Cidadeverde.com

E o dever de casa, Excelências?

Os governadores do Nordeste agiram com sensatez quando decidiram dar um tempo nas críticas ao governo Bolsonaro. Eles devem ter concluído que estavam fazendo o jogo do presidente, que paga para ter um bate-boca, seja com quem for.

Na reunião de Salvador, na segunda-feira, embora dispusessem de um bom estoque de críticas presidenciais para responder, eles optaram por outro caminho.

Assim, focaram a agenda de Salvador em uma pauta de reivindicações ao governo federal.

Entre os pedidos deles estão a aprovação das regras do Novo Fundeb, a implementação do Plano Mansueto, a compensação das perdas de arrecadação decorrentes da Lei Kandir, a possibilidade de securitização dos títulos públicos e o compartilhamento das receitas provenientes da exploração e da comercialização do petróleo.

Os governadores nordestinos também pediram a liberação imediata dos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública.

Em resumo, os governadores repetem o mesmo bordão: no fundo, querem mais dinheiro.

Ou seja, não falaram nada sobre reorganizar a situação fiscal de seus Estados, que eles mesmos desorganizaram. Sim, quase todos estão no segundo mandato. E há quem já esteja no quarto mandato!

Governar sem fazer conta é fácil!

 

 

Golpe no PT

O vereador Dudu peitou o presidente estadual do PT, deputado federal Assis Carvalho, e tem se dado é mal.

A executiva municipal do partido decidiu ontem que os 2,5 mil filiados levados ao PT por Dudu não poderão votar na eleição de setembro.

Dudu é o adversário do presidente da sigla, deputado Assis Carvalho, que concorre à reeleição.

A executiva municipal é comandada por Gilberto Paixão, aliado de Assis Carvalho.

O vereador Dudu reclama que isso é golpe e que vai recorrer a todas as instâncias, até ao ex-presidente Lula.

Ele voltou!

O advogado e ex-vereador Acilino Ribeiro, o “Guerrilheiro”, está de volta à cena política. Há anos ele reside em Brasília, tendo ocupado cargo na gestão passada do Distrito Federal.

Agora ele reaparece como liderança nacional do PSB.

Puxador de voto

Nessa condição, defende a filiação do primo Robert Rios ao partido para concorrer às próximas eleições em Teresina.

A sua sugestão é a de que o ex-deputado concorra a uma cadeira de vereador, não à vaga de vice-prefeito na chapa da oposição.

Pelas suas contas, Robert tem potencial para se eleger e puxar mais um ou dos vereadores para a sigla.

Foto: Elena Mocagatta

Novo álbum - A cantora e compositora Patrícia Mellodi lança hoje, em Teresina, com show no Theatro 4 de Setembro, a partir das 20 horas, o seu novo álbum, "Dois deuses e eu". A artista faz novo show em Teresina amanhã, às 21 horas, no Restaurante Vila Isabel.

 

 

* A polícia informa que suspeito de matar estudante teria planejado fuga. Pois é. E a polícia, sabendo que isso era possível, não teria planejado o monitoramento dele.

* O ministro Marco Aurélio Melo, do Supremo Tribunal Federal, sugeriu uma mordaça para o presidente Bolsonaro.

* Está certo o ministro do Supremo. O presidente está sempre metido em polemicas desnecessárias.

* Que o ministro Marco Aurélio aproveite e peça outras mordaças também para alguns ministros do Supremo, incluindo ele próprio.

 

 

Outra vítima dos hackers

O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que dá sinais de ter ganhado peso, se encarregou de compartilhar, ele mesmo, uma brincadeira que tomou conta das redes sociais:

“Rodrigo Maia também teve seu celular invadido por hackers. Todas as mensagens eram pro iFood!