Cidadeverde.com

Magistrados brigam pelo auxílio-moradia

Não é fake-news: a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que mantenha o auxílio-moradia para os juízes mesmo com o reajuste salarial de 16,4% aprovado pelo Congresso para os ministros da corte,  com efeito cascata para a categoria em todo o país.

Em petição enviada na última sexta-feira (23), a entidade solicita ao ministro Luiz Fux que não revogue as liminares que concedeu em favor do pagamento do benefício a magistrados e procuradores de todo o Brasil. Para a AMB, os estados e a União têm condições de arcar com as despesas, a despeito da crise financeira que enfrentam.

Acordo

A extinção do auxílio-moradia, hoje no valor de R$ 4,3 mil por mês, faz parte do acordo fechado em agosto pelo presidente do STF, Dias Toffoli, com o presidente Michel Temer em troca do aumento salarial para a cúpula do Judiciário.

Pela proposta aprovada pelos parlamentares e que aguarda a sanção de Temer para virar lei, o salário de um ministro do Supremo, teto do funcionalismo público, passará de R$ 33,7 mil para R$ 39,3 mil.

Os magistrados alegam que, mesmo com o reajuste salarial, poderão sair perdendo com o fim do auxílio-moradia, benefício sobre o qual não incide cobrança de imposto.

Somente em um país com tanta carência moral uma entidade que congrega magistrados tem a cara de pau de defender uma aberração como essa em que se transformou o auxílio-moradia. (Com informações do site congressoemfoco.com)

 

 

Foto: Cidadeverde.com

Conselheiro Olavo Rebelo, presidente do TCE

PM's nos gabinetes

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Olavo Rebelo, informou que a audiência pública que será realizada hoje no TCE, para discutir a lotação de policiais em gabinetes, será um evento aberto a todos os interessados na questão.

A audiência começa às 9 horas, na Escola de Gestão e Controle.

TCE faz a sua parte

“O governo tem que cortar gastos, ser mais eficiente e, em terceiro lugar, tapar os ralos da corrupção que grassa na máquina pública em níveis insuportáveis. O TCE, creio, tem feito a sua parte, mas, como ocorre com a PF(com toda sua reconhecida efetividade), que não acaba com as drogas e os traficantes, as instituições de controle também têm dificuldade nessa outra luta árdua, mormente por que os que fraudam sempre estão se aperfeiçoando”, analisa o presidente do Tribunal de Contas.

Cada um em seu quadrado

O presidente nacional do Progressistas, senador Ciro Nogueira, apoia a iniciativa do TCE.

Ele disse que tem defendido quere o governo realoque para seus lugares de origem policiais civis e militares, professores, médicos e outros profissionais.

A contrapartida

Para o senador, é prestando os serviços para os quais foram admitidos pelo Estado que esses profissionais podem melhor servir ao público que lhes paga os salários.

“Agora, com satisfação, percebo que o Tribunal de Contas também escolheu trilhar o mesmo caminho”, comentou, nas redes sociais.

Violência

Um novo e brutal crime chocou os piauienses no final de semana. O acadêmico de medicina Antônio Rayron, da Universidade Federal do Piauí, foi morto com um tiro, durante assalto em uma estação de passageiros, na Avenida Miguel Rosa, zona sul de Teresina.

Ele voltava de um plantão no HUT, onde era bolsista.

Reincidente

Um menor, de apenas 15 anos, foi apreendido como autor do crime. Segundo a polícia, foi a terceira apreensão dele em menos de dois meses.

O adolescente confessou o crime à polícia assim que foi capturado, na manhã de ontem, no bairro Macaúba, zona sul de Teresina, na casa da avó.

Foto: Cidadeverde.com

Alberto Silva, 100 anos - Aberta no sábado à noite, no Castelo de Eventos, em Parnaíba, prossegue até o dia 19 de dezembro a exposição “A Memória Afetiva do Ilustre Filho da Parnaíba – Alberto Tavares Silva”. O evento faz parte das celebrações do centenário de nascimento do ex-governador e foi organizado pela Fundação Alberto Silva e o Sesc Piauí. Aos 96 anos, Dona Florisa Silva compareceu à abertura do evento e agradeceu a homenagem.

 
 

* Na entrada do Porto das Barcas, ponto de atração turística de Parnaíba, o turista é recebido por um paredão de som.

* O som é produzido pelo principal bar situado à entrada do complexo. Certamente é uma concessão pública.

* Definitivamente, o Piauí não é para amadores. Num dia, o secretário de Fazenda ocupa a mídia local para declarar que o Estado vai cortar gastos, pois a folha de pessoal corre risco de atrasar.

* No outro dia, sai a notícia de que o Estado vai licitar R$26 milhões em horas de jatinho e de helicóptero para os deslocamentos do governador durante um ano.

 

 

A hora que lhe convém

Casamento de Júlia e Leo, no Mansão Bliss. Mesa em que estão os conselheiros Kennedy Barros, Kleber Eulalio, deputado Júlio Cesar, o ex deputado Hugo Napoleão e o jornalista Arimatéia Azevedo. Hugo desconfia ao ver Azevedo tomando cerveja. O jornalista justifica:

- Vou “manerar”, pois amanhã faço prova do Enade.

Logo em seguida o jornalista muda para o uísque. E Hugo pergunta:

- Você não tem prova no Enade? 

Arimatéia, de uma golada:

- Tenho, mas é só meio-dia.