Cidadeverde.com

Um péssimo sinal

A Secretaria do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda mandou para o Ministério Público Estadual um expediente que por certo dará dores de cabeça ao Governo do Piauí.

Datado de 3 deste mês e recebido pelo Ministério Público na última segunda-feira, dia 14, o Ofício SEI  n°1/2019/GEPAT/COREM/SURIN/STN-ME, informa que “após análise dos esclarecimentos prestados pelo Estado do Piauí em nota técnica, esta Secretaria avaliou na Nota Técnica SEI n° 24/2018/GEPAT/COREM/SURIN/STN-MF, de 03 de janeiro de 2019 (anexa) que serão necessários os seguintes ajustes nos dados de 2017:

5.1 a Disponibilidade de Caixa Líquida, que era de R$ 231.705.613,89, passou a ser de R$ -75.164.722,61, após a inclusão do valor de R$ 306.870.336,50 na conta "Restos a Pagar Liquidados e Não Pagos", relativa aos recursos não vinculados do Anexo 05 do RGF, referente aos empenhos liquidados cancelados pelo Estado em seus procedimentos de encerramento de exercício de 2017;

5.2 No tocante ao demonstrativo da despesa com pessoal/RCL do exercício de 2017, para fins de publicação do Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais, será realizado ajuste específico adicionando o montante de R$ 449.317.567,61, referente à despesa com pessoal da competência de 2017 que não constou na execução orçamentária do Estado do Piauí do referido ano.”

Revisão da Nota do Piauí

Em resumo, o ofício da Secretaria do Tesouro Nacional informa que o ajuste mencionado no item 5.1 ensejará nova análise da capacidade de pagamento do Estado e os dois ajustes repercutirão também na próxima publicação do Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais” .

Ou seja, uma das vantagens que o Governo do Piauí conta, há muito tempo, para justificar os empréstimos bilionários feitos na administração passada, é que o Estado tem capacidade de endividamento.

Após exame das contas do governo piauiense, a Secretaria do Tesouro Nacional diz que não é bem assim. E aponta uma pedalada fiscal no balando financeiro do Estado relativo a 2017.

Não é uma boa sinalização do novo governo para o Piauí.

 

Foto: Divulgação

O almoço oferecido no Itamaraty ao presidente argentino Mauricio Macri.

Assim com o homem

O senador Elmano Férrer (PODEMOS-PI) está mais perto do presidente Jair Bolsonaro do que se imagina.

Ele foi um dos convidados especiais de Bolsonaro para o almoço com o presidente da Argentina, Mauricio Macri.

Elmano defendeu a importância da integração regional da América Latina, através do Mercosul, e do fortalecimento na relação com o país vizinho.

Outro piauiense convidado para o almoço no Itamaraty foi o presidente nacional do Sebrae, ex-ministro João Henrique Sousa.

Foto: Divulgação

Bolsonaro com João Henrique no almoço oferecido ao presidente da Argentina

Pisada de bola

A coordenação da campanha do deputado Themístocles Filho pisou na bola.

A reclamação dos deputados do MDB é uma só: quem não é eleitor na sucessão da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa é quem mais quer dar as cartas na disputa.

A carapuça cai bem no senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, e no deputado federal Assis Carvalho, presidente regional do PT.

Abaixo-assinado

Mas agora aparece o deputado João Mádison, fiel escudeiro do presidente da Assembleia Themístocles, com a ideia de um abaixo-assinado entre os servidores da Assembleia pedindo a recondução do presidente.

Ora, os servidores da Assembleia também não são eleitores nesse pleito.

Tem mais

Não é uma boa ideia. Ela sinaliza, em primeiro lugar, que o presidente da Assembleia não está tão forte quanto parece. Em suas eleições anteriores, eles nao foram chamados a participar.

Em segundo lugar, pode criar um clima de constrangimento desnecessário entre os servidores.

O lado bom: se houver adesão em massa ao tal abaixo-assinado, finalmente se saberá quanto servidores tem a Assembleia.

Foto: parnaíbainforma.com

Produção orgânica - Em visita a Parnaíba, o ator Marcos Palmeira mostrou-se impressionado com a produção de diversas frutas orgânicas na região, como uva, manga, acerola, melancia e mamão. O ator está no litoral piauiense e aproveitou o passeio para visitar os Tabuleiros Litorâneos do Piauí, situado às margens da BR 343. Ele gravou um vídeo em frente ao perímetro irrigado. Marcos Palmeira é também agricultor e dono de uma fazenda orgânica. (Com informações do portal parnaiba informa.com)

 

 

* Em sua posse, ontem, como presidente do Sebrae-PI, o ex-senador Freitas Neto afirmou que desenvolvera ações para combater o desemprego.

* Durou pouco a posse da Prefeitura de Parnaíba sobre o sistema de abastecimento de água e esgoto do município.

* O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Sebastião Martins, derrubou ontem a liminar concedida em primeira instância.

* Ele atendeu recurso apresentado pelo Governo do Estado. Com isso, a gestão do sistema volta às mãos da Agespisa.

 

 

Lula e o decreto das armas

Da prisão, em Curitiba, o ex-presidente Lula dispara contra o decreto das armas assinado pelo presidente Jair Bolsonaro:

- Era melhor ter armado a população com carteira de trabalho e livros.

 

Salve-se quem puder!

Promessa feita, promessa cumprida. O presidente Jair Bolsonaro pôs em prática uma de suas mais polêmicas bandeiras de campanha ao assinar, ontem, em cerimônia no Palácio do Planalto, um decreto que facilita a posse de armas de fogo.

Com a medida, o governo facilita a autorização para a pessoa manter uma arma de fogo em casa ou no local de trabalho (desde que o dono da arma seja o responsável legal pelo estabelecimento). No caso, o decreto permite que o cidadão tenha uma coleção de até quatro armas.

O decreto também prevê que o prazo de validade do registro da arma, hoje de cinco anos, passará para dez anos. A Polícia Federal decidirá se autoriza ou não a concessão da posse. 

O decreto define que não terá direito à posse de arma quem tiver vínculo comprovado com organizações criminosas; mentir na declaração de efetiva necessidade; agir como 'pessoa interposta' de alguém que não preenche os requisitos para ter posse.

Além disso, o decreto mantém a proibição de posse de armas de uso exclusivo das Forças Armadas e instituições de segurança pública.

Mais volência

O governo lançou mão do decreto facilitando o uso de armas de fogo com o pretexto de assegurar direito de defesa à população, diante da escalada do crime.

Há muitos questionamentos quando à eficácia da medida para alcançar esse objetivo. Mas é fato também que as ações desenvolvidas até agora não deram conta do avanço da criminalidade. O Brasil registra 60 mil assassinatos por ano e a violência está fora de controle.

Mas a responsabilidade pela segurança é do estado e não do cidadão.  Isto é, armar a população não é a solução mágica para o problema. O ideal seria desarmar os bandidos e prendê-los.  Em outras palavras, o governo decretou o salve-se quem puder!

Facilitar o acesso a armas pode até oferecer, a princípio, a falsa sensação de segurança, porém é mais provável que venha a provocar inúmeras tragédias em pouco tempo.

 

 

Água em Parnaíba 

O secretário de Governo, Merlong Solano, ex-presidente da Agespisa, rebateu ontem os argumentos da Prefeitura de Parnaíba segundo os quais o município está retomando os serviços de água e esgoto por falta de investimentos.

Merlong disse que somente nos últimos cinco anos foram aplicados mais de R$ 151 milhões no sistema de abastecimento de água de Parnaíba e região.

Os investimentos

Entre esses investimentos, o secretário de Governo cita a implantação de esgotamento sanitário em 70% da cidade, a recuperação da Estação de Tratamento de Água e a construção de uma nova ETA.

Além disso, serão investidos R$ 14,5 milhões na construção de uma nova adutora para servir aos municípios de Parnaíba, Cajueiro da Praia, Ilha Grande e Luís Correia.

Na Justiça

O prefeito Mão Santa conseguiu na Justiça retomar os serviços de abastecimento de água e esgoto de Parnaíba, encerrando o contrato com a Agespisa para a exploração do sistema.

A decisão foi dada em primeira instância. O Governo recorreu ao Tribunal de Justiça.

Ilusões perdidas

Do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), sobre o decreto das armas:

- Por séculos, tinham razão os que viam a Terra Plana, tudo indicava isso, era uma ilusão. Estamos enfrentando os problemas brasileiros baseados em ilusões. O PT com a ilusão de que a Bolsa Família construiria Classe Média, agora a ilusão que arma reduz violência.

Tiro ao alvo

Já o senador Magno Malta (PR-ES), aliado do presidente, foi no popular:

- Os esquerdopatas que glamorizam vagabundos estão criticando o decreto!

Foto: Divulgação

Posse - O prefeito Firmino Filho prestigiou ontem, juntamente com o secretário Jleber Montezuma e outros auxiliares, a posse de mais de 500 gestores da rede municipal de educação. Eles comandarão as escolas do município no triênio 2019-2021. O prefeito fez esta saudação: “Meu grande abraço e felicitações aos novos diretores, diretores adjuntos e vice-diretores, vocês são fundamentais na conquista da nossa educação nota 10!”

 

 

* O ex-senador e ex-governador Freitas Neto assume hoje à tarde o comando do Sebrae no Piauí.

* O Governo do Estado se desfez ontem de mais um equipamento público, na onda das Parcerias Público-Privadas (PPP´s): o Ginásio de Esportes Verdão.

* Sim, o ginásio será entregue ao grupo SIM, que venceu a licitação promovida pela Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc), do Governo do Estado.

 

 

Arma na cintura

Da vice-governadora Regina Sousa, sobre o decreto das armas, baixado ontem pelo presidente Jair Bolsonaro:

- Alguém acredita que a pessoa vai comprar uma arma e deixar guardada em casa? Quem vai fiscalizar? Sabe de nada, inocente!

Bolsonaro faz três acenos para o Nordeste

Em duas semanas de governo, o presidente Jair Bolsonaro já fez pelo menos três acenos para o Nordeste, a região onde foi fragorosamente derrotado nas eleições passadas.

Um deles foi confirmar a busca de projetos alternativos para enfrentar os efeitos da seca, entre eles a dessalinização da água do mar.

O outro foi o envio de tropas federais para socorrer o Ceará, tomado pelos bandidos na primeira semana do ano.

Já o terceiro aceno foi a sanção da prorrogação de incentivos fiscais concedidos às empresas que se instalaram na região para executar projetos junto à Sudene.

Diálogo

O projeto de lei nesse sentido foi aprovado pelo Congresso Nacional em dezembro. A votação se deu em função de mobilização da bancada nordestina.

Para o coordenador da bancada do Nordeste, deputado federal Júlio César (PSD-PI), foi importante a aprovação da medida, antes que o benefício expirasse. “O prazo de vigência terminaria dia 30 de dezembro . Agora, os benefícios foram prorrogados por mais cinco anos. Estamos fazendo justiça ao povo nordestino e para acabar com as injustiças tributárias que fazem com nossa região”, justificou.

Com essas medidas, o presidente abriu canais de negociações com as bancadas da região, com vistas a assegurar apoio parlamentar na Câmara dos Deputados e no Senado para aprovação das reformas e sustentação política de seu governo.

 

 

Foto: Divulgação

Ex-presidentes da OAB-PI na posse do novo presidente da Ordem

Para a história

Esta foto, feita na solenidade de posse do novo presidente da OAB-PI, Celso Barros Neto, passa a ser histórica. Nela estão, além do presidente do Conselho Federal da Ordem, os ex-presidentes da secional piauiense nos últimos 50 anos, a saber: Álvaro Mota, Celso Barros, Celso Neto, Cláudio Lamachia, Norberto Campelo, Sigifroi Moreno, Willian Guimarães, Chico Lucas, Fides Angélica, João Pedro Airesmoraes, Reginaldo Furtado e Nildomar da Silveira Soares. Os doutores Deusdedit Sousa e Nelson Nery não estão na fotografia, mas prestigiaram a posse.

Policiamento

A PM já definiu os critérios e a remuneração para os militares da reserva que serão convocados para assumir as funções exercidas atualmente por policiais da ativa que voltarão para o policiamento ostensivo.

O militar da reserva interessado no posto deverá ter no máximo 65 anos e se submeter a exames que serão feitos por uma Junta Médica.

A remuneração vai variar de R$ 1.400 a R$ 2.500.

Quem paga

A Batalhão de Guarda da PM tem 765 policiais, distribuídos entre os Poderes e outros órgãos públicos.

A ideia da PM é que o efetivo desse Batalhão seja limitado a 220 policiais, conforme o comandante-geral , coronel Lindomar Castilho.

Um detalhe: o órgão que solicitar o policial da reserva vai se responsabilizar pelo seu pagamento.

As medidas serão propostas na reforma administrativa.

Foto: Divulgação

Protesto - Placa colocada por populares na estrada de acesso à praia do Arrombado, em Luís Correia. Muita lama e muitos buracos.

 

 

* Mais de 70 pessoas vão participar da Expedição Sertão Colonial, saindo de Teresina na sexta-feira e passando por Amarante, Oeiras, Campinas e Simplício Mendes.

* O resultado do Enem 2019 será divulgado até a próxima sexta-feira, dia 18.

* O Sisu vai oferecer 235 mil vagas nas universidades de todo o país, sendo 9.500 apenas no Piauí.

* Está provado por A mais B que o Governo do Piauí sabe arrecadar. Falta aprender a gastar.

 

 

 

Loucura e manias

Do humorista Fraga:

- Cada maluco com a sua mania. E cada mania com seus milhões de malucos.

Piauí é campeão nacional em arrecadação

Infográfico: Reprodução/Ipea-Folha

O Piauí foi o Estado que apresentou maior crescimento de receita entre os anos de 2014 e 2018.  O levantamento foi feito com base em dados do Instituto de Pesquisa Econômica Ampliada (IPEA), do Anuário da Previdência Social e do economista Raul Velloso.

Os resultados foram divulgados pela Folha de S. Paulo. De acordo com os dados, o crescimento da arrecadação piauiense foi de 8,1%. Apenas nove estados brasileiros tiveram variação positiva. Aí está o desempenho de cada um, em ordem decrescente: 

- Piauí: +8,10%
- Mato Grosso: +7,30%
- Paraná: +6,30%
- Goiás: +4,60
- Mato Grosso do Sul: +4,20%
- Alagoas: +3,60%
- Maranhão: +3,00%
- Rio Grande do Sul: +1,40%
- Ceará: +1,20%

Outros 16 estados tiveram variação negativa, com destaque para  Rondônia, cuja arrecadação caiu 23%, e Espírito Santo, com uma queda de 12,9%.

Apenas dois estados tiveram variação: Roraima e Rio Grande do Norte.

Aumento de impostos

Não estranha que o Piauí tenha alcançado essa posição no ranking do Ipea. Somente em 2017, houve dois aumentos nas alíquotas de ICMS para diversos produtos e serviços, como energia elétrica, combustíveis e comunicações. O ICMS desses mesmos serviços já havia subido em 2016.

Nesse aspecto, o Piauí não marchou isolado. A reportagem da Folha destaca que 20 estados e o Distrito Federal aumentaram o ICMS nos últimos dois anos para compensar perdas na arrecadação.

O jornal apurou que "A maior parte do dinheiro, no entanto, não foi destinada a custeio ou investimentos, mas ao pagamento de aposentadorias de servidores que tem deixado a ativa em escala sem precedentes, provocando rombos milionários nas contas estaduais".

Não foi propriamente o caso do Piauí. O levantamento do Ipea mostra que o Estado foi um dos que apresentaram baixas taxas de crescimento médio anual de inativos.

Segundo o Ipea, Roraima e Goiás foram os estados cuja alta anual de aposentados no serviço publico é nula e o Piauí vem em 3º lugar, com apenas 1,90%. Rondônia tem o maior crescimento anual de inativos: 16,7%, seguido do Tocantins, com 14,5%, e do Acre, com 14,4%.

Onde está o dinheiro?

O Governo do Piauí deve agora esta explicação: se registrou a maior alta do país na arrecadação de impostos, nos últimos quatro anos; se foi o campeão nacional de aumento de tributos e se figura entre os estados com menor crescimento médio anual de inativos, onde aplicou essas receitas?

É sabido que, nesse período de alta arrecadação, o Estado contraiu empréstimos bilionários. Além disso, reforçou seu caixa com recursos extras expressivos, como os das multas da repatriação.

Também recebeu recursos oriundos das tais Parcerias Público-Privadas (PPP’s) – serviços de águas e esgoto em Teresina, terminais rodoviários e a antiga Ceasa.

Ao mesmo tempo, não fez investimentos vultosos (as obras iniciadas estão aí inacabadas, algumas abandonadas) e as dívidas na praça se avolumaram junto a fornecedores e prestadores de serviço, tornando-se praticamente impagáveis em curto prazo.

Então, onde foi parar tanto dinheiro?

 

 

Prisão

O assunto que dominou a mídia no final de semana foi a prisão do italiano Cesare Battisti, pela Interpol, na Bolívia.

O presidente Jair Bolsonaro foi o primeiro a jogar lenha na fogueira, em comentário no Twitter:

“Parabéns aos responsáveis pela captura do terrorista Cesare Battisti! Finalmente a justiça será feita ao assassino italiano e companheiro de ideais de um dos governos mais corruptos que já existiram no mundo (PT).”

Reação

As esquerdas brasileiras reagiram com indignação. A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, anunciou que vai a Itália acompanhar a prisão de Cesare Battisti.

Segundo ela, seu objetivo é mostrar que “a posição agressiva do governo Bolsonaro contra Battisti tem forte oposição no Brasil".

Condenação

Battisti foi sentenciado à prisão perpétua na Itália pelo assassinato de quatro pessoas na década de 1970.

O italiano passou anos no Brasil para evitar a prisão, sob a proteção do governo brasileiro.

Sua extradição foi determinada recentemente pelo ministro Luiz Fuxo, do Supremo, mas ele fugiu do Brasil.

Crise? Que crise?

A crise financeira no Estado parece não ser tanta como se apregoa.

O Governo do Piauí acaba de alugar um shopping interinho em Picos para abrigar as repartições estaduais que funcionam no município.

A destacar-se que a maioria delas funcionava em prédio próprio.

Foto: Carlos Rubem

Expedição do Sertão - Mais de 50 pessoas participarão no próximo final de semana (18 e 19) da Expedição Sertão Colonial, uma iniciativa da Rede Pense Piauí, movimento que tem como objetivo conhecer e discutir as potencialidades do Piauí, sob a liderança do desembargador federal Carlos Augusto Brandão. A expedição passará por Amarante, Oeiras, Santo Inácio do Piauí, Campinas do Piauí (Fábrica de Laticínios) e Simplício Mendes.

 

 

* O empresário Etevaldo Carvalho de Araújo, dono do Picos Hotel, morreu ontem em Teresina, vítima de infarto. Ele tinha 72 anos.

* A viagem do governador Wellington Dias a Israel, a ser iniciada amanhã, esfria o debate sobre a sucessão da Mesa da Assembleia por uns dias.

* Ele só retorna a Teresina na véspera da eleição. Não há cristão que pise a Terra Santa e saia de lá com espírito de beligerância.

 

 

Inelegível

O jornalista Elivaldo Barbosa, do Grupo de Mídia Cidade Verde, topa com o secretário municipal de Educação, professor Kleber Montezuma, e entabula uma conversa sobre a sucessão do prefeito Firmino Filho:

Jornalista: - Secretário, como o senhor avalia a citação de seu nome como uma das opções dos tucanos para as eleições de 2020?

Montezuma: - Meu caro repórter, eu sou inelegível.

Jornalista: - Inelegível por que, secretário? O senhor foi condenado pela Justiça?

Montezuma: Inelegível porque não ando sorrindo para ninguém nem dando tapinha nas costas dos outros.

Mais do mesmo

O governador Wellington Dias vence as duas primeiras semanas de seu novo mandato sem novidades. Nesse período, ele anunciou uma reforma administrativa, um novo recadastramento do servidor, o corte de despesas e a melhoria nos serviços públicos, bem como investimentos.

Até agora, não detalhou como fará isso. Apenas adiantou que mandará em fevereiro, à Assembleia Legislativa, propostas de reformas para o novo período administrativo. Em outras palavras, nada está formatado ainda. Por enquanto, há apenas especulações em torno de eventuais mudanças.

Na prática, o novo governo ainda não começou, pois o anterior ainda não terminou. A equipe de governo é a mesma, as práticas também são as de antes e as contas de 2018 ainda não foram fechadas. O balanço financeiro do Estado ainda se encontra em aberto, com dívidas para todos os lados.

De certo modo, é compreensível esse quadro escasso de mudanças e novidades. O governador não se deixa dominar pela ansiedade. Ele é de dar tempo ao tempo. Além do mais, não poderia começar um governo negando o anterior, pois é o sucessor dele mesmo.

Então, enquanto não diz a que veio, em seu novo mandato, Wellington vai tocando o governo com mais do mesmo.

 

Pesca predatória – Longe das vistas da fiscalização do Ibama e de outros órgãos ambientais, faz-se a pesca proibida e predatória no cânio do rio Poti, no município de Buriti dos Montes. A foto é desta semana. Os pontos brancos são armadilhas de pesca.

 

Prefeitura oferece salário de 1.600 a médico

Oportuna e necessária a nota de repúdio do Conselho Regional de Medicina do Piauí (CRM-PI), contra a proposta salarial lançada pela Prefeitura de Floriano, no edital de concurso publicado na quarta-feira passada, para contratação de profissionais de saúde e de outras categorias. O salário oferecido ao médico é de R$ 1.675,00.

Além de protestar contra o salário aviltante, o Conselho recomendou que os médicos não participem do concurso: “O CRM-PI recomenda aos médicos que não aceitem ofertas de emprego e plantões médicos e nem se submetam a concurso público cuja remuneração se encontre bem abaixo da média dos valores praticados”, diz nota divulgada no site do Conselho.

A recomendação traz em anexo a parte do edital do concurso que mostra, além do vencimento básico para a área de medicina, os requisitos necessários e carga horária exigida.

No edital, estão sendo ofertadas 13 vagas para a área de Medicina; uma dessas é reservada para médico plantonista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O piso salarial da Federação Nacional de Medicina (Fenam) é de R$ 14.134 por 20 horas semanais.

O Programa Mais Médicos paga um salário de R$ 11.865, a título de bolsa-formação, para o trabalho semanal de 32 horas de atividades nas unidades básicas e mais 8 horas de atividades acadêmicas.

Já o Governo do Estado paga ao médico  salários que variam de R$ 7.914 a R$ 11.982 por uma jornada semanal de 20 horas.

Coren protesta

O Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI) também repudiou os baixos salários destinados aos profissionais de enfermagem em concursos promovidos pelas Prefeituras de Floriano e Parnaíba. O salário oferecido ao enfermeiro é de R$ 1.605, mais gratificação.

Segundo o Conselho, a remuneração oferecida não corresponde ao valor correto de um salário justo e digno, e desvaloriza os profissionais de enfermagem, não subsidiando uma vida digna a esses.

É com salários desse nível, porém, que as duas prefeituras pretendem atrair profissionais de saúde qualificados para seus quadros. Tais propostas são, antes de tudo, uma falta de compromisso com a saúde e um desrespeito às duas profissões.

Agora vai!

Foto: Facebook/Fábio Novo

Elane, a piauiense que estará no próximo BB, em pose no Salão da Serra de Bom Jesus - local do Espetáculo da Paixão de Cristo.

 

Depois de virar o ano com o samba de uma nota só – a sucessão da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, colocada pela elite política como o assunto mais importante do Estado – eis que, enfim, o Piauí vira o disco e festeja que se fará presente ao BBB 19, através de uma beldade do Gurgueia!

A produção do programa anunciou ontem o nome da engenheira agrônoma Elana Valenaria, 25 anos, de Bom Jesus do Piauí, como uma das integrantes da próxima edição. E já não se fala mais de outra coisa.

Quem é

O jornalista Péricles Mendel, do Grupo de Mídia Cidade Verde, correu na frente e já fez um apanhado sobre o currículo da mais nova sister:

Curiosidades sobre a piauiense Elana, que está no Big Brother Brasil 19:
Nunca tira do dedo o anel que ganhou dos pais quando completou 15 anos, mas trocou a festa por um quarto rosa, que mantém até hoje.
Criou um tamanduá e dormia na cama com ele.
Foi à praia somente uma vez na vida.
Nunca foi ao cinema.
Tomou banho de chuveiro pela primeira vez aos 6 anos.
Tem mania de andar descalça.
Ficou em segundo lugar no concurso Rainha dos Vaqueiros de Nazaré do Piauí.
Saiu de casa aos 14 anos ao ganhar uma bolsa em uma escola particular.
Engenheira agrônoma, é a única mulher na equipe da empresa onde trabalha.
Está há 5 meses sem beijar na boca.
Sonha em cursar Medicina para ser dermatologista.

O calor do Piauí

O deputado Fábio Novo, filho de Bom Jesus, fez corte para Elana nas redes sociais: “Ela se formou na terra dos doutores, da Rabeca, das águas que jorram do rico Vale do Gurguéia. Vai, Elana! Mostra pro Brasil todo o potencial da nossa Bom Jesus, Nazaré e do Piauí!”

Em suas primeiras declarações, a moça dá o tom de sua participação: "O Piauí representa calor, então eu quero levar esse calor para dentro dessa casa".

O Piauí tem, enfim, um assunto relevante para a nova temporada!

 

 

Quebra de safra

Os produtores dos cerrados piauienses estavam com as mãos na cabeça até outro dia por conta dos atoleiros na rodovia Transcerrados.

Parou de chover na região há mais de três semanas e agora eles estão na iminência de perder boa parte da plantação, com a consequente quebra na safra.

Concurso dos Cartórios

Palavra do novo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Sebastião Ribeiro Martins: o resultado do concurso dos cartórios deverá ser homologado em março.

Já são mais de cinco anos de tramitação.

Miau!

O presidente da Cepisa, Nonato Castro, revelou ontem que foi encontrado um “gato” de energia na casa que ele alugou para morar na zona Leste de Teresina.

O “gato” foi descoberto antes de ele se mudar para a casa e determinar uma inspeção geral nela.

O proprietário teve que desembolsar R$ 17 mil para pagar a energia desviada.

Posses

Três acontecimentos movimentam hoje a agenda política e social de Teresina: a posse da nova diretoria da APPM, à frente o prefeito Jonas Moura, às 10 horas; a passagem de comando do 25º BC, do coronel Nixon para o coronel Márcio Vieira Costa, às 18 horas; e a posse do novo Conselho da OAB Piauí, que tem como presidente Celso Barros Coelho Neto, às 19 horas.

 

 

* O ministro da Economia, Paulo Guedes, estima que as fraudes provoquem uma sangria de R$ 20 bilhões na Previdência.

* Por isso, o novo governo determinou a realização de um pente fino em todos os benefícios previdenciários.

* Com o anúncio dessa medida, tem gente que vai adoecer de verdade.

* O PT do Piauí empurrou para o dia 29 a reunião que definirá a posição da bancada em relação à Mesa Diretora da Assembleia.

* O deputado João Mádison (MDB) foi recebido ontem pelo governador e saiu da audiência com a palavra de Wellington Dias de que não irá interferir na eleição da Assembleia.

 

 

Pela tangente

Do humorista Fraga:

- Não importa se a questão é complicada: "sei lá" é uma resposta das mais convincentes.

Bancada do Piauí votará em Rodrigo Maia

Foto: Divulgação

Rodrigo Maia se reúne com o governador e parlamentares do Piauí

 

Em campanha pela reeleição, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se reuniu ontem em Teresina com o governador Wellington Dias e oito deputados federais do Piauí.

O deputado voltou para Brasília sem a garantia de que terá os votos da bancada piauiense. Mas também não recebeu um não.

O governador deixou a questão da sucessão da Câmara em aberto: “É um prazer para todos nós receber o presidente Rodrigo Maia. Durante este período que ele está à frente da Câmara, ele sempre esteve de portas abertas para as pautas de interesse do Piauí. Portanto, foi uma grande alegria para nós participarmos dessa reunião”, declarou.

Declaração de voto

Depois do encontro com o governador, Rodrigo Maia seguiu para a casa do senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, para um almoço. Ele conta com o voto declarado da deputada federal Iracema Portella. 

Átila Lira e Júlio César também já declaram publicamente apoio à reeleição de Rodrigo Maia.

Na reunião com o governador, estiveram presentes os deputados Átila Lira (PSB), Júlio César (PSD), Margarete Coelho (PP), Marcos Aurélio (MDB), Fábio Abreu (PR), Assis Carvalho, Flávio Nogueira (PDT) e Rejane Dias (PT). Apenas Marina Santos (PTC) e Iracema Portela (PP) não estiveram presentes.

Assis Carvalho, Rejane Dias, Flávio Nogueira, Marcos Aurélio e Margarete Coelho informaram que irão aguardar o posicionamento de seus respectivos partidos.

Fábio Abreu afirma que o PR aguarda uma definição por parte do deputado federal capitão Augusto (PR), que ensaia uma candidatura à presidência da casa. “Caso o capitão Augusto não seja candidato, meu voto será para Rodrigo Maia”, adiantou.

A tendência é que a bancada do Piauí se alinhe à reeleição do presidente da Câmara, até por falta de candidato competitivo na oposição.

 

 

E os cartórios ?

Quem acompanhou a divulgação das metas do novo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Sebastião Ribeiro, sentiu falta da menção dos cartórios entre suas prioridades.

O segmento mais importante da indústria do Piauí é a construção civil. E o problema mais sério que a construção civil enfrenta é a ineficiência dos cartórios.

Em entrevista, o novo presidente do TJ garantiu que a questão do concurso dos cartórios – que se arrasta desde 2013, estará resolvida em três meses, no máximo.

Transporte

O prefeito Firmino Filho desagradou a gregos e troianos com o reajuste da passagem de ônibus de Teresina.

Os donos de empresas de ônibus acharam baixos e os passageiros acharam  altos os novos valores da tarifa - R$ 3,85 a inteira e R$ 1,28 a meia.

A decisão passa a valer a partir de amanhã.

Mês dos reajustes

Os valores atuais são de R$ 3,60 e R$ 1,15. O prefeito já havia dito que sancionaria o reajuste com um valor menor que o proposto pelo Conselho Municipal de Transporte.

A proposta do Conselho foi de R$ 4,02 e R$ 1,28.

Todas as capitais estão aumentando as passagens este mês.

Violência no Ceará

Explosões, tiros, correria, ruas desertas à noite, como se houvesse toque de recolher, sem carros ou ônibus circulando, as pessoas trancadas em suas casas, medo, medo...

Estas são imagens chocantes de Fortaleza que estão sendo mostradas na TV para todo o país e para o mundo.

Corta essa!

Em campanha cerrada contra a reeleição do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho, sob o argumento de que é a favor da renovação, o presidente nacional do Progressistas, senador Ciro Nogueira, segue de vento em popa com sua candidatura ao terceiro mandato consecutivo para  comando do partido.
 

 

* A nova direção da OAB-PI toma posse amanhã. O advogado e procurador Celso Barros Neto assume o comando da instituição.

*O governo comemora o novo recorde da Bolsa e a queda do dólar, que se aproxima da marca de R$ 3,70; um dos menores em muitos meses.

* Para a equipe econômica, o país está resgatando a confiabilidade do investidor no Brasil.

 

 

Cinco por  um

O candidato do PP a presidente da Assembleia Legislativa, deputado Hélio Isaías, jura que nada tem contra o atual presidente da Casa, deputado Themístocles Filho (MDB), que busca um novo mandato. E arremata:

- Sou um graaaannde amigo do deputado Themístocles. Já votei nele cinco vezes. Agora quero apenas que ele vote pelo menos uma vez em mim.

Ceará registra 25 mil homicídios em 5 anos

O Mapa da Violência mostra que, nos últimos dez anos, o Ceará registrou 33 mil homicídios. Desse total, 25 mil assassinatos ocorrem apenas nos últimos cinco anos. Somente em 2017, foram 5.133 homicídios no Estado.

Segundo o Governo do Ceará, houve o reforço no sistema estadual de segurança com a contratação de quase 10.000 profissionais nos últimos quatro anos e mais 600 foram convocados para atuação imediata. Também foram comprados equipamentos, mais de 2.100 viaturas e ampliado o esquema de tecnologia e inteligência.

Nada disso, porém, adiantou. O Ceará virou uma praça de guerra. O governo Bolsonaro mandou a Força Nacional acudir o Governo cearense, diante da nova onda de violência que explodiu no Estado. As tropas de segurança começaram a atuar no sábado na Grande Fortaleza.

O Ministério da Justiça e da Segurança informou ontem que caiu o número de ataques em Fortaleza e na região metropolitana. Mas a situação no Ceará ainda é crítica.

O risco agora é que, com os agentes da força nacional nos calcanhares dos bandidos que estão no Ceará, eles, os bandidos, fujam para os estados vizinhos, inclusive para o Piauí.

 

Foto: Divulgação

Posse da nova direção do Tribunal de Justiça

Metas no TJ

O desembargador Sebastião Ribeiro Martins assumiu ontem a presidência do Tribunal de Justiça com um Plano de Gestão completo, que passa pelas seguintes metas para os próximos dois anos:

1-  Aumentar a Produtividade de Juízes e Servidores; 2 - incrementar os índices de Conciliação e Mediação, com o fortalecimento dos  Centros de Conciliação; e 3- Implantar o processo eletrônico- PJe em todas as Varas e Comarcas do Piauí, de modo a eliminar por completo o uso do papel na Justiça do Piauí, fortalecendo a Secretaria de Tecnologia da Informação.

Também fazem parte do plano de gestão do novo presidente do TJ: 4 -  Fortalecer a rede de proteção a violência doméstica contra a Mulher, alinhando-nos à Meta 08 do CNJ; e 5- Conclusão das obras dos Fóruns em andamento, principalmente o novo Palácio da Justiça

Acenos

Em uma semana de governo, o presidente Jair Bolsonaro fez três gestos de consideração ao Nordeste, que votou em peso contra ele.

O novo presidente reafirmou o compromisso de importar tecnologia de Israel para convivência com a Seca no Nordeste; socorreu o Ceará com tropas da Força Nacional e sancionou a renovação dos incentivos fiscais para a região.

Bem no filme

O Ministério Público do Estado do Piauí informou ontem, através de nota de sua assessoria, que cumpriu 100% dos critérios utilizados para avaliação no âmbito do Radar Estratégico.

Trata-se de um instrumento de mensuração e monitoramento adotado pelo Conselho Nacional do Ministério Público para analisar o alinhamento das unidades do MP Brasileiro ao Planejamento Estratégico Nacional. Além dos Ministérios Públicos dos 26 Estados, foram avaliados o MPDFT, o MP Militar, o MP Federal e o MP do Trabalho.

E mais

Conforme a nota, das 16 unidades que atingiram o conceito “Excelente”, a do Piauí foi uma das sete que obteve nota máxima. A avaliação é realizada anualmente. Os resultados divulgados ontem referem-se ao exercício de 2018.

Na primeira classificação, relativa a 2017, o MPPI havia obtido o conceito “Bom”.

E o novo auxílio?

Sobre o projeto que encaminhou para a Assembleia Legislativa, e que foi aprovado, no final do ano, criando o benefício do auxílio-saúde para compensar o fim do auxílio-moradia, o Ministério Público nada disse.

A esperteza foi derrubada na sexta-feira pelo Conselho Nacional do Ministério Público.

Foto: Divulgação

Posse - O ex-ministro João Henrique tomou posse ontem à tarde na presidência do Sebrae, em Brasília, com mandato de quatro anos.

 

* O presidente regional do PSD, deputado federal Júlio César, bateu ponto ontem cedo no Palácio de Karnak.

* Ele foi reiterar ao governador Wellington Dias que o seu partido pleiteia a Secretaria de Desenvolvimento Rural na próxima gestão.

* O governador pediu paciência ao parlamentar, alegando que não haverá qualquer definição antes da reforma administrativa prevista para março.

* O site o Antogonista informou ontem que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), chega hoje cedo ao Piauí.

* O parlamenta está em campanha pela reeleição e, segundo o site, vem ao Piauí para cabalar os votos dos deputados petistas.

 

 

Idas e vindas

Do deputado federal Átila Lira (PSB), que está num pé e noutro para apoiar o presidente Bolsonaro, sobre as idas e vindas do novo governo:

- Todo governo que quer acertar começa assim. Depois, acerta o passo e vai em frente. Esse governo transmite esperança.

 

Quando o fiscal da lei burla a lei

Pegou mal, muito mal, para o Ministério Público do Estado do Piauí a criação de benefícios para promotores e procuradores de Justiça com o objetivo de compensar o fim do auxílio-moradia, extinto no mês passado pelo Supremo.

A compensação foi derrubada na sexta-feira pelo conselheiro Luiz Fernando Bandeira de Mello, do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Além do Piauí, mais dois Estados – Minas Gerais e Pernambuco – tinham criado essa nova mamata.

Os benefícios nos três estados gerariam gasto anual de R$ 48,7 milhões aos cofres públicos, conforme dados do CNMP. A suspensão do pagamento dos novos benefícios foi solicitada pela OAB de Pernambuco.

Dane-se a lei!

Conforme o conselheiro-relator Gustavo Rocha, do CNMP, o Ministério Público do Estado apresentou projeto de lei criando o auxílio-saúde para seus membros, estipulando que a substituição cumulativa ou desempenho simultâneo de cargos em mais de um órgão do MP conferiria direito à licença compensatória e que a licença prêmio por assiduidade poderia ser convertida em pecúnia.

O projeto foi aprovado em 17 de dezembro passado pela Assembleia Legislativa, na surdina.

O relator aponta nessa iniciativa a aparente tentativa de burlar a decisão do ministro Luiz Fux, nos autos da Ação Originária n°1.773, que extinguiu o auxílio-moradia, no valor mensal de R$ 4.300.

“Exsurge lamentável e constrangedora, portanto, qualquer tentativa de burlar o ditame constitucional por meio da criação de auxílios que não se caracterizem como vinculados ao exercício do cargo, configurando-se, na verdade, em aumentos remuneratórios com denominações escamoteadas”,criticou.

Privilégio

E prossegue: “Assim, o auxílio-saúde criado pelo Ministério Público do Piauí não se justifica como exceção legítima destinada a compensação do membro com despesa efetuada no exercício da função, tratando-se em verdade de privilégio incompatível com a Constituição”.

O conselheiro luiz Fernando Bandeira de Mello determinou a notificação do procurador-geral de Justiça do Piauí, Cleandro Moura, para prestar informações no prazo de 15 dias.

De acordo com a OAB de Pernambuco, o valor "não se afigura justo para com a população brasileira, que é obrigada a viver com tão pouco e a arcar com os prejuízos de seguidos déficits fiscais".

E pensar que esses malabarismos para burlar a lei são feitos justamente pelo fiscal da lei, no caso o Ministério Público!

 

 

Durou pouco

Os governadores do Nordeste deram uma de independentes e boicotaram a posse do presidente Jair Bolsonaro.

Mas o capricho não durou uma semana. Em três ou quatro dias, um deles, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), acossado pela bandidagem, pediu arrego.

Força Nacional

O governo Bolsonaro mandou, então, a Força Federal para acudir o Governo do Ceará.

Há seis dias, uma série de episódios violentos são registrados em Fortaleza e se estendem para várias cidades do Ceará.

Os incidentes se intensificaram depois de a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária ter anunciado “endurecimento” na atuação nos presídios, 12 no total.

Reforço

Segundo o Governo do Ceará, houve o reforço no sistema estadual de segurança com a contratação de quase 10.000 profissionais nos últimos quatro anos e mais 600 foram convocados para atuação imediata. Também foram comprados equipamentos, mais de 2.100 viaturas e ampliado o esquema de tecnologia e inteligência.

Piauí ajuda

O governador Wellington Dias socorreu o colega e companheiro cearense com o que pode: mandou 10 agentes penitenciários para o vizinho Estado.

Posse no Sebrae

O ex-ministro João Henrique de Almeida Sousa toma posse hoje, às 17 horas, na presidência nacional do Sebrae. A solenidade será na sede do órgão, em Brasília.

Coisa simples, segundo ele.

Faca amolada

João Henrique foi eleito presidente do Sebrae no dia 29 de novembro, por indicação do então presidente Michel Temer. E ele assume o órgão com o desafio de enfrentar a ameaça de corte nos recursos financeiros do Sistema S, que inclui o Sebrae.

O Governo Bolsonaro quer meter a faca em 50% dos repasses do Sistema, conforme o ministro Paulo Guedes, da Economia.

 

 

* A estas alturas, a deputada federal eleita Margerete Coelho deve estar com a orelha em pé.

* Quando o Karnak rifou a candidatura dela à reeleição de vice-governadora, o PP não deu um pio.

* Agora faz todo tipo de ameaça ao governador por causa da eleição de presidente da Assembleia.

* Com o anúncio do novo governo de que vai passar um pente fino nas ONGs que recebem verba pública, tem gente de cabelo arrepiado.

 

 

Franqueza

Do humorista Fraga:

- Calado todo mundo é muito mais sincero.

 

Posts anteriores