Cidadeverde.com

Governo antecipa receitas

O Governo do Estado, com as finanças em situação delicada, lançou mão de mais uma medida para aumentar a sua arrecadação. Trata-se do desconto vantajoso para quem antecipar o pagamento, em cota única, do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), referente ao exercício de 2019.

Os descontos variam de 16% a 24%, mas eles só serão concedidos a quem pagar a cota única em janeiro ou fevereiro. A partir de março, o percentual de desconto volta a ser de 15% para todos os veículos. A medida vale apenas para veículos usados.

Segundo a tabela divulgada pela Secretaria de Fazenda (Sefaz), os proprietários de carros com placas de final 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 0 que optarem por antecipar o pagamento da cota única até a próxima quinta-feira, dia 31, terão desconto variando de 16% a 24%.

Já quem deixar o pagamento da cota única para fevereiro terá os descontos entre de 16% a 23% para veículos com placas de final 3 a 0.

Sem restrições

A Sefaz ressalta que o desconto de 15% na cota única permanece para carros com placas de vencimento no mês atual, como janeiro, por exemplo.

Assim, quem tiver carro com placa de final 1, pode pagar a cota única do IPVA até 31 de janeiro com 15% de desconto.

Segundo ainda a Sefaz, com a medida o Piauí passa a conceder, sem restrições ao usuário, o maior desconto na cota única do IPVA no país.

O governo não informou quanto pretende arrecadar com a medida, mas é certo que ela se impõe como alternativa para o reforço de caixa nestes tempos de vacas magras.

O desconto é atraente e bom para o contribuinte, porém denota fragilidade das finanças do governo no mês em que ele tradicionalmente tem a sua maior arrecadação de ICMS, em função das vendas de fim de ano. (Com informações da CCom)

 

 

Juarez Tapety

Janeiro levou um dos velhos caciques da política piauiense, Juarez Tapety. Ele faleceu no sábado (26), aos 87 anos, depois de 45 dias de internação em Teresina.

Natural de Oeiras, Juarez Tapety, completaria 88 anos no próximo dia 31. Ele foi vereador e prefeito duas vezes de sua cidade, Oeiras, deputado estadual em várias legislaturas e secretário de Estado.

De pijama

Uma grande liderança de sua geração, Tapety tinha um bom convívio com a classe política e uma relação aberta com a imprensa, sem subterfúgios.

Ele estava recolhido à vida privada desde que deixou sua última função pública, a de secretário de Governo, no segundo mandato do governador Mão Santa.

Gastança

Sob os protestos da oposição, a Câmara Municipal de Picos aprovou no final de semana dois projetos que metem a mão na gastança.

Um deles reajusta os salários dos servidores em 4,61% e os dos cargos de 2º vice-presidente e 2º secretário em 20%, além do aumento de servidores comissionados na Câmara. 

Novas assessorias

A remuneração do 2º vice-presidente e do 2º secretário aumentou de R$ 8 mil para R$ 10 mil.

E foram criadas 31 vagas de assessores, com salários de R$ 6 mil.

Como votaram

Votaram contra os projetos os vereadores da oposição, que são: Chaguinha (PTB), Dalva Mocó (PTB), José Luís de Carvalho (PTB), Carlos Luís (PSDB) e Maté (PSL).  

Votaram a favor os vereadores Hugo Victor (MDB), Afonsinho (Progressistas), Toinho de Chicá (Progressistas), Dedé Monteiro (PPS), Rinaldinho (Progressistas), Renato Ibiapino (PRP), Valdívia Santos (PRP), Wellington Dantas (PT), Evandro Paturi (PT) e Simão Carvalho (PSD).

Educação avança

Do secretário de Comunicação, João Rodrigues, a propósito de abordagem que fiz na sexta-feira sobre o baixo desempenho da escola pública no Enem, com base em levantamento do jornal O Estado de São Paulo:

“Os nossos números vêm melhorando, com mais alunos atingindo seu objetivo. Nossas escolas melhoraram. Hoje temos mais escolas que antes que se destacam. Nosso povo é forte. Precisamos dessa energia para que nossa autoestima se eleve mais ainda. 90% do nosso povo diz que gosta de viver no Piauí e um dos motivos é a EDUCAÇÃO”.

 

 

* O presidente Jair Bolsonaro se internou ontem em São Paulo para mais uma cirurgia delicada.

* O governador Flávio Dino informou ontem pelas redes sociais que autorizou o deslocamento de equipe do Corpo de Bombeiros do Maranhão para auxiliar nas buscas de vítimas em Brumadinho.

* A Fagep informa: na sucessão da Mesa da Assembleia, sai Wellington Dias e entra Firmino Filho.

 

 

Lança-perfume

Juarez Tapety era secretário de Segurança no governo Hugo Napoleão. Na véspera do carnaval, anuncia na TV que a Polícia ia ser dura no combate ao uso de lança perfume. O jornalista Arimatéia Azevedo divide mesa com ele, na noite do dia seguinte, no famoso Paralelo 33, perto da casa do secretário, e “rasgam” a lança perfume. O jornalista põe depois na coluna Roda Viva, que escrevia no O DIA:

“Secretário de segurança proíbe uso de lança perfume, mas cheira”.

No mesmo dia, Juarez vai ao jornal e interpela Arimatéia:

“Por que você não colocou na nota que estava cheirando comigo?”

O jornalista dá um desdobro:

“Porque na coluna não posso escrever na primeira pessoa, Juarez”