Cidadeverde.com

Themístocles é a bola da vez

Na corrida de resistência pela vaga de candidato a vice-governador na chapa de reeleição do governador Wellington Dias, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themítocles Filho (MDB), recuperou as forças e passou à frente.

Até à virada do ano, o nome que com maiores chances de figurar na chapa de Wellington era o da vice-governadora Margarete Coelho. Mas a posição hoje é de Themístocles, conforme o Palácio de Karnak já deixou vazar para algumas lideranças da base.

O governador Wellington Dias tem trabalhado para que cada grande partido da base indique um candidato majoritário. Por essa estratégia, ele sai como candidato à reeleição, pelo PT, e o senador Ciro Nogueira concorre a um novo mandato na cota do Progressistas.

Quem sobra

Assim, sobram os cargos de vice e o outro de senador, que tanto o PP quanto o PT estão querendo manter para Margarete e Regina Sousa.  Se quisesse disputar a reeleição apenas com estes dois partidos, tudo bem. Existem, porém, outros três grandes partidos dos quais Wellington não abre mão que estão querendo também as vagas de vice e de senador.

É aí que o presidente da Assembleia volta ao jogo, numa posição de vantagem, pois a bancada do MDB fechou com o seu nome. O PSD do deputado federal Júlio Cesar e o PDT do deputado Flavio Nogueira estão na luta pela segunda vaga de senador.

O desafio do governador será convencer Margarete e o PP e também Regina Sousa e o PT de que esse plano cabe nos sonhos de todos. 

 

 

Fundo Eleitoral

O deputado federal Heráclito Fortes (Sem Partido|) informou ontem que votou contra a criação do Fundo Eleitoral, que este ano vai surripiar recursos da educação e da saúde para as eleições.

O parlamentar justificou que não iria se sentir bem chegar num município fazendo campanha com os recursos que deveriam ser aplicados no funcionamento da escola pública, do hospital ou do posto de saúde.

A letra da lei

A lei brasileira, excessivamente benevolente com os criminosos, levou o juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Antônio Nollêto, um dos mais preparados e mais corretos da Justiça do Piauí, a mandar soltar os acusados do assassinato do cabo Claudemir de Paula Sousa, presos há um ano. O magistrado justificou:

"Na decisão de pronúncia se constatou que os acusados estavam presos há mais de um ano. Como a maioria deles tem bons antecedentes e ainda que não sejam tão bons a lei permite que eles respondam a esse processo em liberdade. Mantê-los presos por mais tempo é antecipar uma condenação que eu nem sei se o Tribunal do Júri fará", argumentou o juiz.

Ficha corrida

A polícia apurou que dos oito acusados, cinco possuem antecedentes criminais e foram postos de liberdade mediante algumas condições, como não se ausentarem do município onde moram, irem aos atos processuais e recolhimento noturno.

Caso não cumpram estas medidas, o juiz afirma que irá determinar a prisão preventiva deles. 

Caso Emyle

O Piauí vai até bem de comunicação, especialmente entre as instituições! Pois não é que chegou ontem ao Palácio de Karnak, encaminhada pela Polícia Militar, a decisão do juiz Rodrigo Alaggio Ribeiro, da 1ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública, revogando a liminar que anulou o exame psicológico do então candidato ao concurso da PM, Aldo Luís Barbosa Dornel.

Ele é o policial suspeito de atirar na menina Emily Caetano, no dia 25 de dezembro, durante uma abordagem ao carro da família dela, na avenida João XXIII.

A sentença do magistrado foi prolatada no dia 6 de setembro de 2016!

No tapetão

Aldo ingressou na PM por força de uma liminar e já deveria ter sido desligado, mas a PM alega que não havia sido notificada.

Agora o governador Wellington Dias tem em mãos o documento que faltava para determinar a expulsão do policial dos quadros da PM.

Foto: Divulgação

Novo Palácio da Cultura - O Palácio da Cultura, sede da Secretaria de Cultura do Piauí - Secult, foi totalmente revitalizado e agora recebe apresentações gratuitas e abertas à população. O primeiro espetáculo que abre a temporada no Teatro Sulica é o “Geração Trianon”, com estudantes da Escola Técnica de Teatro Gomes Campos, na próxima sexta-feira (12), a partir das 12h. O projeto visa movimentar o cenário cultural da cidade e dar oportunidade aos novos artistas em apresentações dentro da própria Secult, afirma o secretário Fábio Novo.

 

 

* O presidente da Assembleia, Themístocles Filho, receberá hoje a visita do presidente da APPM, Gil Carlos (PT), acompanhado de outros prefeitos.

* Sim, pelo menos 12 secretários do governador vão sair em abril para concorrer às eleições deste ano.

* Mas cada um deles deixará um preposto sentado em sua cadeira com a caneta cheia.

* O ministro Gilberto Kassab faz hoje à tarde o terceiro lançamento do programa Internet Para Todos no Piauí.

 

O pior adversário

Do deputado federal Heráclito Fortes (Sem partido), citando seu avô Jayme Fortes como autor da máxima que ele carrega em sua atividade política:

- O pior adversário é o que tem dinheiro, tem coragem e não tem princípios.