Cidadeverde.com

Piauí já fez 80% da reforma da previdência

O governador Wellington Dias não deixa de causar uma grande expectativa com o anúncio de uma nova reforma da previdência estadual.

Em seu discurso de posse, ele indicou a área por onde começará as mudanças no novo mandato: “O maior desafio hoje do Piauí é o desequilíbrio da Previdência”.

Wellington Dias antecipou que vai garantir direitos, porém buscará a qualquer custo o equilíbrio financeiro da previdência estadual.

A expectativa é para saber qual é mesmo a carta que o governador tem na manga. É que ele já fez praticamente 80 por cento da reforma previdenciária, quando aumentou em 2016 a alíquota de contribuição de 11 para 14%. 

A outra parte a fazer agora é aumentar a idade de aposentadoria. Mas isso também não vai cobrir o rombo na previdência estadual, pois a mudança só terá impacto para os servidores que irão entrar no sistema.

Trocando em miúdos: o Governo do Estado já torrou todo o dinheiro que entrou a mais com o aumento das alíquotas, nos últimos dois anos. 

E o déficit ,que era de um bilhão de reais - assim, por extenso – agora é de 1 R$  bilhão, em numeral. Mudou apenas a forma de escrever.

 

 

Tiro no pé

Os governadores do Nordeste, todos alinhados ao ex-presidente Lula, deram um tiro no pé quando se articularam para boicotar a posse do presidente Jair Bolsonaro.

Eles marcaram suas posses para o período da tarde, para coincidir com o horário da posse do presidente.

Nem levaram em conta que a maioria é de reeleitos e que, no mandato passado, houve deles que tomou posse à meia-noite do dia 31 de dezembro.

Quem tem a perder

Não resta dúvida que os governadores nordestinos estão cutucando onça com vara curta.

Bolsonaro é imprevisível. Além disso, os governadores precisam mais dele do que ele dos governadores.

Pelo menos nestes primeiros meses de governo.

É ela!

A propósito, quem circulou com muito à vontade em Brasília, nas cerimônias de posse do presidente Jair Bolsonaro, foi a advogada Rubenita Lessa, coordenadora do Movimento Direita no Piauí.

Quem viu a desenvoltura da doutora ficou com a impressão de que ela é a ponte do presidente com o Piauí.

A conferir.

Foto: Reprodução

 

Mais

Em sua conta no Facebook, a advogada postou várias fotos da posse do presidente. Em uma delas, aparece com um dos filhos de Bolsonaro. Eis a legenda escrita por ela: "Com o querido amigo Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), agora senador da República, e sua esposa Fernanda Bolsonaro, na posse do nosso Presidente Bolsonaro."

E o pagamento, ó!

No começo de dezembro passado, o Iapep e o Plamta solicitaram aos hospitais, clínicas, laboratórios e médicos credenciados as notas fiscais dos serviços prestados referentes ao mês de setembro.

O ano virou e a rede credenciada não recebeu os pagamentos. Nem promessa.

Não passou

Recebo a informação de que o projeto da Prefeitura de Parnaíba retomando os serviços de água e esgoto do município não foi votado na virada do ano, por falta de quórum.

A Agespisa divulgou nota esclarecendo que a decisão da Prefeitura de Parnaíba de rescindir o Contrato de Programa que mantém com empresa, por meio de decreto municipal datado do último dia 29, é ilegal e abusiva.

 

 

* O vereador Jeová Alencar (PSDB) tomou posse ontem em seu segundo mandato consecutivo como presidente da Câmara Municipal de Teresina.

* Antes de ser empossado na Presidência da República, Bolsonaro renunciou ao mandato de deputado federal pelo Rio.

* O seu suplente na Câmara dos Deputados é o empresário Zé Augusto Nalin (DEM-RJ), que é contra o armamento das pessoas, como quer o presidente.

* O ex-ministro João Henrique acompanhou o ex-presidente Michel Temer até São Paulo, depois que ele passou a faixa a Bolsonaro.

 

 

Segura, peão!

O governador Wellington Dias voltou a contar ontem, em sua quarta posse como governador, a história de seu sonho de menino, no município de Paes Landim, que era ser vaqueiro. Um dos presentes à cerimônia de posse brincou:

- O sonho de ser vaqueiro foi plenamente realizado: o cavalo passou selado, ele montou e tá aí!