Cidadeverde.com

Prefeitura de Teresina antecipa o 13º

A Prefeitura de Teresina confirma a antecipação do pagamento da segunda parcela o pagamento do 13º salário do servidor municipal para o próximo dia 15. Em meio à incerteza do pagamento em milhares de prefeituras, Teresina está diante de uma boa notícia, pois, com essa medida, haverá uma injeção de mais R$ 43 milhões na economia da capital neste final de ano.

A primeira parcela saiu ao longo do ano, no mês do aniversário do servidor. Os servidores que ainda não gozaram férias receberão o 13º  integralmente no dia 15.

Não dava para esperar outra coisa do prefeito Firmino Filho, um economista de mão cheia.

Este ano, para arrecadar recursos extras, ele arrochou na taxa de limpeza pública; arrochou também na taxa de licença e fiscalização; e arrochou ainda na taxa de iluminação pública, que teve aumentos estratosféricos.

Além disso, ainda contou com a mão amiga do senador Ciro Nogueira, que mandou de Brasília dinheiro à mão cheia para o prefeito tocar as suas obras.

Não bastasse, o prefeito, imitando o seu guru Wellington Dias, deixou meio mundo de empreiteiro, prestadores de serviços e fornecedores na mão, sem pagamento.

Se, com tudo isso, a Prefeitura não tivesse dinheiro em caixa para pagar o 13º salário do funcionalismo, então seria melhor o prefeito mudar de ramo.

 

Foto: Marcos Correa/Agência Brasil

O deputado Átila Lira acompanha apresentação de cartilha sobre a Previdência

Cartilha do Temer

O presidente Michel Temer anda apelando para tudo, com o objetivo de aprovar a reforma da previdência. Faz jantares, almoços, oferece café, emendas orçamentárias, cargos e o que mais for preciso.

Agora, ele preparou uma cartilha explicativa alertando os deputados que votar a favor da reforma previdenciária não vai influenciar negativamente nas eleições de 2018.

Reeleição

A iniciativa mira os deputados que pretendem se reeleger e alegam que não votarão a favor da reforma por medo de comprometer sua imagem junto ao eleitorado nas próximas eleições.

“Vote a favor da reforma da Previdência. Foi o certo em 1998. É o Certo a se fazer hoje”, diz a cartilha, também chamada de panfleto.

Cabo eleitoral

O governo lembra, nessa cartilha, que a reforma da Previdência na época mencionada foi aprovada em período próximo das eleições. O presidente, na ocasião, era o tucano Fernando Henrique Cardoso.

De acordo com informações do jornal O Globo, a peça do governo também ressalta que 69% dos que votaram a favor do substitutivo do Senado à proposta naquele ano conseguiram se reeleger.

No caso dos deputados contrários à proposta, apenas 50% se reelegeram.

É aguardar para ver quem vai ler nessa cartilha de Michel Temer.

Atraso

O Piauí vai virar o ano sem pagar o seguro-safra de 110 mil famílias O deputado Rubem Martins (PSB) voltou a cobrar do governo o pagamento em atraso dos trabalhadores inscritos no Programa Seguro Garantia Safra. As parcelas estão em atraso desde julho, conforme o parlamentar, que foi secretário de Desenvolvimento Rural.

Rodoanel

A empreiteira que trabalhava na construção do Rodoanel de Teresina abandonou a obra.

O Governo do Estado anunciou uma nova licitação para conclusão de um trecho de apenas 600 metros – correspondentes a 3% da obra.

Não há prazo para a retomada do projeto, um trecho de 28 quilômetros que já vem atravessando três governos.

Lá e cá

O deputado Robert Rios disse ontem, após conversa com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho, que uma parte do PMDB já está na oposição.

O mesmo raciocínio vale também para o PDT – o partido do deputado – que tem uma parte no governo.

 

Foto: Divulgação

Cabecinha no ombro – As apostas estão abertas: a quem este afetuoso abraço mais provoca ciúmes - ao PT ou ao PMDB do Piauí?

 

 * Na avaliação do Tribunal de Contas do Estado, a decisão da ministra Carmén Lúcia, do STF, tornou sem efeito a liminar do Tribunal de Justiça do Piauí sobre a subconcessão dos serviços de água e esgoto de Teresina.

* O Governo do Estado entende que, ao contrário, a ministra chancelou a decisão do TJ-PI ao manter a Aguas de Teresina na gestão do sistema até o julgamento do mérito.

* O secretário de Segurança, deputado Fábio Abreu, ainda não comunicou se voltará a Brasília para votar a reforma da Previdência. Ele disse que estaria presente às votações mais importantes.

* O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira,   profere hoje,  às 17h, na sede da Fiepi, a palestra “Modernização trabalhista”.

 

De filho para pai

O presidente regional do PSD, deputado federal Júlio César, recebeu críticas na campanha eleitoral de 2014 por ter lançado seu filho Georgiano Neto à Assembleia Legislativa, com a distribuição de sua votação em vários redutos. O parlamentar não se intimidou com as críticas:

- É o contrário. O Georgiano é que está me ajudando em vários municípios.