Cidadeverde.com

Nem com empurrão da Justiça obra anda

Foto: Cidadeverde.com

Agespisa implantou 361 quilômetros de rede de esgoto na zona Sul


Imagine uma distância como de Teresina a Picos.  Pois é! Quase isso é o quanto mede a rede coletora de esgoto implantada na zona Sul de Teresina.  Essa rede totaliza 261 quilômetros, com capacidade para fazer 42 mil ligações domiciliares e atender a 170 mil pessoas.

A obra foi feita há quase dez anos, pelo Governo do Estado, através da Agespisa, com recursos da Caixa Econômica Federal, dentro do Plano de Aceleração do Crescimento, o badalado PAC. Foram investidos aproximadamente R$100 milhões.

À época da assinatura do contrato, em novembro de 2007, o Governo do Estado anunciou que, com a conclusão das obras, a capital passaria a ter uma cobertura de quase 50% do serviço de esgotamento sanitário. Dez anos depois, o sistema atende aos mesmos 18% da população!

Na verdade, a obra de ampliação da rede nunca foi concluída. Faltou a construção da Lagoa de Estabilização (Estação de Tratamento de Esgoto – ETE).  Sem ela, a rede não entrou em operação. Em três locais escolhidos, as comunidades não aceitaram a implantação da ETE.

Nesse meio tempo, o Governo do Estado rescindiu o contrato com a empreiteira responsável pela obra. Houve problemas também com o Tribunal de Contas da União.

Devolução dos recursos

Como a obra foi abandonada, em março deste ano o Ministério das Cidades cobrou do Governo do Piauí a devolução dos recursos repassados ao Estado.

Em abril, a Justiça Federal determinou a anulação do ato administrativo que rescindiu o contrato com a empreiteira (Construtora Jole). Em sua decisão, a juíza federal Marina Rocha Cavalcanti Mendes deu um prazo de 60 dias para a retomada dos serviços.

Ela fixou o mesmo prazo também para o Governo Federal restabelecer o Termo de Compromisso n° 0224.287-88 e para que as partes envolvidas no contrato resolvessem todos os “obstáculos referentes aos terrenos onde serão construídas as estações de esgoto”.

Cinco meses depois de esgotado o prazo fixado pela Justiça, a obra não andou. E na zona Sul de Teresina estão enterrados 261 quilômetros de canos de esgoto sem qualquer serventia!

Nessa obra foram enterrados, também, R$ 100 milhões, em dinheiro público,em um sistema que nunca funcionou. E não há informação de que ainda se aproveite alguma coisa dele.

Isso em uma capital que tem um índice de cobertura de esgotamento sanitário dos mais ridículos e mais vergonhosos do Brasil!

 

 

Olho grande

Eita padre que gosta de arrecadar, esse que é prefeito de Picos! Dezenas de consumidores lotaram os corredores da Câmara Municipal de Picos, ontem, para protestar contra o aumento de mais de 100% na taxa de iluminação pública.

O reajuste foi solicitado pelo prefeito, padre Walmir de Lima (PT), sendo aprovado por unanimidade.

Maluf

Sobrou para o deputado federal Paulo Maluf (Progressistas). Nesta época em que o Supremo praticamente concede indulto de natal para presos da Lava-Jato, o ministro Edson Fachin determinou ontem que o deputado, de 86 anos, comece a cumprir imediatamente, em regime fechado, a pena de 7 anos 9 meses e 10 dias de prisão, à qual foi condenado em maio pelo crime de lavagem de dinheiro.

Vendas crescem

Um levantamento feito pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Piauí (Fecomercio-PI) indica que as vendas no Estado devem aumentar até 5% neste fim do ano.

Os dados foram apresentados ontem pelo presidente da entidade, Valdeci Calvancante, em entrevista ao Cidade Verde Notícias.

Novo cenário

O presidente da Fecomercio, Valdeci Cavalcante, citou vários indicadores econômicos animadores para o comércio.

Um foi a queda da inflação, que no ano passado era de 6,29% e hoje chega a 2,21%.

Outro foi o aumento do número de empregos, além da queda da taxa de juro – que era de 14,25% em 2016 e está em 7%.

Posse no TRE

O novo presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), desembargador Francisco Paes Landim, tomou posse ontem, juntamente com o novo corregedor-eleitoral, desembargador Sebastião Ribeiro Martins.

Os dois vão comandar as próximas eleições no Estado.

Foto: Divulgação/CCom

Leitura, escrita e cidadania - O curso de extensão “Ler e Escrever – Passos Para a Cidadania”, promovido pela Uespi, em parceria com a Fazenda da Paz, foi encerrado oficialmente ontem. Idealizado pelas professoras Bárbara Melo e Ailma do Nascimento, o curso foi ministrado por três alunos dos mestrados de Letras e procurou aperfeiçoar conteúdos de leitura e escrita com os internos da Fazenda da Paz.

 

 

* A Petrobras anunciou uma redução de 2,2% no preço da gasolina e aumento de 1,4%, a partir de hoje, no preço do diesel nas refinarias.

* A Assembleia Legislativa aprovou ontem o Orçamento Geral do Estado para o próximo ano, fixado em R$ 10,5 bilhões.

* Vão até o dia 24, pela internet, os lances do leilão “Música faz Bem”, cu a renda vai beneficiar o Lar de Maria.

*A casa presta atendimento às crianças em tratamento oncológico, sob a coordenação da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Piauí (RFCC/PI).

* A iniciativa é do executivo Silvio Leite, que doou para o evento suas coleções de DVDS e blu-rays de diversos estilos musicais.

*Sim, a Prefeitura de Teresina não falou mais na obra da galeria da zona Leste. Dos 7.000 metros, foram feitos pouco mais de 300 metros. E a obra parou!

 

Camelô

Do empresário André Baía, presidente do Sindicato da Construção Civil de Teresina, a propósito das críticas que recebeu do deputado federal Heráclito Fortes, por ter sido lembrado pelo prefeito de Teresina como uma opção para o Governo do Estado:

- Do que o deputado disse sobre mim, gostei particularmente de ele ter me chamado de camelô, um tipo de gente que trabalha, que rala muito para vencer. O nosso melhor exemplo é o Sílvio Santos.