Cidadeverde.com

Piauí é o Estado com mais tropas federais nas eleições

O Piauí é o Estado brasileiro que mais solicitou auxílio de forças federais para garantir a segurança do pleito do próximo domingo. O Tribunal Superior Eleitoral já autorizou a presença do Exército em 122 municípios.

Isso representa pouco mais da metade do total de municípios do Estado, que é de 224. O número inicialmente fixado era de 112. Mais 14 municípios piauienses aguardam ainda a aprovação dos pedidos para o envio de tropas federais.

Caso sejam aprovados, o total de cidades com presença de militares do Exército no Piauí, dia 7 de outubro, vai passar de 126.

O número vai quase dobrar em relação às eleições de 2014, quando foram solicitadas tropas federais para 65 municípios.

Nas eleições municipais de 2016, foi pedido o reforço do Exército para 59 cidades piauienses.

Falta PM

Os pedidos foram formulados pelos juízes das respectivas Zonas Eleitorais do Estado, com a finalidade de garantir a normalidade da eleição, o livre exercício do voto e o bom andamento da apuração dos resultados.

O envio de tropas federais, para garantir a segurança das eleições, se justifica em casos em que a campanha apresente clima de tensão, intranquilidade e acirramento dos ânimos.

Não se tem notícia até agora de fatos que justifiquem a presença de forças federais nas eleições do Piauí nessa magnitude.

Só existe uma justificativa plausível para a requisição de tantas tropas do Exército no Piauí. É o baixo efetivo da Polícia Militar, que, de tão reduzido, não tem condição de garantir a segurança do pleito em todos os municípios. Um efetivo de pouco mais de 5.000 policiais para mais de 3.600 locais de votação.