Cidadeverde.com

"A educação salva!"

Foto: Cidadeverde.com

A diretora agredida não perde a esperança na educação

Os casos de violência nas escolas estão se tornando mais corriqueiros. Só esta semana, foram registrados três atos violentos em Teresina: um arrastão, com coronhadas em um professor; o esfaqueamento de outro professor, por uma aluna que foi flagrada por ele fazendo cola na prova e, ontem, uma agressão a uma diretora de escola.

Este ano, mais de 500 ocorrências policiais foram registradas nas escolas, em sua maioria relacionada a arrombamentos e assaltos. Todos os casos chocaram profundamente.  O de ontem, porém, chocou mais, pelo inusitado da ação, um horror filmado pelos próprios alunos da escola.

Uma aluna, de 16 anos, avançou contra a diretora da Unidade Escolar Firmina Sobreira, no bairro Poti Velho, zona Norte de Teresina, para se vingar de sua decisão cobrando o uso do fardamento dos alunos para terem acesso à escola.

Choque e fé

A aluna voou nos cabeços da diretora, puxando-os com violência, e derrubando-a no chão. A agressão foi interrompida com a interferência de uma professora e de outros alunos. A diretora teve um ferimento na testa, sofreu puxões de cabelos, socos e quase teve um brinco arrancado da orelha. Ela foi ameaçada de morte.

A estudante agressora foi encaminhada para a secretaria da escola. Equipes da Secretaria de Educação e da Polícia Militar foram à escola para avaliar a situação e encaminhar o caso. 

Ainda em estado de choque, a diretora chorava muito ao relembrar as agressões. Ela contava que tinha 20 anos de magistério e há cinco era diretora da escola. Nunca havia sofrido qualquer tipo de agressão. Mesmo diante da gravidade do caso, ela garantiu que jamais vai deixar de acreditar na educação. ”Acredito que a educação salva", disse, em lágrimas, a diretora. (Com informações do Cidadeverde.com)

 

Arrancada

O PTB do Piauí faz hoje, às 19 horas, no Cine-Teatro da Assembleia Legislativa, um ato político para filiação de lideranças políticas à legenda. É a sua arrancada para as eleições de 2018 no Estado. Os nomes já divulgados são de pouca densidade eleitoral.

O ato contará com a presença do ministro do Trabalho e Emprego,  deputado federal Ronaldo Nogueira (RS), e do senador Armando Monteiro, de Pernambuco.

O Piaui vai mal

Deu na Veja on line (Coluna Radar): “Apenas Pará e Espírito Santo conquistaram nota “A” no novo rating do Tesouro Nacional.

A avaliação, que examina o equilíbrio das contas públicas, foi publicada nesta quarta (6) pelo governo federal.”

O Piauí está na penúltima classificação, em um grupo que só perde para o do Rio de Janeiro e o do Rio Grande do Sul.

Empréstimos

“Resultante da avaliação sobre endividamento, poupança corrente e liquidez, a nota final compõe o chamado índice de Capacidade de Pagamento (Capag).

Trata-se de um rating fundamental para os governadores. Isso porque somente os estados que recebem notas A ou B têm acesso a empréstimos da União.”

O rating

“Veja abaixo o rating de cada estado:

Nota A: Espírito Santo e Pará

Nota B: Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Ceará, Maranhão, Paraíba, Paraná, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima e São Paulo. 

Nota C: Bahia, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.

Nota D: Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.”

FPM engorda

Foi aprovada por um placar elástico a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 29/2017, que adiciona um ponto percentual ao Fundo de Participação dos Muncípios (FPM) no mês de setembro, o de pior arrecadação para os municípios.

A PEC 29, reforçando com mais 1% do FPM a receita dos municípios a cada mês de setembro foi aprovada por 58x0 no primeiro turno no Senado e 57x0 no segundo turno de votação.

Nova divisão

Na prática a PEC altera o artigo 159 da Constituição para disciplinar a distribuição de recursos por parte da União ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

A ideia foi determinar que 1% dos recursos dos Impostos de Renda e sobre Produtos Industrializados seja destinada ao Fundo de Participação dos Municípios no mês de setembro.

Essa medida já é aplicada nos meses de junho e dezembro, para auxiliar os mais de 5.500 municípios a cumprirem obrigações como o 13º.

Royalties

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ) aprovou, ontem, Proposta de Emenda Constitucional de autoria do deputado Heráclito Fortes (PSB) que trata da melhor distribuição dos recursos financeiros oriundos da atividade de exploração e obtenção de energia eólica.

"Tenho certeza que uma grande extensão do território brasileiro será beneficiada com esta emenda, entre eles, o Piauí, que já desponta no cenário mundial como um dos grandes produtores de energia eólica e solar", observou o parlamentar.

Juro cai

Como esperado, o Banco Central reduziu ontem a taxa básica de juros para 7% ao ano, menor índice da história. É a décima queda seguida.

A taxa estava em 7,5%. Em abril de 2016, ela estava em 14,5%.

 

 * A Assembleia Legislativa faz hoje, às 11 horas, sessão especial para celebrar o centenário da Academia Piauiense de Letras.

* A homenagem foi proposta pelo deputado João de Deus (PT), líder do Governo.

* Será no sábado a tradicional festa de confraternização do deputado Robert Rios, na qual ele junta gregos e troianos.

* O deputado federal Tiririca fez ontem o seu primeiro pronunciamento para anunciar que abandonará a política.

* Afinal, foi um discurso ou mais uma piada dele? Como ele está se despedindo da política se não fez nada nos dois mandatos de deputado?

 

Patifaria

Do humorista Fraga:

- Quase tudo se espatifa, menos os patifes.