Cidadeverde.com

PP faz almoço para comer a boia do MDB

Não ficou muito claro aonde o Progressistas quis chegar com o almoço que reuniu ontem mais de 130 prefeitos em Teresina. Foi dito que o evento, a que o partido quis dar um caráter municipalista, seria em defesa da recondução da vice-governadora Margarete Coelho ao cargo.

Mas foi dito também, através de lideranças estaduais do Progressistas, que se o governador Wellington Dias chegasse a outra decisão e não acatasse a indicação das lideranças municipais não haveria traumas em sua relação com o partido.

O movimento deixou evidente, apenas, que ele ganhou corpo depois que o PT fincou pé em torno da candidatura da senadora Regina Sousa a um novo mandato.

O Progressistas e seus aliados calcularam: “Se o PT pode ficar com duas posições na chapa majoritária, por que nós também não podemos?”.

No caso do PT, o partido que abocanhar as vagas de governador e senador; no caso do Progressistas, as de senador e vice-governador.

Disputa

Atualmente, o cargo de candidato a vice-governador está sendo disputado pelo MDB e o Progressistas – os dois principais aliados do governo Wellington Dias.

O Progressistas quer manter Margarete Coelho na vice. Já o MDB quer emplacar o nome do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístoles Filho.

O parlamentar ganhou força nos últimos dias e o almoço organizado ontem pelas lideranças do Progressistas tinha, em primeiro lugar, o objetivo de garfá-lo nessa disputa pela vice-governadoria.

Corre-corre

Nem tudo saiu como o combinado, pelo visto. Chamou a atenção o apetite incomum dos progressistas que se sentaram à mesa, não propriamente para devorarem os pratos que são a especialidade da casa, mas para comer a boia do MDB.

Porém, chamou mais a atenção ainda a declaração da primeira-dama de Teresina, Lucy Silveira, neoprogressista e pré-candidata a deputada estadual.

Os prefeitos ainda estavam nos petiscos de entrada quando ela lançou o nome da vice-governadora Margarete Coelho à sucessão de Wellington Dias.

Aí, ao invés de tocar fogo nos sonhos do MDB, o Progressistas teve que correr para apagar incêndio dentro do próprio partido, a fim de não chamuscar a aliança com o governo.

.

 

Foto: Cidadeverde.com

Frank Aguiar salta do palanque da oposição

Foi assim

Na sucessão estadual de 1994, o indicado pelo PSDB para ser o companheiro de chapa de Mão Santa (PMDB) foi o ex-prefeito de Corrente, Filemon Nogueira.

O ex-prefeito veio a Teresina para ter o seu nome anunciado formalmente. Antes de chegar a Floriano, ele foi atalhado pelo PFL e acabou aderindo ao governo.

O PSDB indicou outro nome, na última hora, o do sindicalista Osmar Araújo, que acabou vencendo a eleição com Mão Santa.

O cerco

Agora, o Podemos do senador Elmano Férrer anunciou o cantor e ex-deputado federal Frank Aguiar como o segundo candidato ao Senado pela sua chapa. O primeiro será o deputado Dr. Pessoa (SD).

Mas, como o ex-prefeito de Corrente, o cantor também sofreu um cerco das forças governistas e já não será mais candidato a senador no palanque da oposição.

Au!

Depois da Copa

Enquanto o MDB prefere jogar nos bastidores e o PP parte agora para uma jogada mais barulhenta, na disputa pela indicação da candidatura a vice, o governador, que está com a bola nos pés, vai empurrando a decisão com a barriga.

Tanto o Progresistas quanto os emedebistas querem que Wellington Dias escolha o seu companheiro de chapa até o final desta semana.

O governador, se puder, ficará prendendo a bola até o fim da Copa.

Nova Ceasa

A Assembleia Legislativa realizará uma audiência pública no próximo dia 20 para debater problemas da Nova Ceasa.

O deputado Rubem Martins (PSB) disse que continuam as reclamações sobre preços elevados que são cobrados dos donos de veículos que transportam os produtos para a Ceapi.

A audiência será no próximo dia 20, na Comissão de Constituição e Justiça.

Greve

Já o deputado Robert Rios (DEM) fez apelo ao governador Wellington Dias para que atenda as reivindicações dos professores da rede estadual.

Ele criticou também a cobrança de altos valores (R$ 500 mil) por alugueis atrasados na Rodoviária de Teresina, hoje sob regime de PPP.

Educação

Durante a XXVIII reunião da Comissão de Educação, Cultura, Ciência, Tecnologia e Comunicação do Parlatino, o deputado Heráclito Fortes (DEM) ressaltou a importância da educação para a formação de cidadãos conscientes e mais comprometidos com o seu País:

- A educação é um tema que nunca se esgota e devemos trabalhar cada vez mais para o seu fortalecimento.

 

 

 

* Antes de fechar a questão da vice, o Progressistas do Piauí quer resolver o problema da chapa proporcional.

* O PT quer sair com chapa pura e os aliados defendem o chamado chapão.

* No Piauí, 77 municípios estão no Mapa do Turismo do Brasil. Quantos deles efetivamente fazem turismo?

 * A Polícia do Piauí investiga uma morte misteriosa. A suspeita inicial é de que a vítima – um engenheiro civil - tenha se suicidado com nove facadas!

 

Na ilha deserta

Outra do padre Solon Aragão, ex-deputado estadual pelo antigo MDB, contada no novo livro de “causos” do governador Wellington Dias, “A melancia do presidente”: um novo bispo tomou posse na diocese e convocou os padres da região para um encontro. Fez várias perguntas reservadas, deu muitos conselhos e fixou metas. Aí entrou na questão da castidade. Na vez do vigário de São João do Piauí, perguntou:

- Padre Solon, o senhor é um dos mais experientes da diocese. Vamos supor que o senhor vem numa embarcação, no meio do mar, ocorre um acidente e o senhor vai parar numa ilha deserta. Sobram o senhor e a Vera Fisher (na época, a musa do Brasil). Ela, desinibida, tira a roupa para secar e fica completamente pelada. Qual seria a sua atitude numa situação dessa?

- Ora, meu bispo, eu não tenho uma sorte dessa, não!