Cidadeverde.com

Onde passa um boi, passa a boiada

Foto: Divulgação/PT

Lula: setença confirmada no TRF-4 e pena ampliada

A confirmação da condenação do ex-presidente Lula, com acréscimo da pena de 9 para 12 anos, foi o fato mais relevante da semana. O recurso da defesa do petista contra a condenação em primeira instância, proferida há nove meses, foi julgado na quarta-feira, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre.

O PT já esperava a confirmação da sentença do juiz Sérgio Moro, coordenador da Lava-Jato. Pelo menos é o que deixavam claro os seus líderes, nos dias que antecederam o julgamento. Mas eles certamente não esperavam que a manutenção da condenação se desse por unanimidade nem que a pena fosse aumentada.

A decisão do TRF-4 deixou o ex-presidente em maus lençóis. Ele terá pela frente obstáculos praticamente intransponíveis para registrar a sua candidatura ao Planalto. Lula fatalmente será enquadrado na Lei da Ficha Limpa.

Barbas de molho

Nos meios políticos, a confirmação da condenação do ex-presidente foi recebida com revolta pelos petistas e com apreensão pelos aliados e até pelos adversários.

As razões da indignação entre os partidários de Lula são óbvias, pois a condenação tira da disputa presidencial o seu principal trunfo.  Desde o início, Lula vem liderando todas as pesquisas de intenção de voto na corrida presidencial.

Já a preocupação de aliados e dos adversários tem outro motivo. A condenação do ex-presidente fortalece a Lava-Jato. E muitos medalhões da política, abrigados em vários partidos, da oposição e do governo,estão na alça de mira da operação – uns denunciados, outros investigados e outros já processados.

A decisão do TRF-4 faz lembrar, pois, o dito popular que ensina: “Onde passa um boi, passa uma boiada”. Ou seja, se pegaram Lula, que, embora não tenha mandato, tem lastro, qualquer um deles pode ser o próximo. O caminho está aberto!

O que muda no Piauí com a condenação de Lula

O governador Wellington Dias faz coro com os petistas e não aceita a condenação do ex-presidente Lula também em segunda instância. O governador participou do ato pró-Lula em Porto Alegre, onde ocorreu o julgamento, na quarta-feira, e também da manifestação do PT em São Paulo, após a condenação no TRF-4.

Segundo Wellington Dias, a sentença contra Lula “nem parece o julgamento de um ser humano.” Para o governador, “ninguém está olhando o que realmente de crime foi cometido”, porque, segundo ele, “não foi cometido.”

Wellington afirma que “existe uma torcida para que Lula não seja candidato” e que “condenar sem provas cheira a ódio.”

Desfalque

Muito bem! A discussão jurídica do caso será feita oportunamente pela defesa do ex-presidente, nos recursos que certamente apresentará. O que nos cabe é fazer uma análise da questão pelo viés político.

Se existe uma torcida contra a candidatura do ex-presidente, como reclama o governador, existe também outra a favor, mais fervorosamente ainda. E nessa está Wellington Dias.

A condenação do ex-presidente o tira, em consequência, da campanha presidencial. Com isso, o PT perde o seu principal trunfo para a disputa.

No Piauí, sem Lula concorrendo ao Planalto, o governador perde o seu principal cabo eleitoral.

Nas três eleições que disputou para o governo – em 2002, 2006 e 2014 - , Wellington fez campanha casada com Lula, nas duas primeiras, e com Dilma, na terceira.

Então, agora em 2018 Wellington terá que se virar sozinho para lutar pelo quarto mandato de governador, pois o PT não tem outro nome à altura da expressão eleitoral de Lula.

É isso também – ou talvez, principalmente - que preocupa o governador. Ninguém gosta, afinal, de entrar em campo para uma partida decisiva com o time desfalcado.

 

 

Tudo como antes

O prefeito Firmino Filho prevê um cenário de poucas mudanças no Piauí com a condenação do ex-presidente Lula.

Naturalmente, o tucano fala por ele, que entrou em 2018 sem disposição alguma de disputar eleições este ano.

Abertura

Será realizada no dia 5 de fevereiro, uma segunda-feira, a sessão solene de abertura do ano legislativo de 2018 no Congresso Nacional.

A leitura da mensagem do Executivo encaminhada pelo Chefe de Estado é um dos pontos altos da cerimônia.

Mudança

Este ano, excepcionalmente, a retomada dos trabalhos não ocorrerá no dia 2 de fevereiro, como prevê a Constituição, porque a data cairá numa sexta-feira.

Pelas normas regimentais, no dia da abertura da sessão legislativa não pode haver sessão deliberativa.

Foto: Divulgação/CCom

Governador discute retomada da Transnordestina

Transnordestina

O governador Wellington Dias e presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Gil Carlos, aproveitaram a viagem a São Paulo, para prestar solidariedade ao ex-presidente Lula, e estiveram em audiência com o diretor de Portos e Logística da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Pedro Brito.

Na pauta, a retomada das obras da ferrovia Transnordestina.

Parou por quê?

Após a aprovação do estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental da obra e da entrega de relatórios para o Conselho Interministerial, no fim de 2017, Wellington aguarda a continuidade das obras.

A construção da Transnordestina foi abandonada há mais de três anos.

Imagem: Reprodução

Exposição - Depois de um logo tempo atuando apenas nos bastidores, o cartunista, jornalista e humorista Albert Piauhy abriu uma exposição na Galeria Matheus Portela, na Pousada Porto das Barcas, em Parnaíba, com visitação à tarde e à noite. 

 

 

* Depois da queda, o tombo. Menos de 24 horas depois de ser condenado em 2ª instância, no TRF-4, o ex-presidente Lula perde o passaporte.

* A decisão foi tomada pelo juiz substituto da 10ª Vara Federal Criminal do Distrito Federal, Ricardo Augusto Soares Leite. Ele proibiu o ex-presidente de deixar o país.

* O ex-presidente estava com viagem marcada para a África, com embarque nesta madrugada. A decisão do magistrado de Brasília nada tem a ver com a decisão do Tribunal de Porto Alegre.

* Trata-se, sem dúvida, de mais um magistrado em busca de holofote. Até porque a Etiópia não seria o melhor destino para uma fuga.

* Será hoje, a partir das 19 horas, no Palácio da Música, o 7º Concurso de Marcinhas Carnavalescas de Teresina.

 

A esperança

Do humorista Fraga:

- Por mais que a gente alimente esperanças, no fundo sabemos que elas vivem em jejum.

Vai ter luta, sim! - avisa PT, após condenação

O PT conseguiu o que queria. A absolvição do ex-presidente Lula, ontem, em Porto Alegre, não era propriamente o maior sonho do partido, que já nem esperava mais por isso Seu objetivo principal era transformar o julgamento em um ato político, em um palanque. E isso o partido conseguiu plenamente.

Com estratégia e luta, o PT colocou o ex-presidente no centro da agenda política do país. O julgamento de Lula, condenado em primeira instância por corrupção, repercutiu em várias partes do mundo.

No julgamento do recurso do ex-presidente, TRF-4 considerou, por unanimidade, que Lula cometeu os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro ao ser beneficiário direto de parte da propina desviada de contratos da Petrobras com a empreiteira OAS e destinadas ao PT. No caso específico, a vantagem indevida seria o badalado apartamento tríplex, no Guarujá (SP). Então, sua pena foi ampliada de 9 para 12 anos.

Ficha suja

A defesa de Lula, constituída por 20 advogados, todos do melhor gabarito, tem direito a recursos ao próprio Tribunal Regional Federal da 4ª. Região e ainda a outras instâncias da Justiça, inclusive ao Supremo. Lula nega a prática de crimes.

Então, o julgamento de ontem não encerra o processo. Apenas significou o pontapé na campanha de Lula à presidência. O partido não alterou a agenda do ex-presidente por causa do resultado do julgamento. Assim, hoje o PT fará o lançamento público da candidatura do petista ao Planalto.

Com o placar do TRF-4, o ex-presidente corre o risco, no entanto, de ser barrado da disputa presidencial pela Lei da Ficha Limpa. Até que isso venha eventualmente a acontecer, ele estará nas ruas.

 

Foto: Divulgação

Ex-ministro Joao Henrique retoma a caravana

Caravana

O vice-presidente regional do MDB no Piauí e presidente nacional do Sesi (Serviço Social da Indústria), João Henrique Sousa, abriu ontem a nova etapa da caravana Piauí em Movimento.

Ele visitou as cidades de Demerval Lobão, Lagoa do Piauí, Curralinhos, Monsenhor Gil, Miguel Leão, Agricolândia, Barro Duro e Passagem Franca.

Choque

Se você ficar sem energia elétrica; se os seus equipamentos eletrodomésticos forem danificados em função da oscilação brusca de corrente e se você simplesmente ficar no escuro, não reclame!

É, fique calado, porque, se reclamar, se botar a boca no trombone, corre o risco de levar um processo nas costas por crime de calúnia.

Secretário processado

Quem está passando por essa experiência, no momento, é o secretário municipal de Educação de Teresina, professor Kleber Montezuma.

Em uma entrevista para a televisão, no final do ano passado, o secretário afirmou que a queda de energia em Teresina é uma rotina e que isso prejudica as escolas, porque queima equipamentos.

Indenização

Pra quê? Imediatamente, a Eletrobras Piauí moveu uma ação judicial por calúnia contra o secretário, com indenização por dano moral e de imagem.

Ele já foi citado e a primeira audiência está marcada para 18 de julho, na 6ª Vara Cível de Teresina.

Foto: Divulgação

Centenário - A Academia Piauiense de Letras comemorou ontem os 100 anos de fundação da entidade, em cerimônia realizada no Cine-Teatro da Assembleia Legislativa. Houve a posse da nova diretora, entrega da Comenda do Centenário a diversas personalidades e acadêmicos e o lançamento do “Livro do Centenário da APL”, do escritor e acadêmico Nildonar da Silveira Soares.

 

 

* Se os serviços do Detran estão ruins, eles ficarão ainda piores. Os prestadores de serviços cruzaram os braços ontem.

* Eles alegam que estão sem receber seus salários há mais de dois meses.

* Pros está saindo das mãos da deputada federal Rejane Dias para a oposição no Piauí e defendendo a candidatura de Bolsonaro.

* A expectativa agora é quanto à próxima rodada de pesquisas de intenção de voto para presidente, depois da confirmação da condenação de Lula.

 

No páreo

Em ato organizado ontem, em São Paulo, em protesto contra a sua condenação no TRF-4, ex-presidente Lula criticou o Judiciário e reafirmou sua candidatura ao Planalto:

- "Só saio da luta quando morrer"

Dois Brasis, cada qual mais indignado!

Depois do julgamento do ex-presidente Lula, em segunda instância, marcado para hoje, em Porto Alegre, e da proposta de reforma da Previdência, em discussão no Congresso Nacional, o tema que mais aquece os debates políticos é a nomeação da deputada federal Cristiane Brasil (PTB) para o Ministério do Trabalho.

Os críticos da nomeação ministerial, barrada pela Justiça, pelo fato de a deputada ter sofrido condenação na Justiça do Trabalho, são basicamente os mesmos que defendem a candidatura presidencial de um político condenado por corrupção, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

A defesa do ex-presidente é tão fervorosa que eles até empunham faixas e gritam nas redes sociais que “eleição sem Lula é fraude”.

É inegável que o presidente Michel Temer vem demonstrando, desde o início, um talento incomum para escolher mal os seus auxiliares. Já teve, inclusive, que despachar alguns que caíram no cerco da Lava-Jato.

Mas a Constituição lhe assegura o direito de nomear ministros. É uma prerrogativa exclusivamente sai, até o seu último dia no cargo, arcando naturalmente com as consequências políticas, administrativas e morais das escolhas.

Cada caso, porém, é um caso! Cristiane Brasil respondeu a ação trabalhista, como sucede com parcela considerável dos empregadores brasileiros. Foi condenada a pagar indenização, a pena prevista na lei para o caso.

"Abaixo a Ficha Limpa!"

Os que tentam impedir a posse da nova ministra são, curiosamente, os que defendem a candidatura de Lula a presidente. Não custa lembrar: além da condenação a 9 anos e meio de cadeia por corrupção, o petista responde a seis outros processos igualmente graves.

No Brasil de hoje, porém, é o fim do mundo alguém condenado em ação trabalhista ocupar um ministério, mas é uma beleza alguém condenado por corrupção chegar à presidência da República.

O Partido da Causa Operária (PCO), um dos aliados do ex-presidente, até já lançou uma patética e despudorada campanha a favor da candidatura de Lula, que é a seguinte: “Abaixo a Ficha Limpa!”. E ela já tem muitas e desavergonhadas adesões.

Este o país que se divide em dois, cada qual mais radicalmente indignado com a falta de ética na política! 

 

 

Mais um

O PMDB abocanhou ontem mais um cargo no governo. A diretora do Hospital Getúlio Vargas, Clara Leal, foi substituída ontem. A nova diretora do HGV, indicada pelo presidente da Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares, deputado Pablo Santos, é Fátima Garcêz, que já presidiu a Fundação Hospitalar de Teresina, já extinta.

Clara Leal, técnica, estava na direção do HGV desde 2014 e tem um dos melhores currículos de gestão hospitalar na área pública. Já dirigiu o Samu de Teresina, o HUT e o Hospital Regional de Parnaíba, sempre com sucesso.

Carnaval

O Tribunal de Contas está de olho, principalmente, nos municípios que decretaram situação de emergência por causa da seca, no ano passado, e os prefeitos querem cair na folia. Ao todo, são 78 municípios.

O aviso é do conselheiro substituto Jailson Campelo.

Sisu

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam ontem com elevada procura e seguem até a próxima sexta-feira (26), exclusivamente pelo site e sem cobrança de taxas.

Ao todo são oferecidas 239.601 vagas em 130 instituições, entre universidades e institutos federais de educação, ciência e tecnologia e instituições estaduais.

Os candidatos

Podem se inscrever estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 e obtiveram nota diferente de zero na redação, e não sejam treineiros (participantes menores de 18 anos no primeiro dia de realização da prova).

No ato da inscrição, o candidato precisa do número de inscrição e da senha cadastrados no Enem de 2017.

Também é necessário estar atento aos documentos exigidos pelas instituições para efetivar a matrícula, em caso de aprovação. 

Jogos de azar

Do senador Ciro Nogueira (PP), autor do projeto de lei legalizando os jogos de azar no Brasil:

- Em sondagem realizada pelo Senado Federal, 86% dos brasileiros declararam ser favoráveis à liberação dos jogos de azar no país. Nossa proposta prevê a regulamentação da atividade e a ideia é trazer para a legalidade jogos que, na prática, já existem, só que estão na clandestinidade sem pagar impostos, sem trazer ganhos para a coletividade.

 

 

* A Associação Piauiense dos Empresários de Obras Públicas empossou ontem à noite a sua diretoria para o mandato 2018/2019.

* A posse do professor Nouga Cardoso para um novo mandato de reitor da Universidade Estadual do Piauí será na próxima segunda-feira, 29.

* Até aqui, o deputado Luciano Nunes (PSDB) só tem recebido elogios, até do governo, como pré-candidato das oposições ao Karnak.

*Se a candidatura pegar, no entanto, aí a conversa muda. Completamente.

 

Vivendo e não aprendendo

Do humorista Fraga, sobre o anúncio do senador Fernando Collor de que será candidato a presidente nas eleições deste ano:

- A mais dolorosa lição que a Era Collor nos deixou é que não serviu de lição.

E verás que um petista não foge à luta!

Foto: Divulgação/PT

Lula confirma presença em Porto Alegre

Começou a contagem regressiva para o julgamento do ex-presidente Lula em segunda instância. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região se reúne amanhã, a partir das 8h30, em Porto Alegre, para apreciar o recurso apresentado pela defesa do ex-presidente contra a sentença do juiz Sérgio Moro, coordenador da Lava-Jato. O ex-presidente foi condenado a nove anos de cadeia por corrupção.

O novo julgamento de Lula divide o país. Seus partidários proclamam a inocência do réu, enquanto seus adversários veem na eventual confirmação da condenação uma chance de tirá-lo da disputa presidencial deste ano.

Ontem, o ex-presidente anunciou que irá a Porto Alegre para acompanhar de perto o seu julgamento. Antes, ele estava decidido a não comparecer.

Nunca antes neste país um condenado foi defendido tão fervorosamente. Porto Alegre já se encontra ocupada pelos partidários do ex-presidente, alojados no PT e nos chamados movimentos sociais.

Também nunca antes neste país a Justiça foi tão achincalhada.

Independente, no entanto, das manifestações e pressões contra ou a favor da condenação do ex-presidente, que prevaleça o império da lei e que a justiça seja feita!

 

 

O TCE e a folia

Depois da folia, a ressaca. O Tribunal de Contas do Estado avisou que analisará gastos para o carnaval de 2018 em alguns municípios do Piauí.

Estão na mira do TCE aquelas cidades que estejam com a folha de pagamento ultrapassada, salários atrasados e em atraso com os fornecedores e a previdência.

O drama dos Cerrados

Entra governo e sai governo, e todo ano a cena se repete, na época das chuvas: produtores rurais do Sul do Piauí se cotizam para fazer serviços de recuperação e manutenção de estradas.

Com isso, eles buscam as condições mínimas para o escoamento da produção agrícola.

Atoleiro

Agora mesmo, os produtores repetem a operação de manutenção da PI-392, a badalada Transcerrados, com funcionários e máquinas particulares para melhorar o tráfego na rodovia.

Por essa época, em muitos trechos, a Transcerrados vira um atoleiro só, em seus mais de 300 quilômetros.

Sem os serviços para manter a estrada minimamente transitável, os produtores perdem grande parte de suas colheitas.

Desvantagem

A recuperação e manutenção de estradas faz parte da rotina dos produtores que se instalaram nos Cerrados há mais de 15 anos, acreditando no potencial da última fronteira agrícola do Brasil.

As precárias condições das estradas na região encarecem os fretes, aumentam o tempo da viagem e  os riscos de acidente e, em conseqüência, diminuem a competitividade dos produtores piauienses. 

 

 

* Em Porto Alegre, faz-se protesto não propriamente a favor da honra de um réu, mas em defesa de uma candidatura.

* O Albertão funciona precariamente; o Verdão nunca mais foi reaberto, mas a Fundação dos Esportes do Piauí (Fundespi) está noutra jogada.

* A fundação mandou fazer a reforma total do estádio de futebol da cidade de Passagem Franca do Piauí. Que tal?

* Colocando-se como o novo na sucessão estadual, o deputado Luciano Nunes (PSDB) começa sua campanha pedindo as bênçãos dos caciques.

 

Coisas do Piauí

Do ex-governador e ex-senador Freitas Neto, hoje na posição de franco-atirador:

- Só no Piauí se comemora a liberação de emenda parlamentar, que é obrigatória!

 

 

Brasil aposta suas fichas nos jogos de azar

Foto: Cidadeverde.com

Projeto legaliza jogos de azar no país

Sem alarde, anda a passos largos no Senado o projeto que legaliza a exploração comercial de jogos de azar no Brasil. O projeto foi apresentado em 2014 pelo senador Ciro Nogueira (PP-PI) e já foi aprovado na Comissão Especial do Desenvolvimento Nacional do Senado. O texto está em análise na Comissão de Constituição e Justiça.

Conforme o projeto, a regulamentação das apostas deverá contemplar jogo do bicho, bingo, videobingo e videojogo, cassinos em complexos integrados de lazer, apostas esportivas e não esportivas e cassinos on-line.

Aparentemente, o projeto está cercado de cuidados. Ele determina, por exemplo, a inclusão das empresas autorizadas a explorar jogos de azar na Lei de Lavagem de Dinheiro.

Com isso, elas ficam obrigadas a cadastrar os clientes e a informar operações ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Mais dinheiro

As medidas de controle sobre os estabelecimentos credenciados deverão obrigá-los a promover a identificação de todos os jogadores que receberem premiações superiores a R$ 10 mil. Esses dados terão de ser encaminhados ao governo federal.

A justificativa do senador Ciro Nogueira e dos demais parlamentares que apóiam o projeto é a de que a legalização dos jogos de azar vai gerar emprego e renda. De olho em mais arrecadação, os governadores apóiam a iniciativa.

Infeliz da nação que, ao invés de acreditar no trabalho, no estudo e na ética, joga suas fichas nos jogos de azar.

 

 

Eleição sem Firmino

O presidente regional do PTC, deputado Evaldo Gomes, integrante da base aliada do governo, não vê o menor sinal da candidatura do prefeito Firmino Filho ao Palácio de Karnak este ano.

A candidatura do prefeito ainda é um sonho das oposições, porém o parlamentar observa que se de fato o prefeito tivesse algum interesse em ser candidato estaria viajando pelo interior.

Gás a R$ 95

A redução de 5% no preço do botijão de gás de cozinha, anunciada pela Petrobras, não chegou a Corrente e demais municípios da região.

Por lá, conforme registra o Portal Corrente, o botijão de gás chega a custar R$ 95 para entrega e, em algumas revendas, R$ 90 para o consumidor que for buscar o botijão, resultando em uma média de R$ 92,50 por unidade.

Julgamento

As caravanas petistas começaram a chegar hoje a Porto Alegre, para o julgamento do ex-presidente Lula na quarta-feira, no TRF-4.

Além de militantes, muitas lideranças do partido confirmaram presença em Porto Alegre.

Ninguém esclareceu, ainda, quem pagará a conta.

Pesar

O presidente da Academia de Letras da Magistratura Piauiense, desembargador Brandão de Carvalho, divulgou nota na qual manifestou,  em nome da instituição, sentidos pêsames pela morte do juiz  Bandeira Monte, de Piripiri.

Para o desembargador, o prematuro falecimento do juiz, ocorrido na sexta-feira, “trará um vácuo profundo na Justiça piauiense, pelas excelsas qualidades do magistrado que sempre honrou a Magistratura."

 

 

* Em entrevista à TV Cidade Verde, na semana passada, o governador Wellington Dias disse que esperava um cenário diferente para o seu terceiro mandato.

* A BR-343, no trecho entre Teresina e Altos, já começa a virar uma tábua de pirulito, depois das últimas chuvas.

* O trânsito de Teresina volta hoje à sua carga máxima, com a abertura do ano letivo nas escolas da rede particular de ensino.

* O Superior Tribunal de Justiça (STJ) liberou a posse da deputada Cristiane Brasil como ministra do Trabalho.

 

Os donos do mundo

Do humorista Fraga:

- O mundo se divide entre ajeitados e enjeitados, governados pelos mais desajeitados.

De onde vem a crise nos estados e municípios

Foto: Divulgação/CNM

De Norte a Sul, de Leste a Oeste – enfim, em todo canto, o discurso dos gestores públicos é um só: estados e municípios estão falidos. Tanto faz ser estado grande quanto estado pequeno ou município rico quanto município pobre.

A choradeira é para justificar a falta de investimentos nas áreas onde estão as maiores carências da população. Isto é, na educação, saúde e segurança pública. Como se sabe, nesses setores o poder público falha escandalosa e vergonhosamente.

Em muitos lugares, a população está entregue à própria sorte, com escolas que só funcionam no faz de conta; hospitais e postos de saúde que mais matam do que salvam e uma polícia que vem perdendo terreno para os bandidos.

Mas seria apenas a falta de recursos a razão do sucateamento dessas áreas?

Arrecadação e gastança

Nunca o estado brasileiro arrecadou tanto. Nunca antes na história deste país os brasileiros pagaram tantos impostos.

O problema maior, então, não é escassez de recursos, mas a conduta dos governantes no trato da coisa pública.

Em sua esmagadora maioria, os gestores gastam mal os recursos disponíveis. Muito mal. Quando não erram nas prioridades das despesas, gastam perdulariamente ou simplesmente metem a mão nas verbas públicas.

 O resultado dá nisso aí que todos estão vendo e sentindo na pele: um poder público voraz e insaciável na arrecadação e negligente na prestação de serviços!

 

Piauí descobre remédio barato contra anemia

Esta notícia vem repercutindo muito nas chamadas mídias sociais: no Sul do Piauí, mais precisamente no município de São Raimundo Nonato, um médico descobriu e prescreveu um remédio simples, revolucionário, bom e barato contra a anemia.

Foi assim: uma garota de 10 anos foi levada ao médico, pela mãe, porque estava com anemia. E essa anemia, conforme relato da mãe, se deu em função de a garota não dormir nem se alimentar bem. E isso pelo uso excessivo do celular. Ou seja, a menina trocava o sono e a fome pelo celular.

O médico ouviu a mãe, auscultou a menina e não teve dúvida: prescreveu uma vitamina e a diminuição do uso do celular. A consulta foi no último dia 16, terça-feira passada. A mãe divulgou a receita médica em tom de comemoração. Onde? Em uma rede social, o Facebook.

Remédio eficaz

Para Fernanda Silveira Almeida, a mãe, a atitude do médico, Francisco Castro, o Doutor Chiquinho, que tem 39 anos de profissão, exercida na região de São Raimundo, era tudo o que ela precisava. Fernanda contou que, em apenas dois dias, já notou uma melhora na garota, que conseguiu reduzir o uso do celular pela filha.

Sua postagem já tem mais de 150 compartilhamentos e dezenas de comentários parabenizando a atitude do médico. A mãe acredita que, da mesma forma que ela está sofrendo com a situação da filha, muitos pais também estão vivendo o mesmo drama.

E ela faz um alerta: “Já tem muitos pais que desde que o filho tem um ano já dão o celular pra ele ver os desenhos, para ficarem ‘quietos’, mas não sabemos o mal que está por vir”. 

Tempos modernos!

 

Foto: Divulgação

Rejane Dias recebe o presidente da Assembleia

Maomé e a montanha

Quando a montanha não vai a Maomé, Maomé vai à montanha. Depois de receber as visitas de várias lideranças petistas, nos últimos dias, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado  Themistocles Filho, visitou ontem a secretária de Educação, deputada federal Rejane Dias.

Ele estava acompanhado do deputado João Mádison, líder do PMDB na Assembleia, e do suplente de vereador James Guerra.

A própria secretária divulgou a visita em suas contas nas mídias sociais.

Porto Alegre

Os petistas do Piauí e de diversas partes do Brasil invadem Porto Alegre na próxima semana, para o julgamento do ex-presidente Lula no TRF-4.

Perguntar não ofende: quem paga a conta das passagens e hospedagens?

Apoiado

O médico Flávio Nogueira, ex-presidente do Iapep, apoiou a prescrição do colega de São Raimundo Nonato que receitou a redução do uso do celular para combater anemia. Ele postou em sua página no Facebook:

“O uso descontrolado de algo, é vício. Que leva à dependência quase sempre de efeitos danosos. O celular ( e afins) tem subordinado o ser humano, a ponto de torná-lo refém. De utilitário, acresceu-se ao entretenimento, e hoje, de mil utilidades- inclusive, muitas vezes , usado para fins indevidos. O certo, é que, este aparelhinho, de cores várias, está nas mãos de muita gente. O médico Francisco Castro, doutor Chiquinho, de São Raimundo Nonato, em apurada intuição, prescreveu, para uma criança anêmica, o uso moderado dessa "pestinha" que tira o tempo de todos nós. Inclusive, pra não observar, o rigor das prescrições médicas.”

Foto: Divulgação

Academia faz 100 anos

Livro do Centenário

O livro que conta os 100 anos de fundação e funcionamento da Academia Piauiense de Letras será lançado no próximo dia 24, no Cine-Teatro da Assembleia Legislativa, nas comemorações do primeiro centenário da instituição. A obra foi escrita pelo desembargador e acadêmico Nildomar da Silveira Soares.

Campanha - O deputado Luciano Nunes (PSDB) está levando tão a sério a sua pré-candidatura a governador que já está visitando até candidato. Ontem, ele esteve com o presidente nacional do Sesi (Serviço Social da Indústria), ex-ministro João Henrique Sousa (MDB), com quem discutiu o cenário para as eleições de 2018 no Piauí. O ex-ministro recebeu também o presidente regional do PSC, advogado Valter Alencar Rebelo, outro pré-candidato a governador. 

 

 

* O corpo de João Bôsco Medeiros, o Bosquinho, ex-vereador de Picos, será sepultado hoje.

* Ele morreu ontem, aos 69 anos, depois de uma luta de três anos contra o câncer.  Bosquinho era irmão do ex-prefeito Gil Paraibano e vice-presidência do PPS no Piauí.

* O governador Wellington Dias recebeu em audiência o presidente da Câmara Municipal de Teresina, vereador Jeová Alencar.

* O delegado Felício Laterça, que trabalhou no Piauí, foi convidado para a assumir a Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro.

 

Ranger de dentes

Houve um tempo em que, na conquista e compra do voto, era permitido distribuir tudo ao eleitor, além das promessas. Em campanha pela reeleição, na região de São Raimundo Nonato, a sua terra, o deputado Batista Dias (PMDB) recebe o pedido inusitado de uma eleitora:

- Olhe, deputado, o senhor deu uma dentadura para Fulana, minha vizinha. Agora, de dente novo, ela anda toda enxerida, dizendo dentadura nova é pra quem pode e pra quem tem político forte. Pois eu quero uma dentadura também. E não é só com 32 dentes, não!

PP não abre mão da vice-governadoria

O rateio das vagas na chapa majoritária não será tão pacífico como imagina o governador Wellington Dias. O seu plano é distribuir as quatro posições entre os principais partidos da base, cabendo uma indicação a cada sigla.

Nesse caso, ele ficaria com a vaga do PT e o senador Ciro Nogueira, com a do Progressistas. De saída, o Partido dos Trabalhadores e o Partido Progressista perderiam uma vaga, cada um. O PT, a de senador, hoje ocupada por Regina Sousa; o PP, a de vice-governador, hoje ocupada por Margarete Coelho.

Nessa estratégia, a vice a segunda vaga de senador seriam entregues ao MDB, PSD e PTB. O PDT também reivindica uma dessas posições. Acontece que a senadora Regina Sousa avalia que tem todas as condições de ser indicada para disputar a reeleição. Do mesmo modo, pensa a vice-governadora Margarete Coelho.

Contas

O PP fez as contas e concluiu que não ganha nada mantendo a candidatura do senador Ciro Nogueira à reeleição, pois ele já é candidato natural à vaga. Como também a vice-governador. Já perder qualquer uma das posições significaria, sim, prejuízo político para a sigla.

Sentido que perdeu espaço nos últimos dias para o MDB, o PP já sinaliza, através de algumas lideranças e de aliados, que pode alterar radicalmente a sua posição e sair da aliança com o governo, puxando uma frente de oposição, como fez em 2014, se não ficar com as vagas que já tem na chapa majoritária.

Portanto, não será uma tarefa fácil acomodar tantos interesses na base governista.

 

Foto: Divulgação

João Henrique define agenda da segunda etapa de sua caravana

A volta

O ex-ministro João Henrique se reuniu com a sua equipe para definir a agenda da “Caravana Piauí em Movimento” de 2018, em defesa da candidatura própria do partido ao governo.

A largada será no próximo dia 24, começando por Demerval Lobão, Lagoa do Piauí, Curralinhos, Água Branca e outras cidades da região.

Até maio, serão visitados os 224 municípios do Estado.

MDB fecha com Skaf

A propósito de MDB, a direção do partido em São Paulo divulgou nota ontem sobre a sucessão no estado. Diz a nota que, ao contrário do que foi publicado por veículos de comunicação nos últimos dias, o MDB de São Paulo só trabalha com a pré-candidatura de Paulo Skaf ao Palácio dos Bandeirantes.

“Acreditamos no seu potencial para conquistar aliados e não abrimos mão de o partido ter candidato próprio ao governo do Estado”, sustenta o deputado federal Baleia Rossi, que assina a nota.

Era uma nota dessas, certamente, que o ex-ministro João Henrique gostaria de ver publicada no Piauí.

Pisou no pé

Do presidente nacional do PSDB e pré-candidato do partido a presidente, Geraldo Alckmin, chamando Lula para a briga:

- Há sempre perguntas sobre um possível temor em enfrentar Lula nas eleições. Não temos medo dele ou do PT e estamos preparados para o trabalho de diálogo com a população. Confio na experiência do eleitor brasileiro, que viveu a pior crise de nossa história.

No páreo

Da senadora Regina Sousa, sobre a disputa pela indicação do candidato à segunda vaga de senador na chapa governista:

- Vou trabalhar pela minha candidatura, mas não vendo minha alma ao diabo para ser candidata.

Febre amarela

A Secretaria de Saúde do Piauí emitiu ontem uma nota técnica para os municípios com maiores incidências da febre amarela.

A nota intensifica medidas de prevenção com ações de vigilância e vacinação contra doença em 58 municípios, principalmente nas cidades que estão na Divisa com o estado da Bahia.

Segundo a Secretaria de Saúde, a nota técnica é uma medida de atenção com a vacinação e orienta os profissionais de saúde quanto a procedimentos baseados nos cuidados para tratar da epidemia. 

 

 

*Para a senadora Regina Sousa, o ex-presidente Lula será decisivo nas próximas eleições, sendo ou não candidato a presidente.

* Ela informou que estará em Porto Alegre na próxima terça-feira, para uma plenária de mulheres organizada pela ex-presidente Dilma.

* Pelo menos 800 policiais militares estão trabalhando na segurança do Corso 2018, informa o comandante da PM, coronel Carlos Augusto.

* O governador Wellington Dias já garantiu à secretária de Educação, Rejane Dias, e ao Sinte que pagará o novo piso do magistério.

 

Qual é o crime?

De Seu Malaquias, filósofo popular da região do Grande Dirceu, ao tomar conhecimento, pela mídia, de que o PT atacou a árvore genealógica do presidente do TRF-4, que julga o ex-presidente Lula na quarta-feira:

- Atacar a árvore genealógica é o quê? Crime ambiental? 

Condenação de Lula não será o fim

Foto: Divulgação/Ajufe

Roberto Veloso, presidente da Ajufe

Uma eventual condenação do ex-presidente Lula, no julgamento da próxima quarta-feira, dia 24, não será o fim. A opinião é do presidente da Associação dos Juízes Federais (Ajufe), Roberto Veloso, e foi manifestada ontem, em entrevista à Rádio Cidade Verde, pelo telefone.

Segundo o magistrado, em uma eventual confirmação da sentença de primeira instância, do juiz Sérgio Moro, o ex-presidente pode apresentar recursos ao próprio TRF-4. Se não for atendido, poderá ainda recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao próprio Supremo Tribunal Federal (STF).

Absolvição

“Há, ainda, a possibilidade da absolvição no julgamento de quarta-feira”, pondera o presidente da Ajufe. Conforme Roberto Veloso, dia 24 será cumprida apenas mais uma etapa do processo em Porto Alegre. Portanto, não significa o seu fim.

O presidente da Associação dos Juízes Federais observou ainda que as decisões sobre registro de candidaturas para as próximas eleições só serão tomadas em setembro pela Justiça Eleitoral. “Há um caminho longo a ser percorrido. A situação não será resolvida no dia 24”, observa.

Por tudo isso, o magistrado recomenda que o julgamento seja acompanhado sem violência e com respeito às instituições. “O Judiciário não vai se intimidar. A função do juiz é julgar e isso será feito”, avisa.

 

Piauí no azul

Desde 2015, a situação fiscal só melhorou em cinco estados. Um deles é o Piauí, segundo divulgou ontem a revista Veja, em sua edição on-line.

Segundo a revista, os estados de Alagoas, Ceará, Maranhão, Paraná e Piauí foram os únicos cujas contas não se deterioraram nos últimos três anos.

O levantamento feito pelo economista Raul Velloso, que analisou a situação fiscal das 27 unidades da federação.

Empréstimo

Ontem, em entrevista à TV Cidade Verde, o governador Wellington Dias  reclamou do tratamento que vem recebendo do governo Michel Temer. Mesmo tendo cumprido o “dever de casa”, o Piauí enfrenta dificuldades para receber a segunda parcela (R$ 315 milhões) do empréstimo de R$ 615 milhões junto         à Caixa Econômica. 

O governador disse que tem uma fila de obras no Estado para serem executadas com esse dinheiro.

Saque

A notícia: um caminhão carregado com 20 toneladas de produtos cosméticos, em sua maioria sabonetes, tombou na segunda-feira próximo à entrada da cidade de Picos. O motorista ficou gravemente ferido.

O detalhe: a carga do caminhão foi saqueada, levada por populares, mas ninguém foi preso.

Um pequeno retrato do Brasil que condena com indignação a corrupção dos políticos.

Sem torcida

Coitado do Eduardo Cunha! O Ministério Público Federal pediu 386 anos de prisão para ele e não apareceu uma vivalma neste país protestando contra!

 

 

* O Tribunal Superior Eleitoral conclui até 6 de março a última etapa do recadastramento biométrico, que compreende 42 municípios do Estado.

* A maioria desses municípios se localiza na microrregião de Picos. Até agora, 92% do eleitores do Piauí já estão cadastrados biometricamente.

* Em dados atuais, o eleitorado no Piauí totaliza 2.322.745 votantes, segundo o TRE.

* O recadastramento biométrico é obrigatório. O eleitor que não comparecer terá o título cancelado e não poderá votar nas eleições de 2018.

* O governador Wellington Dias confirmou ontem que estará em Curitiba na véspera do julgamento do ex-presidente Lula.

 

O fim do mundo

Do humorista Fraga:

- Pode ser que o fim do mundo dê certo, já que o começo não deu.

Posts anteriores