Cidadeverde.com

Assaltos deixam cidades sem serviço bancário

O Piauí perdeu a parada para os assaltantes de agências de banco, casas lotéricas e Correios. Os bandidos voltaram ao crime com toda a força. Na semana passada, houve mais um assalto à agência da Caixa Econômica em Altos e um carro-forte foi estourado por bandidos entre Oeiras e São João da Varjota.

Até abril, o Sindicato dos Bancários do Piauí calculava em três o número de assaltos a bancos, por mês, no Estado. Agora eles já chegam a três por semana.

Essa sucessão de crimes afeta psicologicamente os bancários e funcionários de casas lotéricas e dos Correios, que trabalham sob clima de permanente tensão. Mas os assaltos aos bancos causam muitos transtornos também para a população.

Mata o véi!

Os aposentados da região de Assunção, São Miguel do Tapuio, Buriti dos Montes, Castelo do Piauí e Juazeiro do Piauí têm que se deslocar a Campo Maior, por exemplo, para receber seus pagamentos.

Isso porque, depois de vários assaltos, as agências bancárias de São Miguel do Tapuio e de Castelo só funcionam para fornecer saldos bancários.

Então, do salário mínimo que recebem, os aposentados tiram dinheiro para passagens e outras despesas com o deslocamento até Campo Maior. O comércio das cidades onde moram também perde. A situação se repete em vários outros municípios.

O quadro deixa claro que esse tipo de crime ocorre com tanta frequência porque a segurança do Piauí é vulnerável e também porque a rede bancária não faz os investimentos necessários na segurança de suas agências.

 

 

Ciro vermelhou

A mídia nacional pegou no pé do presidente do Progressistas, senador Ciro Nogueira, no final de semana.

Ele apareceu em ato público do PT, com a presença do governador Wellington Dias e do ex-ministro Fernando Haddad, pedindo voto para o ex-presidente Lula.

Pulando a cerca

Ciro reagiu através das mídias sociais. Ele alega que os jornalistas da chamada grande imprensa estão desatualizados, pois há um ano ele vem dizendo que votará em Lula para presidente.

Ocorre que o partido que ele preside decidiu fechar com a candidatura do ex-governador Geraldo Alckmin, do PSDB.

O senador não pode achar que seja bonito ela ser o primeiro a desobedecer a decisão de seu partido.

Foto: Cidadeverde.com

Desembargador Edvaldo Moura

Eleição no Copedem

O novo vice-presidente do Colégio Permanente de Diretores de Escolas Estaduais da Magistratura (Copedem) é o desembargador Edvaldo Moura, do Tribunal de Justiça do Piauí.

Ele foi eleito e tomou posse no final de semana, no encerramento do 8º Congresso Brasileiro sobre Saúde Suplementar, realizado pelo Copedem, em Brasília, com o apoio da Associação dos Magistrados do Brasil.

Gestão

O Piauí não chega a ser um mar de rosas em gestão pública, como apregoa o governo, mas também não é o caos propagado pela oposição.

Um estudo inédito lançado pela Folha de São Paulo e o Instituto Datafolha, batizado de Ranking de Eficiência dos Estados (REE), aponta o Piauí como o 8º estado brasileiro que entrega mais educação, saúde, infraestrutura e segurança à população utilizando o menor volume de recursos financeiros. .

Eficiência

O levantamento considera 17 variáveis agrupadas em seis componentes para calcular a eficiência na gestão de todos os estados brasileiros, detalhando, inclusive, a situação das finanças de cada um deles. 

Numa escala de 0 a 1, cinco estados ultrapassam 0,50 e, por isso, podem ser considerados "eficientes" - Santa Catarina, São Paulo, Paraná, Pernambuco e Espírito Santo.

A nota do Piauí

Outros seis mostram "alguma eficiência" no uso de seus recursos e os demais 15 podem ser considerados "pouco eficientes" ou "ineficientes".

O Piauí aparece no ranking com a nota 0,482 e é o terceiro estado do Nordeste a figurar nesse ranking, atrás apenas de Pernambuco e da Paraíba.

Foto: Divulgação

FestLuso - Começa hoje e vai até sexta-feira, em Teresina, o FestLuso 2018, o Festival de Teatro Lusófono, organização do Grupo Harém de Teatro. O evento foi realizado na semana passada em São Luís (foto), em sua primeira edição no Maranhão.

 

 

* As lideranças governistas do município de Luzilândia deixaram o governador Wellington Dias falando sozinho, na visita que ele fez ao município, no final de semana.

* A renúncia do deputado federal Rodrigo Martins (PSB) à candidatura pela sua reeleição foi um baque no palanque das oposições.

* O Brasil é, no mínimo, um país criativo, que não para de buscar soluções para os seus problemas.

* Cinco generais não deram jeito no país, mas muitos brasileiros acham que um capitão dá!

 

 

Confissão

O governador Wellington Dia e o deputado Robert Rios, líder da oposição e candidato a senador pelo DEM, se reencontraram na porta da igreja, para a missa em ação de graças pelo aniversário de Teresina. O governador abraçou o parlamentar e puxou conversa com o oposicionista, perguntando se o bispo já havia chegado para ele se confessar. Robert pegou o peão na unha:

- Você deveria se confessar era com um delegado!