Cidadeverde.com

Governador quer mais empréstimos

O governador Wellington Dias bateu outra vez à porta da Assembleia Legislativa com novo pedido de autorização de empréstimo. Agora, ele apresentou a Mensagem nº 59, que prevê a alteração da Lei nº 6977, de 18 de abril de 2017. Esta lei autorizou o Governo do Estado a contratar operações de crédito com a Caixa Econômica Federal.

O novo Projeto, que tramita em regime de urgência, autoriza o governo a firmar operações de crédito junto a outros agentes, sejam bancos ou instituições não-financeiras, como melhor alternativa para viabilizar o acesso a recursos.

A Mensagem está provocando muita discussão. O líder do Governo na Assembleia, deputado João de Deus (PT), afirma que o Piauí vive em melhor situação que outros Estados da Federação, com capacidade para contrair empréstimos de até R$ 11 bilhões. Nos últimos três anos, o Piauí já fez empréstimos que totalizam R$ 5 bilhões.

Receita cresce

Sobre os novos empréstimos que o governo pretende contrair, o líder disse que, ao mesmo tempo, foram amortizadas parcelas de outras operações e o Piauí está aumentando sua receita.

João de Deus acrescentou que foram investidos R$ 854 milhões em 20016, sendo que R$ 736,5 milhões foram aplicados em obras como o Rodoanel, Elevado da Miguel Rosa, dentre outras.

O líder da oposição, deputado Robert Rios (PSD), criticou a proposta com veemência. “Um projeto como esse não pode ser votado e aprovado em regime de urgência. Esta Casa está sendo cúmplice de um crime. Os servidores e o povo do Piauí estão sendo roubados", denunciou.

Não é infundada a informação do líder do governo de que o Piauí tem capacidade de endividamento. O Estado não tem é capacidade de pagamento. Basta lembrar que o governo bloqueou os pagamentos dos prestadores de serviço e fornecedores no mês passado e que, se faz um empréstimo atrás do outro, mesmo com a arrecadação própria aumentando, certamente é porque a situação financeira é de penúria. 

 

Foto: Cidadeverde.com

João Henrique, presidente do Sesi, vira ministeriável

Ministeriável

O jornal Folha de S. Paulo deu ontem, em sua prestigiada coluna Painel, que o nome do ex-ministro João Henrique Sousa entrou na bolsa de apostas como substituto do ministro Antônio Imbassahy na Secretaria de Governo da Presidência da República.

À tarde, dava-se como provável a volta de João Henrique para a Esplanada dos Ministérios, mas como ministro dos Transportes, pasta já ocupada por ele no governo Fernando Henrique.

Sucessão

João Henrique já exerceu três mandatos de deputado federal e ocupa hoje a presidência do Sesi, por escolha pessoal do presidente Michel Temer.

Ele integra a cúpula nacional do PMDB, como secretário da Fundação Ulysses Guimarães, o centro de estudos e formação política do partido.

No Piauí, como vice-presidente regional do partido, está em campanha para que o PMDB apresente candidato próprio à sucessão estadual de 2018.

Bicudo

Não é fácil entender o desconforto do prefeito Firmino Filho com a antecipação da reeleição do presidente da Câmara Municipal de Teresina, vereador Jeová Alencar.

Trata-se, afinal, de um tucano, como o prefeito, e de um aliado de primeira hora de Firmino, que não tem criado obstáculos para a aprovação de matérias de seu interesse na Câmara.

PT e PSDB juntos

Também não é fácil entender que a aprovação da reeleição do presidente da Câmara tenha sido lançada e defendida com unhas e dentes pelo vereador Dudu.

Onde já se viu um petista bancando um tucano?

Comemoração da reeleição antecipada de Jeová Alencar

Passe livre

Uma boa notícia para que tem 60 anos ou mais. Foi sancionado pelo governador Wellington Dias e, portanto, transformado em lei, o projeto do deputado Marden Menezes (PSDB) que garante meia passagem nos ônibus intermunicipais para idosos em todo o Piauí. 

A Lei, que recebeu o Nº 7.056/17, foi sancionada e publicada no final da semana passada.

300 mil beneficiados

Por ela, a partir de agora, pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, e que ganham até dois salários mínimos, terão o direito de pagar somente meia passagem nas viagens de município para município dentro do território piauiense.

Segundo o deputado Marden Menezes, mais de 300 mil idosos serão diretamente beneficiados com a lei, que já está em vigor.

Cortesia

Se é esta é uma boa notícia para quem tem 60 anos ou mais, ela é uma péssima notícia para quem tem menos de 60 anos, pois é quem vai pagar esta conta.

É mais uma cortesia que se faz com o chapéu alheio!

Foto:Divulgação/PMT

Teresina fala ao mundo - O prefeito Firmino Filho proferiu palestra na Espanha sobre projetos e ações de Teresina considerados como experiências administrativas exitosas.

* O II Feirão de Automóveis do Servidor Estadual já é um sucesso. Em dois dias, o Banco do Brasil já aprovou R$ 3 milhões de créditos para a aquisição de carros nas concessionárias.

* O presidente da OAB-PI, Chico Lucas, confirmou ontem o reajuste de 13% para a anuidade da Ordem no próximo ano.

* Ele disse que, ainda assim, o Piauí continuará com a anuidade mais baixa do país – em torno de R$ 630, líquidos.

* Saiu ontem o resultado do PIB dos Estados, divulgado pelo IBGE. O Piauí mantém disputa acirrada com o Maranhão pelo último lugar.

 

Notícia velha

Ávido por informação sobre a reeleição antecipada do vereador Jeová Alencar para presidente da Câmara Municipal de Teresina, o jornalista Arimateia Azevedo passa mensagem às 8 horas para o vereador Levino, que é seu colega na faculdade de Direito:

- A que horas começa a votação? – pergunta o jornalista.

 - Já foi, Jeová ganhou – respondeu Levino, às 11 horas.