira (27).

A PEC, que teve origem no Senado e volta à Casa para ser analisada após as alterações aprovadas pelos deputados, prevê que os partidos deverão ter pelo menos 1,5% dos votos válidos distribuídos em pelo menos nove das 27 unidades da federação, e mínimo de 1% em cada uma, nas eleições de 2018 para ter acesso aos recursos.

A exigência sobe gradualmente, até chegar a 3% dos votos válidos e pelo menos 2% em cada um dos nove Estados em 2030.

Vão sumir

Entre as agremiações que seriam barradas, se as regras já estivessem em vigor em 2014, estaria o PEN, partido pelo qual o deputado Jair Bolsonaro (RJ) – ainda filiado ao PSC – pretende se candidatar à Presidência em 2018.

Outros partidos que não alcançaram essa porcentagem foram PCO, PHS, PT do B, PSL, PRP, PTN (que passou a se chamar Podemos este ano e que lança o senador Álvaro Dias à presidência da República), PSDC, PMN, PRTB, PTC, PSTU, PPL e PCB.

Esta foi uma das poucas alterações produzidas pela reforma política para o sistema eleitoral brasileiro. Sem acesso ao Fundo Partidário e sem tempo no rádio e na TV, essas pequenas legendas estão condenadas a desaparecer do cenário partidário. (Com informações do congressoemfoco)

 

 

Pesquisa

Quando for divulgada, uma nova pesquisa de intenção de voto para as eleições de 2018 no Piauí vai dar o que falar.

Nela, aparecem como os mais citados para o Senado o ex-governador Wilson Martins (PSB) e o ex-senador João Vicente Claudino (sem partido), dois nomes da oposição.

Podemos

O Podemos (ex-PTN) será lançado hoje, oficialmente, no Piauí. O evento acontecerá no auditório da Federação das Indústrias do Piauí (Fiepi), com a presença da presidente nacional da sigla, Renata Abreu, do senador Álvaro Dias e ainda do ex-jogador de futebol, Marcelinho Carioca, presidente do Podemos Esporte.

O evento contará também com a presença de filiados e simpatizantes.

O Podemos é coordenado no Piauí pelo deputado federal Silas Freire.

Energia

Quem achou exagerado o reajuste de 27,63% para as contas de energia elétrica, se prepare para mais.

Além desse aumento, com o uso das termelétricas, em função da prolongada estiagem, a Agência Nacional de Energia Elétrica decidiu adotar a tarifa vermelha no patamar 2 - a mais cara.

Com isso, além do reajuste anual, a taxa extra cobrada nas contas de luz vai subir, neste mês, para R$ 3,50 a cada 100 kWh consumidos.

É a primeira vez que o patamar 2 é acionado - desde que a bandeira vermelha passou a contar com as duas graduações, em janeiro de 2016.

Foto: Divulgação

PMDB se mexe - As lideranças do PMDB dissente se reuniram no final de semana, em Piripiri, com o vice-presidente regional do partido, João Henrique Sousa. Além de lideranças do partido em Piripiri, também se fizeram presentes peemedebistas da região. O encontro ocorreu na Câmara Municipal de Piripiri e reuniu presidentes, delegados, prefeitos e vereadores do município e das cidades de Milton Brandão, Lagoa do São Francisco e Domingos Mourão. Entre os presentes, o prefeito de Piripiri, Luiz Menezes. Esse grupo prega a tese da candidatura própria ao Governo do Estado em 2018.

 

* O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), recebe hoje, às 10 horas, o título de Cidadão Piauiense.

* A proposição foi apresentada pelo presidente da Assembeia Legislativa, deputado Themístocles Filho (PMDB).

* A ala governista do PMDB já botou o PT no bolso. Nas viagens do governador Wellington Dias ao interior, nos finais de semana,  os peemedebistas colaram nele.

* A propósito, o PMDB do Piauí dará hoje uma palavra final sobre a convenção extraordinária para deliberar sobre o caminho do partido em 2018.

Do bom e do melhor

Após a celebração, o padre Tony Batista pede aos fieis da Igreja de Nossa Senhora de Fátima que façam doações para o bazar organizado pela paróquia. Ele esclarece que os donativos serão distribuídos a famílias de comunidades pobres. E, dentro da familiaridade que tem com todos, apela e avisa:

- Cada um traz o que puder, aquilo que não precisam mais. Ou até mesmo o que precisa. Aliás, tragam o que é bom. Quem trouxer o que não presta mande também o endereço, para devolvermos.