Cidadeverde.com

“Um partido só não pode ocupar duas vagas na chapa majoritária", diz Marcelo Castro

“Nas eleições de 2014, Wellington Dias contava com muitas vagas na chapa majoritária e poucos partidos; agora, em 2018, dá-se o contrário: relativamente, o governador tem muitos partidos para poucas vagas”.

O raciocínio é do presidente regional do MDB, deputado federal Marcelo Castro, e foi manifestado ontem, em entrevista à Rádio Cidade Verde.

Por esta razão, conforme o parlamentar, um mesmo partido não pode ocupar duas vagas na chapa majoritária. O recado vale para o PT, que quer ficar com as vagas de candidato a governador (para Wellington Dias) e uma de senador (Regina Sousa), e também para o Progressistas, que luta para emplacar as candidaturas do senador Ciro Nogueira e da vice-governadora Margarete Coelho à reeleição.

Nessas circunstâncias, o MDB não teria espaço para indicar o candidato a vice-governador, cujo nome escolhido é o do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho.

Contrapartida

Então, para Marcelo Castro, “diferentemente de 2014, em que Wellington Dias contava com poucos partidos aliados, agora, para 2018, em que somos mais de dez partidos, acho mais lógico e razoável que nenhum partido ocupe mais de uma das quatro vagas majoritárias, evidentemente, para contemplar um número maior de partidos.”

Ainda para o presidente do MDB piauiense, os partidos que estiverem na chapa majoritária, o MDB inclusive, por estarem sendo beneficiados (votados) pelos demais, devem aceitar a decisão da maioria sobre as coligações proporcionais, e não o contrário.

 

Foto: Divulgação

Hugo Napoleão avalia candidatura em 2018

Hugo senador

O ex-governador, ex-senador e ex-deputado federal Hugo Napoleão está inclinado a entrar na disputapor um novo mandato nas próximas eleições. Ele avalia concorrer novamente ao Senado.

Hugo foi eleito senador em 1986 e reeleito em 1994. Seu último mandato eletivo foi o de deputado federal, concluído em 2015.

Novos líderes

Os novos líderes dos partidos e blocos partidários que compõem a Assembleia Legislativa começaram a ser indicados ontem.

O deputado Severo Eulálio assumirá o lugar do deputado João Madison na liderança do MDB.

E mais

Já o deputado Júlio Arcoverde (PP) anunciou a indicação do deputado B. Sá para o bloco composto pelo Partido Progressista e Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

Compõem o Bloco os deputados Júlio Arcoverde, Belê Medeiros (PP), B. Sá, Liziê Coelho (PTB) e José Hamilton (PTB).

O deputado Dr. Pessoa anunciou que continuará como líder do PSD, porém sua saída do partido é aguardada para depois do carnaval.

Comissões Técnicas

A partir das composições e indicações dos blocos e líderes partidários, devem começar as indicações para a composição das nove Comissões Técnicas da ALEPI.

 

 

* A Guarda Municipal de Teresina funciona hoje com 176 agentes. Há previsão para a ampliação este ano através de novo concurso.

* O rio Poti ganhou um grande volume de água ontem, em Teresina, significando que choveu bem em suas cabeceiras.

* O serviço de meteorologia prevê chuvas para todo o período do carnaval no Piauí, especialmente na região Norte.

* O novo presidente do TSE, ministro Luiz Fux, considera que as eleições de 2018 serão espinhosas e imprevisíveis.

 

O mais querido

Do deputado federal Marcelo Castro, presidente estadual do MDB e ex-ministro da Saúde no Governo Dilma Rousseff:

- Dos 35 partidos existentes no Brasil, com o que melhor me relaciono e tenho bom trânsito é o PT, desde longas datas, tanto a nível estadual, quanto a nível federal.