Cidadeverde.com

Frank Aguiar muda o tom

Foto: Cidadeverde.com

Frank Aguiar com jornalistas da TV Cidade Verde

 

Por essa o governador Wellington Dias não esperava! Poucos dias depois de desembarcar em Teresina, de olho em uma das vagas de candidato a senador, com declarações e juras de amor ao governador, o cantor Frank Aguiar mudou o tom. Em um áudio que foi espalhado ontem nas redes sociais, o forrozeiro faz duras críticas a Wellington.

Segundo o artista, "o governador não tem capacidade de cuidar desse estado, ele passa por muitas dificuldades. São muitos aliados, muitos vícios da política que esse cara está mantendo.”

Para ele, Wellington “é boa gente, de bom caráter, mas não tá fazendo uma gestão boa pro nosso estado, tem que ter esse olhar como um todo.” E rebela-se: “Não é porque é meu amigo que eu vou apoiar o que é ruim para nossos irmãos piauienses".

O cantor disse mais: "Já não tenho mais a mesma admiração pelo governador. A minha única questão de estar ganhando esse tempo é em respeito a meu partido – PRB – que é uma instituição formada e eu preciso para viabilizar a minha candidatura".

Esperanças perdidas

Frank Aguiar demonstrou, assim, que perdeu todas as esperanças de ser alçado à condição de candidato a senador no palanque governista. Ele vinha cavando esse lugar desde que seu nome começou a aparecer com destaque nas pesquisas de intenção de voto.

O cantor, que já foi deputado federal por São Paulo e vice-prefeito de São Bernardo do Campo, ensaia agora uma ida para o palanque da oposição. Acontece que no palanque do deputado Luciano Nunes (PSDB) as duas vagas de candidato a senador já estão preenchidas pelo ex-governador Wilson Martins (PSB) e pelo deputado Robert Rios (DEM).

Já na coligação encabeçada pelo senador Elmano Férrer (Podemos), que fez festa para Frank no começo, o cantor passou a ser visto com desconfiança, depois que embandeirou para o lado do governo.

 

 

A opção do PP

O presidente nacional do Progressistas, senador Ciro Nogueira, disse que até a próxima semana o partido define o seu candidato ao Planalto nas próximas eleições.

Ciro adiantou que o Progressistas pretende tomar uma decisão conjunta com o bloco do chamado Centrão.

Chapão

Em relação à política estadual, o senador disse que o seu partido apoia a ideia do chapão para as eleições proporcionais.

Ele frisou que nunca aconteceu de o partido do governador marchar isolado para as eleições de deputado.

O senador avisou, no entanto, quer o Progressistas não fará barganha em situação alguma.

Luto

O ex-governador Wilson Martins e o deputado estadual Rubem Martins perderam ontem seu irmão mais velho, Ediwar Martins, de 71 anos. Ele morreu em decorrência de complicações de um câncer no pulmão. 

Edwar estava internado há três meses em São Paulo, fazendo o tratamento contra a doença, mas não resistiu. 

Administrador de empresas e servidor aposentado do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), Ediwar era casado e deixou quatro filhos. 

 

Foto: Divulgação

Galeria dos Ex-ministros - Em visita ao ministro das Comunicações, Gilberto Kassab, o deputado federal Júlio César (PSD) documentou na Sala de Reunião do Ministério uma foto do ex-senador Hugo Napoleão, que dirigiu a pasta no Governo Itamar Franco.

 

 

* O deputado Paes Landim (PTB) registrou da tribuna da Câmara Federal o falecimento do arcebispo emérito de Teresina, dom Miguel Câmara.

* O município de Caracol já registrou 10 graus de temperatura na madrugada. Teresina vem com uma média de 23 graus, cedo da manhã.

* Com o mandato cassado pelo juiz eleitoral de Picos, o prefeito Padre Walmir (PT) vai espernear no TRE.

* A advogada Janaina Paschoal, a musa do impeachment, anda se oferecendo para ser vice do deputado Jair Bolsonaro (PSL). Quem te viu, quem te vê!

 

 

Da surpresa

Do humorista Fraga:

- Nos dias em que nenhuma surpresa ocorre, a surpresa é essa.