Cidadeverde.com

Por que não fizeram antes?

Fotos: Divulgação/CCom

Lançamento do Plano Estadual de Segurança

O Governo do Piauí lançou, na sexta-feira passada, o Plano Estadual de Segurança Pública, que deverá nortear as políticas públicas voltadas para o setor em todo o estado. O lançamento marcou a despedida do deputado federal Fábio Abreu do cargo de secretário de Segurança.

Muita badalação em torno desse plano. Segundo Fábio Abreu, o Plano Estadual de Segurança Pública já é uma realidade e está referenciado nas demandas da população.

De acordo ainda com ele, os eixos do programa são baseados em audiências feitas pelos órgãos de segurança do estado que reuniram quase duas mil pessoas em diferentes pontos do Piauí.

Dentre as linhas de ação, estão políticas na área da atenção à saúde do profissional da segurança, aposentadoria, política habitacional, estruturação de carreira, formação continuada e equidade de gênero, de raça e etnia.

Ainda segundo a Secretaria de Segurança, o plano também abarca políticas para a área de monitoramento e inteligência estratégica, integração de unidades de segurança e modernização das estruturas do setor.

Os temas se subdividem em oito programas que, por sua vez, abrigam 20 projetos para a área.

Bem, não resta dúvida que um plano dessa natureza é relevante e sua criação deve ser apoiada e aplaudida.Mas, como indagava aquela propaganda política, por que não fizeram antes?

Por que só agora, praticamente ao apagar das luzes da gestão, estão lançando esse plano de segurança?

Quer dizer que, em termos de segurança, se passou todo o governo atirando no escuro?

Então, só posso concluir que foi por isso que os bandidos agiram tanto às claras, ou seja, à luz do dia.

 

Lançamento marcou despedida do deputado Fábio Abreu