Cidadeverde.com

O que é isso, companheiro?

Foto: Cidadeveerde.com

Deputado Assis Carvalho, presidente do PT/PI

 

O presidente regional do PT, deputado federal Assis Carvalho, entrou de sola no presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho, o nome indicado pelo MDB para compor a chapa majoritária do governo, concorrendo como vice do governador Wellington Dias.

Para Assis Carvalho, Themístocles não serve para ser o companheiro de chapa de Wellington Dias, pois é um inimigo declarado do PT em todos os municípios do Norte do Piauí, a partir de Esperantina, a terra natal do emedebista.

O presidente do Partido dos Trabalhadores sugere que o MDB indique outros nomes para a vaga de vice e cita os do deputado federal Marcelo Castro e o do deputado estadual Severo Eulálio.

Intromissão

É natural que o presidente regional do PT tenha as suas preferências. Ele não tem é o direito de sair vetando nomes dos partidos aliados. Se cabe aos aliados posição na chapa majoritária, eles é que têm a responsabilidade de indicar os nomes. Essa tarefa não é do deputado Assis Carvalho.

Também chega a ser curiosa essa explosão de sinceridade do presidente do PT justo no exato momento de definição da chapa majoritária governista. Não é de hoje que se fala no nome do deputado Themístocles como companheiro de chapa do governador. Essa conversa começou desde que o MDB aderiu ao governo, ainda no ano passado.

Bônus e ônus

Durante esse período, o MDB recebeu o bônus e também arcou com o ônus de ser governo.  Nessa condição, pagou o preço da aprovação de projetos impopulares do governo na Assembleia, como os aumentos seguidos de impostos e de empréstimos.

Sempre que tem oportunidade, o governador ressalta o apoio que recebeu na Assembleia para aprovação de seus projetos. O deputado Assis Carvalho é que, pelo visto, acha que os parlamentares governistas não fizeram mais do que a obrigação deles ao aprovar as matérias do governo.

Como não é a reeleição de Assis Carvalho que está em jogo, mas sim a do governador, ele fica particularmente à vontade para semear a discórdia na base aliada, seja se rebelando contra o nome de Themístocles, seja repelindo a proposta do chapão para a eleição proporcional.