Cidadeverde.com

Presidente da Câmara dá ultimato a governadores sobre Previdência

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), deu um ultimato aos governadores.

Ele avisou que deixará Estados e municípios de fora da reforma da Previdência se não houver, até hoje, declaração expressa de apoio de todos eles à proposta.

Rodrigo Maia terá nesta terça-feira um novo encontro com os governadores. Logo após a reunião, o relator da reforma, Samuel Moreira (PSDB-SP), fará a leitura de seu voto complementar.

O relatório lido por ele excluiu os servidores municipais e estaduais da reforma.

Isso se deu, conforme o relator, em decorrência da resistência de governadores a declararem apoio à reforma da Previdência e a trabalharem para conquistar votos nas bancadas estaduais.

Se não chegarem a um acordo hoje, na Comissão da Câmara, cada governador terá de negociar com sua assembleia estadual a aprovação de proposta com regras específicas.

Os governadores do Sul e do Sudeste declaram em primeira hora seu apoio à aprovação da reforma previdenciária.

A resistência tem partido de governadores do Norte e do Nordeste, que, no fundo, são os que mais precisam de mudanças nas regras da previdência.

Mas eles vivem um grande dilema, pois precisam também marcar posição contra o governo Bolsonaro. E o impasse foi criado.

 

 

Jogando contra

Um dos tantos exemplos do prejuízo causado pela política do estica e encolhe da gestão, praticada à exaustão pelo governador Wellington Dias para atender seus aliados, está no Hospital Infantil.

O hospital está para cair sobre os pacientes, mas tem uma verba orçamentária de R$ 6 milhões, destinada pelo senador Ciro Nogueira (Progressistas), para investir na melhoria de seu atendimento.

Entrave

Acontece que, com a criação, a extinção e a recriação da Fundação Hospitalar do Piauí, não houve como operacionalizar a liberação dos recursos.

A Secretaria de Saúde, por sua vez, não dá conta nem de repassar as emendas aprovadas pelos deputados estaduais para os hospitais.

Por isso, eles vão ficar sem emendas para o orçamento do ano que vem.

Cofre fechado

Mesmo diante da perspectiva de receber muitos milhões até o próximo ano, o Governo do Piauí não vai se empolgar com gastos agora.

O secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, calcula que as dificuldades financeiras da Fonte Tesouro ainda irão durar o ano inteiro.

“Retomaremos uma situação mais confortável do Tesouro apenas no próximo ano. No entanto, essas vitórias judicias destravam muitos investimentos com fontes específicas”, assinala o secretário de Fazenda.

Foto: Agência Senado

Senador Elmano Férrer quer os carros com mais segurança

Mais segurança

O senador Elmano Férrer (Podemos -PI) apresentou projeto de Lei que visa incluir os controles eletrônicos de estabilidade e tração como equipamentos obrigatórios dos veículos comercializados no Brasil.

A proposta modifica o Código de Trânsito Brasileiro para garantir mais segurança aos condutores e passageiros.

Segundo o parlamentar, é fundamental fazer constar em lei a exigência desse importante equipamento de segurança. 

 

 

* O prefeito Fimino Filho recebeu ordem médica de puxar o freio de mão em suas atividades diárias.

* Ele estava com um sangramento no nariz. Não seguiu as instruções médicas recomendadas e foi obrigado a se submeter a uma cauterização.

* Os advogados Leandro Cavalcante Carvalho (13 votos), Charles Max Pessoa Marques da Rocha e Astrogildo Mendes Assunção Filho (12 votos, cada) compõem a lista tríplice para membro efetivo do TRE.

 * A relação foi definida ontem pelo Tribunal de Justiça. A escolha será feita pelo presidente Jair Bolsonaro. Astrogildo pleiteia a recondução ao cargo.

 

 

Os tipos de ódio

Do humorista Fraga:

- Me perguntam qual a diferença entre ódio virtual e ódio real. O real tem muito menos seguidores.