Cidadeverde.com

TCE nega bloqueio de empréstimo na CEF

Foto: Divulgação/TCE

Deputados buscam informações sobre empréstimo no TCE 

 

O conselheiro Kennedy Barros, relator das contas do Governo do Estado, exercício 2017, assinou um despacho, publicado ontem, referente ao relatório de auditoria concomitante na aplicação dos recursos do empréstimo de R$ 307 milhões do Estado junto à Caixa Econômica.

O dinheiro é referente à primeira parcela da operação de crédito de R$ 600 milhões, assinada entre o Estado e a Caixa no ano passado.

Em seu despacho, Kennedy Barros não concede a medida cautelar de bloqueio do recebimento da segunda parcela, de R$ 297 milhões, por entender ser essa medida precipitada e prejudicial ao Estado e à população. Ele achou mais prudente realizar uma auditoria para verificar a realização das obras.

“Essa auditoria vai esclarecer a aplicação dos recursos, ou seja, se o dinheiro foi aplicado na destinação prevista na operação de crédito. A partir do resultado da auditoria, poderemos adotar as medidas cabíveis”, explicou.

Plano de obras

O conselheiro do TCE determinou, ainda, que o Governo do Estado se abstenha de transferir para a conta única recursos da segunda parcela do empréstimo, quando receber, ou de outras operações de crédito com a Caixa.

No relatório, Kennedy determina ainda que o Governo apresente ao TCE um cronograma de execução das obras a serem realizadas com a segunda parcela do empréstimo e com recursos de outras operações de crédito.

“Com esse cronograma em mãos, o TCE-PI, por meio da Dfeng (Diretoria de Fiscalização de Obras e Serviços de Engenharia), fará o acompanhamento e fiscalização concomitante das obras, assegurando assim que elas sejam executadas conforme o contrato”, explicou.

O Governo do Estado elogiou a decisão do conselheiro. Os deputados oposicionistas Robert Rios Magalhães (DEM), Marden Menezes (PSDB), Rubem Martins e Gustavo Neiva (PSB) estiveram ontem no TCE, em reunião com presidente da Corte, conselheiro Olavo Rebelo, e com o conselheiro Kennedy Barros, para solicitar mais informações sobre o relatório do empréstimo. (Com informações do TCE)

 

 

Emprego e família

O pré-candidato a presidente pelo PRB, empresário Flávio Rocha, esteve ontem em Teresina para divulgar suas propostas através da imprensa local e de contatos com líderes políticos e empresariais.

Ele disse que seu programa se resume na defesa de dois valores: emprego e família.

Tô fora!

“Está decidido. Após várias semanas de muita reflexão, finalmente cheguei a uma conclusão. Não pretendo ser candidato a Presidente da República. Decisão estritamente pessoal.”

Com este comunicado, através das redes sociais, o ex-ministro Joaquim Barbosa anunciou ontem a sua decisão de não concorrer ao Palácio do Planalto.

Quem ganha

A desistência de Joaquim Barbosa é boa notícia para Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB), nessa ordem de impacto, segundo os analistas.

Bolsonaro não ganha nem perde.

Protesto

As famílias vítimas do rompimento da Barragem de Algodões prometem fechar a BR-343 amanhã, na altura do povoado Veredas dos Bois, no município de Cocal de Telha, KM 299, a 110 quilômetros ao Norte de Teresina.

Será um protesto contra o atraso no pagamento da parcela de abril da indenização das famílias. O pagamento deveria ter sido feito até o dia 25 de abril.

No Karnak

Os manifestantes estão organizando também um ato público em Teresina, em frente ao Palácio de Karnak.

O rompimento da Barragem de Algodões ocorreu em maio de 2009, matando dez pessoas e destruindo casas, plantações e animais em Cocal e em Buriti dos Lopes.

Acordo

O pagamento da indenização foi acertado entre o Governo do Estado e a Associação das Vítimas e Amigos da Barragem de Algodões (Avaba), com a intermediação do Tribunal de Justiça do Piauí.

O valor da indenização foi fixado em R$ 60 milhões, dividido em 30 parcelas de R$ 2 milhões, a serem pagas no dia 25 de cada mês pela Secretaria Estadual de Assistência e Social e Cidadania (SASC).

 

 

* Morreu ontem em Teresina o juiz aposentado João Borges de Sousa Filho, que serviu à Comarca de Picos.

* Em nota, a Associação dos Magistrados Piauienses  informou que o juiz havia passado por um procedimento cirúrgico há um mês.

* Ele sofreu um mal súbito e precisou ser internado e submetido a um cateterismo, mas não resistiu e morreu durante o exame.

* O cantor Frank Aguiar (PRB) se apresentou ontem como pré-candidato a senador na chapa de reeleição do governador Wellington Dias.

* Residindo há muito tempo em São Paulo, ele encontra a área congestionada, pois já são quase dez os postulantes às duas vagas ao Senado. Isso só no palanque do governo.

 


 

Xô, mosca!

Em entrevista ontem à TV Cidade Verde, o presidenciável Flávio Rocha (PRB) aplaudiu a Operação Lava-Jato e filosofou, ao defender medidas radicais de combate à corrupção:

- Não basta espantar as moscas. É preciso tirar o presunto da sala.