Cidadeverde.com

Todos caem nessa jogada ensaiada

A jogada é ensaiada. Ainda assim, o governador Wellington Dias dá sempre o mesmo drible nos aliados, quando da formação do governo. O lance vem de longe, desde a escalação de seu primeiro time, em 2003.

Naquela época, o aliado mais forte do governador era o PMDB do senador Mão Santa. O governador foi puxando de um a um os líderes do partido e, no final, o senador estava falando sozinho.

A jogada se repetiu em outras ocasiões. Na volta ao governo, em 2015, o partido driblado por ele foi o PTB do senador Elmano Férrer e do ex-senador João Vicente Claudino.

Os deputados do PTB foram chamados, de um a um, para o secretariado, sem o aval da direção do partido. Quando seus líderes estaduais acordaram, não havia mais PTB no Piauí!

A desidratação foi tamanha que tanto João Vicente quanto Elmano acabaram por largar a sigla.

Na retranca

Wellington jogou a bola por debaixo das pernas do PTB outra vez, agora, e ensaiou a repetição da jogada com o Progressistas do senador Ciro Nogueira, seu principal aliado das eleições passadas.

Para tanto, adiantou conversações isoladas com parlamentares do partido para compor a sua equipe.

O Progressistas se posicionou na retranca e avisou: por aí não! Ou a ida de filiados ao partido para o secretariado passa pela direção ou não tem acordo.

O governador, ao que se sabe, refluiu. Ele sabe que na política, como no futebol, não dá para ganhar todas.

 

 

Títulos de cidadania

A Assembleia Legislativa terá amanhã uma sexta-feira agitada. Haverá  sessão especial para entrega do título de cidadania piauiense ao governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), ao desembargador João Afrânio Vilela, vice-presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, e ao vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB).

Geração

Com a morte do engenheiro Murilo Rezende, aos 88 anos, no início da semana, já são três os secretários do primeiro mandato do governador Alberto Silva que se vão apenas neste mês.

No dia 3, morreu em Fortaleza o ex-secretário de Planejamento, Pádua Ramos, aos 84 anos.

No dia 11, faleceu o coronel Renato Lopes, chefe do Gabinete Militar, secretário da Casa Civil e ex-presidente da Federação de Futebol do Piauí. Ele tinha 83 anos.

Poder

Os três gozavam de muito prestígio junto ao governador e voltaram a trabalhar com ele em seu segundo mandato, de 1987 a 1991. eram do núcleo do poder.

Eram também muito queridos pela família do ex-governador.

Operação midiática

A polícia fez ontem uma operação de guerra para prender 40 meliantes no Piauí. Mais de mil policiais e 300 viaturas foram mobilizados na operação.

Quando esse tipo de ação vira notícia é porque, no dia a dia, a polícia não vem fazendo o seu papel.

Foto: Divulgação

Piauí - Portugal - O deputado Wilson Brandão (Progressistas) discursou no I Encontro Piauí-Portugal, que se realiza em Lisboa, divulgando as riquezas e potencialidades o  Estado.!

 

 

* O vereador Dudu foi anunciado ontem como pré-candidato a prefeito de Teresina pelo PT. Dizem que estão de olho na cadeira dele na Câmara.

* O vice-presidente Hamilton Mourão promete chegar calado e sair mudo de Teresina, onde abre amanhã a Convenção Lojista do Piauí.

* Tudo está sendo feito pela sua assessoria para manter o vice afastado da imprensa. Um desserviço, pois o general é centrado.

* O governador Wellington Dias receberá o vice-presidente da República no Palácio de Karnak.

 

 

Espírito de porco

Do humorista Fraga:

- Felizes são os suínos, que não têm espírito de porco entre eles.