Cidadeverde.com

No Maranhão, não tem disso, não!

Foto: Divulgação/EBC

O governador Flávio Dino decreta redução de ICMS no Maranhão

Às vésperas da votação do projeto de lei criando um novo Programa de Refinanciamento de Créditos Tributários do Estado (Refis) e aumentando impostos, na Comissão de Fiscalização, Finanças e Tributação da Assembleia Legislativa do Piauí, surge mais uma pedra no caminho do governador Wellington Dias.

No Maranhão, o governador Flávio Dino (PCdoB) assinou decreto fazendo justamente o inverso do seu colega do Piauí. Ele reduziu o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em atividades dos produtores de grãos e principais itens da produção agrícola no Estado.

Este é um dos assuntos que mais repercutiu ontem nas redes sociais, em Teresina, por conta da proposta do governador Wellington Dias aumentando impostos outra vez.

A redução de impostos decretada pelo governador do Maranhão baixa as alíquotas do ICMS de 12% para 2%, no seguimento da produção agrícola.  A redução tributária no Maranhão atinge também a cesta básica em grãos, como feijão e arroz.

Com a medida, o produtor maranhense terá um ganho de 10%, o que vai possibilitar que ele seja mais competitivo no mercado. O Governo do Maranhão destaca ainda que a redução do ICMS vai impulsionar a produção, estimulando o setor.

Caminho inverso no Piauí

Enquanto isso, aqui no Piauí, o Estado move céus e terra para aumentar a carga tributária, penalizando ainda mais os setores produtivos e o consumidor. O Projeto de Lei Ordinária encaminhado à Assembleia pela mensagem 40/2017, do Poder Executivo, aumenta as alíquotas de ICMS de vários produtos e serviços, como combustíveis, telecomunicações e fumo. Isso depois de aumentos de imposto para esses mesmos setores, seguidamente, nos anos de 2015, 2016 e 2017.

Por estas e outras, muitas empresas do Piauí já atravessaram o rio Parnaíba e foram se instalar no Maranhão.

 

Foto: Cidadeverde.com

Deputado Júlio Arcoverde, presidente do PP no Piauí

Contra-ataque

Por essa o PP não esperava: o governador Wellington Dias quase zera a bancada do partido na Assembleia Legislativa, depois que a sigla anunciou voto contra o pacote fiscal que aumenta as alíquotas de ICMS para vários produtos e serviços, a partir de janeiro.

O projeto será votado hoje na Assembleia Legislativa.

Mexida

Diante da decisão do PP, ontem o governador tirou da Assembleia os deputados Bessah Araújo Costa Reis Sá, o B. Sá  e Belê Medeiros, ambos progressistas.

Para tirar da Assembleia suplentes convocados para o exercício do mandato numa articulação direta dele, o governador mandou de volta para a Casa os deputados Gessivaldo Isaías (PRB), secretário do Trabalho e Empreendedorismo; Flávio Nogueira Júnior (PDT), secretário de Turismo; Pablo Santos (PMDB), presidente da Fundação Hospitalar do Piauí; e Zé Santana (PMDB), secretario de Assistência Social.

Os titulares retornarão aos seus cargos assim que a mensagem for votada em plenário.

A ver navios

A enérgica reação do governador deixou o PP a ver navios. O presidente estadual do Progressistas, deputado Júlio Arcoverde, afirmou que cabe ao governador promover as mudanças que desejar em sua base aliada.

Mas ele não escondeu a sua irritação com a postura do Palácio de Karnak.

Tragédia

A polícia confirmou ontem um desfecho trágico para o desaparecimento da universitária Camila Abreu, de 21 anos. Ela foi mesmo assassinada. O corpo dela foi encontrado à tarde no povoado Mucuim, localizado em uma entrada após o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR- 343, em Teresina.

PM é preso

A Secretaria de Segurança divulgou nota informando que o capitão da Alisson Watson, da Polícia Militar, foi preso ainda ontem à tarde como suspeito de assassinar a estudante.

O policial era namorado de Camila há oito meses.

 

* Uma chuva de 150 milímetros, caída na noite de segunda-feira, causou alagamento de ruas e muitos estragos em Floriano.

* O prefeito Joel Rodrigues informou que a meteorologia prevê mais chuvas na região até sábado.

* Em Bom Jesus, nos Cerrados, também choveu, informa o prefeito Marcos Elvas, mas sem provocar os prejuízos ocorridos em Floriano.

* A chegada das chuvas no Sul do Piauí traz um grande alento para todo o Piauí, que vem enfrentando um longo período de estiagem. 

Pecado capital

Do humorista Fraga:

- Se o dinheiro tivesse realmente algum valor não comprava coisas inúteis.