Cidadeverde.com

Voo cego nas asas da gastança

Por pouco, em meio a uma nova agonia financeira, o Piauí não faz um voo cego nas asas da gastança.

O Governo do Estado lançou aviso de licitação para comprar, pelo período de um ano, a um custo superior a R$ 26 milhões, 222.200 quilômetros de voo em um jato biturbinado e de 4.320 horas de voo de um helicóptero monoturbinado potência mínima de 700 SHP.

O objetivo da licitação, conforme explicado no edital publicado no Diário Oficial do Estado, página 17, edição do último dia 19, e no Mural de Licitações do Tribunal de Contas: “Atender a uma necessidade de locomoção do Exmo. Senhor governador do estado do Piauí, de seus familiares e de outras autoridades”.

No governo Wilson Martins, a imprensa denunciou um disparate desses, de compras para servir às mordomias do governador, e ele não teve dúvida em determinar o cancelamento da licitação, tendo o cuidado de enfatizar que o edital havia sido lançado à sua revelia.

Pregão suspenso

Ontem, o secretário de Administração e Previdência divulgou nota informando que determinou que a Superintendência de Licitações suspenda o pregão eletrônico nº 16/2018 - DL/SEADPREV/PI.

Esse pregão é o que tem como finalidade o registro de preço para contratação de empresa especializada na prestação dos serviços de locação de aeronaves, por km/voo e por hora/voo.

Segundo a nota, a suspensão acontece para que o edital possa ser revisado e avaliado.

A Sead-Prev esclareceu ainda que “a licitação visa atender às necessidades de transporte aos órgãos do Governo Estado do Piauí em atividades executivas oficiais, como Gabinete do Governador, a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, secretarias de Segurança, Saúde e Justiça, entre outros.”

No olho de uma crise financeira e fiscal gigantesca, como a atual, um governo sensato e preocupado com os recursos públicos jamais faria uma licitação como essa.

 

 

Foto: Divulgação/TCE

TCE faz audiência pública sobre lotação de PMs em gabinetes

PMs nas ruas

O Tribunal de Contas do Estado realizou ontem audiência pública para discutir a cessão de policiais militares para os Poderes e órgãos da administração pública.

O objetivo era discutir o tema face ao déficit de contingente da Polícia Militar e ao quadro de insegurança pública, agravado com a ausência de policiamento nas ruas da capital e cidades do interior.

O que fazer

A reunião, solicitada pela Rede de Controle da Gestão Pública do Piauí, encaminhou a formação de uma comissão para estudo das normas legais que permitem a cessão dos militares e análise do quadro atual da Policia Militar.

A ideia é elaborar um relatório da situação, apontando propostas e recomendações que podem ser adotadas.

Homenagem

O senador Elmano Férrer (Pode-PI) prestou homenagem ontem ao ex-senador Alberto Tavares Silva, pela passagem do centenário de seu nascimento.

Da tribuna do Senado, Elmano o definiu como um dos maiores expoentes da política piauiense do século 20.

Canteiro de obras

Na visão de Elmano Férrer, o doutor Alberto Silva, como era chamado pelos piauienses, foi uma personalidade marcante na política estadual e nacional. Elmano disse que o Piauí se tornou um canteiro de obras sob o comando de Alberto Silva, com os setores de saúde, energia e transporte recebendo especial atenção.

— Era um homem à frente de seu tempo. Com seu carisma, seu entusiasmo, seus ideais inovadores e espírito ousado, Alberto Silva tornou-se um mito na história do Piauí e conquistou espaço cativo no coração dos piauienses – enfatizou.

Jefferson Rudy/Agência Senado

Elmano presta homenagem a Alberto Silva no Senado

Apertando o cinto

Definitivamente, o Piauí não é para amadores. Num dia, o secretário de Fazenda ocupa a mídia local para declarar que o Estado vai cortar gastos.

A medida, segundo ele, tem o objetivo de economizar, pois o pagamento da folha de pessoal do Estado corre o risco de atrasar nesta virada de ano.

Perto da lua

No outro dia, sai a notícia de que o Estado iria licitar R$26 milhões em horas de jatinho e de helicóptero para os deslocamentos do governador durante um ano.

Não é nada, são 222.200 km de voo em um jato biturbinado.

Se o governo tivesse feito mais uma forcinha, daria perfeitamente para chegar à lua, distante da terra 384.400 quilômetros.

Volta ao mundo

Uma volta ao redor da terra tem aproximadamente 40.000 quilômetros.

Desse modo, o que o Governo do Piauí está querendo licitar daria perfeitamente para dar mais de cinco voltas ao redor do planeta.

Foto: Cremísia/APL

Medalha do Centenário - Os acadêmicos Hugo Napoleão e Fides Angélica receberam a Medalha do Centenário da APL e o diploma correspondente. Quando houve a cerimônia para entrega da comenda, os dois estavam viajando. Todos os acadêmicos foram agraciados com a medalha, entregue pelo presidente da Academia Piauiense de Letras, Nelson Nery.

 

 

* O prefeito de Parnaíba, Mão Santa, está em Brasília, batendo à porta dos ministérios. Ontem, ele esteve no Ministério da Saúde.

* O Governo do Estado pretende economizar pelo menos R$ 150 milhões com a reforma administrativa que pretende implantar em 2019.

* Passada a comoção do assassinado do jovem acadêmico de medicina, tudo volta ao normal e a insegurança continua na mesma.

* O presidente Michel Temer sancionou ontem a lei do reajuste do Judiciário, após acordo com o Supremo para acabar o auxílio-moradia.

 

 

Comida do cachorro

Em Parnaíba, o veterano Juaci, dono de um tradicional restaurante na beira-rio, bom papo, conta que uma vez um cliente andava com os filhos pequenos e, ao final do almoço, pediu para embrulhar as sobras para levar para o cachorro. Os meninos gritaram:

- Oba! O papai vai comprar um cachorro!