Cidadeverde.com

Governadores descobrem problema de 10 anos

Os nove governadores do Nordeste se reúnem, hoje, em Teresina, para discutir a implantação de um plano de segurança comum a todos os estados da região, bem como o desenvolvimento de políticas públicas para o setor.

No evento, os governadores divulgarão um documento com as prioridades a serem trabalhadas na área da segurança pública. Entre os pontos principais, estão a modernização do sistema penitenciário e o combate integrado às organizações criminosas.

Também figuram como prioridades a redução do feminicídio e da violência contra a mulher; a diminuição de homicídios dolosos e o combate integrado ao tráfico de drogas, armas e proteção das fronteiras.

Fundo de Segurança

Os governadores defendem a criação imediata de um Fundo de Segurança Pública para financiar o combate à criminalidade, permitindo que cada Estado, dentro de suas necessidades e planejamento, possa fortalecer o setor, com a aquisição de equipamentos, contratação de pessoal e reforço nas políticas salariais. 

Há pelo menos dez anos o Nordeste registra uma subida vertiginosa das taxas de criminalidade. O Mapa da Violência 2017, divulgado no Fórum Brasileiro de Segurança Pública, coloca seis Estados da região no ranking dos dez campeões em taxa de CVLI – sigla que designa Crimes Violentos Letais Intencionais. Aí estão registradas as ocorrências de assassinatos, incluindo homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte.

Ou seja, a explosão da violência no Nordeste não é uma novidade. Novidade é o interesse dos governadores pelo assunto agora, depois que o governo federal decretou intervenção militar no Rio de Janeiro e criou o Ministério Extraordinário da Segurança Pública.

 

 

Crime anunciado

A coordenadora do Núcleo de Feminicídio da Polícia Civil, delegada Luana Alves, disse ontem na Rádio Cidade Verde, que o feminicídio é um crime avisado.

Quase sempre a ameaça de morte é cumprida.

Aniversário

Hoje faz um ano que a fábrica de cimento de Fronteiras fechou as suas portas, demitindo aproximadamente 500 funcionários.

A reativação da indústria ficou apenas na promessa.

Foto: Cidadeverde.com

Ônibus ganham via exclusiva

Transporte

A Prefeitura apresenta hoje o Inthegra Teresina, a ampliação da integração do transporte público na capital. Vai entrar em operação o sistema da zona Sul.

Pouca gente sabe como vai funcionar esse novo plano, que pode até não melhorar o transporte público da capital, mas com muita eficiência já conseguiu piorar o tráfego para os demais veículos.  

Crise? Que crise?

O Governo do  Piauí mandou bem nos gastos  com pessoal, como mostra o quadro com a relação dessas despesas com as receitas:

Despesa com Pessoal e Receita Corrente Líquida - 2016-2017

Item

2016

(R$)

2017

(R$)

Aumento

(R$)

Aumento

(%)

Pessoal *

3.152.876.121//

3.818.497.964//

665.621.843

  21,1

RCL

7.578.979.585//

8.005.700.615//

426.721.030

     5,6

DP/RCL (%)

41,6

47,7

-

-

Limite de alerta (%)

44,1

44,1

-

-

Limite prudencial (%)

46,55

46,55

-

-

Limite máximo (%)

49.00

49,00

-

-

Fonte: Secretaria da Fazenda

(*) inclui valores inscritos em Restos a Pagar e não processados

Sucata

Estratégica para o Estado e para o Governo, a Procuradoria Geral do Estado é hoje um órgão sucateado, sem estrutura e sem pessoal do quadro efetivo.

Há tempos mandaram um projeto de lei regularizando a situação dos servidores que estão lá (tidos como cedidos de órgãos extintos e antigos) e ele não anda.

Jogos de azar

A legalização dos jogos de azar e a reabertura dos cassinos no país voltam ao debate amanhã, na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado. O projeto de lei do senador Ciro Nogueira (PP-PI), que autoriza a exploração de “jogos de fortuna”, sejam on-line ou presenciais, em todo o território nacional, é o primeiro item da pauta da reunião marcada para começar às 10h.

Caixa

A proposta em análise é um texto alternativo apresentado pelo relator, senador Benedito de Lira (PP-AL).

De acordo com ela, o credenciamento para exploração do jogo de bingo e vídeo-bingo terá prazo de 20 anos, renovável por igual período, e será de responsabilidade dos estados.

Já o credenciamento dos cassinos terá validade por 30 anos, podendo ser renovado por sucessivos períodos.

É com a taxação desses jogos que os governadores que fazer o Fundo de Segurança Pública.

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Senador Ciro Nogueira defende taxação de jogos de azar

 

 

* O Sindicato dos Delegados da Polícia Civil do Piauí marcou para hoje, às 8 horas, um ato público em frente ao Palácio de Karnak.

* O secretário de Governo, Merlong Solano, garante que o Piauí já paga ao professor um salário acima do piso do magistério.

* Definitivamente, o prefeito Firmino Filho não anda em sintonia com o seu partido.

* Na Câmara Federal, a bancada tucana votou em peso pela regulamentação do Uber e de outros aplicativos de transporte individual. Aqui o prefeito é contra o serviço.

 

Muito estranho

Do humorista Fraga:

- O mais estranho no Brasil é que ninguém estranha mais nada.