Cidadeverde.com

Exército sobe o morro e Justiça desce a ladeira

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu mandar soltar os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS/Friboi. A prisão preventiva deles foi substituída por medidas cautelares. Os irmãos Batista foram presos na Operação Lava-Jato e estavam na cadeia há cinco meses.

Wesley Batista deixou a carceragem da Polícia Federal em São Paulo na madrugada de ontem. Ele estava preso desde setembro do ano passado por suspeita de usar informações privilegiadas para lucrar no mercado financeiro.

Seu irmão, Joesley, continua preso por existir mais um mandado de prisão contra ele.

Ameaças

Todo o país sabe o que essa dupla aprontou antes de acabar no xilindró. Em primeiro lugar, os manos quiseram derrubar a República. Em segundo, lucraram bilhões do dia para a noite com a crise que eles mesmos fabricaram. Em terceiro, chutaram o país que já emburacava para o abismo da recessão. Por último, obtiveram perdão para mais de 200 crimes que confessaram ter praticado.

Em suas delações, os irmãos Batista entregaram os podres de pelo menos 1.800 políticos. Há três ou quatro dias, eles ameaçavam apontar seus dedos sujos para membros do Judiciário.

Adianta o Exército subir os morros para prender traficantes e, ao mesmo tempo, a Justiça descer a ladeira e mandar soltar bandido de colarinho branco? É assim que o Brasil quer combater a criminalidade?

 

 

"Auxílio-alimentação"

Depois de garantir que pagaria o piso do professor em seu novo valor, de R$ 2.455,35, a partir de janeiro, o Governo do Piauí deu para trás.

Alegando problemas com a Lei da Responsabilidade Fiscal, quer pagar o correspondente ao piso através de um penduricalho chamado “auxílio-alimentação”.

Não é isso o que determina a lei federal que criou o piso do magistério.

Intervenção

Para o deputado Heráclito Fortes (sem partido), a Câmara Federal e o Senado acertaram na aprovação de intervenção federal no Rio de Janeiro.

 “Agora é esperar que as forças intervencionistas atuem de maneira eficaz”, observa.

Basta!

 “Os parlamentares deram uma demonstração de maturidade, não se deixando levar pela ideologia e sim pela necessidade do Brasil de se reencontrar com a paz. O Rio de Janeiro é um símbolo, é um cartão postal, o maior cartão de visitas do Brasil e um dos maiores do mundo e não podemos conviver com essa onda de violência que assola o país e afasta os turistas. Essa intervenção é necessária”, justificou deputado.

Marcos Oliveira/Agência Senado

Reunião da Comissão de Direitos Humanos do Senado

Observatório

A Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou acompanhará a intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro.

O objetivo é fiscalizar eventuais violações dos direitos humanos contra a população.

A criação da subcomissão encarregada da fiscalização terá a participação dos senadores Romário (Pode–RJ), Paulo Paim (PT–RS) e Telmário Mota (PTB–RR).

Abusos

A presidente da comissão, senadora Regina Sousa (PT-PI), disse que o objetivo da subcomissão será acompanhar a situação do Rio de Janeiro em relação aos direitos humanos enquanto durar a intervenção federal.

O requerimento de criação da subcomissão foi de autoria da própria presidente da CDH, senadora Regina Sousa.

 

 

* O presidente regional do PSDB, deputado Firmino Paulo, não está achando a menor graça nesses acenos do prefeito Firmino Filho de que poderá ser candidato a governador.

* Firmino, o sobrinho, avisou que o PSDB só tem um pré-candidato a governador, que é o deputado Luciano Nunes. E ponto final.

* O governador Wellington Dias volta à Europa com a conversa de que vai lutar para instalar uma fábrica de celulose no Piauí.

* Ora, ele não segurou nem a Suzano, que já estava com um pé aqui, atravessou o Rio de Parnaíba e se instalou bem aí no Maranhão..

 

Síndrome do escorpião

Do ex-ministro Ciro Gomes, virtual candidato a presidente pelo PDT, sobre as especulações dando conta de que o PT poderia indicar o seu vice:

- É pouco provável uma aliança do PT com o PDT. Vão fazer de novo a mesma coisa, mas tá tudo certo, direito deles.A natureza do PT, assim como a do escorpião, é afundar sozinho.