Cidadeverde.com

Me engana, que eu gosto!

Quem acompanhou a votação do processo com pedido de autorização para investigar o presidente Michel Temer, na Câmara dos Deputados, viu o plenário da Casa transformado em um palco.

Por ele, desfilaram muitos atores sem talento algum para a representação dramática, mas que sem esforço ofereceram ao distinto público cenas bizarras e ridículas.

O espetáculo mais deplorável, entretanto, não foi o mostrado ao vivo pela TV e que agora corre as redes sociais, em forma de memes. Foi o dos bastidores da votação.

Encenação

De um lado, o governo abrindo o cofre da nação para liberar emendas orçamentárias e oferecer outras benesses aos parlamentares, em troca de voto.

Já do outro lado, a oposição, capitaneada pelo PT e partidos aliados, dando uma mãozinha ao governo e, no entanto, posando de oposição, na maior encenação

Estava claro que a oposição não tinha 342 votos para aprovar a denúncia contra o presidente. Mas o governo também não tinha votos em quantidade suficiente para garantir o quórum mínimo para votação da matéria.

E foi aí que a oposição entrou em campo, com sua tropa de choque batendo pesado no governo e votando contra. Tudo não passava, entretanto, de puro teatro.

Na verdade, a oposição estava mesmo era socorrendo o governo, ao garantir o quórum para a votação na qual todos sabiam que o presidente seria vitorioso.

Por que facilitou?

Mas por que a oposição se deu a esse trabalho? Porque prefere Temer no governo, até o fim, sangrando, como dizem.

A sua queda agora seria a ascensão ao Planalto do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), acompanhado de uma turma da pesada que quer o extermínio do PT.

Além do mais, com Temer desgastado, sua popularidade no volume morto e denunciado - e também por estar fazendo reformas impopulares e aumentando impostos -, teoricamente crescem as chances de o PT voltar ao poder em 2018.

Muitos eleitores imaginam, todavia, que a oposição compareceu em peso à sessão da Câmara, com seu teatro mambembe, para votar contra Temer, por ser implacável com a corrupção, defender a ética na política e ter compromisso com o país. Me engana, que eu gosto!

Foto: Divulgação/CCom

Wellington Dias: audiência no Supremo

Audiência no STF

O governador Wellington Dias participou, ontem, de audiência no Supremo Tribunal Federal, com o governador da Bahia, Rui Costa, e a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia.

Na pauta da audiência, questões como o Salário-Educação e o reajuste dos depósitos judiciais.

Multa na JBS

O Grupo JBS/Fribou vai saber agora o quanto pesa a mão do governo que ele quis derrubar.

O Cade multou a JBS em R$ 40 milhões por desfazer a compra da Rodopa Indústria e Comércio de Alimentos Ltda e da Forte Empreendimentos e Participações fora dos parâmetros definidos na revisão do Acordo em Controle de Concentrações (ACC) assinado pelo frigorífico, na aquisição das duas empresas – aprovada pela autoridade antitruste em agosto de 2014.

Descumprimento

O Tribunal do Cade homologou parecer da Coordenadoria-Geral de Estudos e Pareceres da Procuradoria Federal Especializada junto ao Cade que calculou a aplicação de multas pelo descumprimento de termos assinados no ACC.

Em outubro passado, o Tribunal reanalisou o negócio, já que o desinvestimento de alguns ativos previsto no ACC não fora cumprido até então.

Foto: Pablo Cavalcante/RCV

Valdemar Rodrigues, diretor do Ministério do Meio Ambiente

Deserto no Piauí

O Piauí perdeu uma área de 200 mil hectares de caju na região de Picos, que está ameaçada de se transformar em um deserto. Os cajueiros da região morreram com a seca e estão virando carvão.

A revelação foi feita ontem, na Rádio Cidade Verde, pelo diretor do Departamento Nacional de Desenvolvimento Rural e Sustentável e de Combate à Desertificação do Ministério do Meio Ambiente, professor Valdemar Rodrigues.

Projeto

Ele disse também que foi elaborado um projeto que prevê o investimento de 100 milhões de dólares para combater a desertificação no semiárido do Piauí.

A proposta será apresentada hoje, no encerramento da reunião de implementação de políticas públicas de combate à desertificação, promovida pelo Ministério do Meio Ambiente, em parceria com o Tribunal de Justiça do Piauí e o Tribunal de Contas do Estado. 

* Depois da vitória na Câmara, o presidente Michel Temer disparou telefonemas para seus eleitores, começando pelo presidente da Casa.

* A todos agradeceu o voto e disse a cada um que a vitória era do parlamento e da democracia.

* O ex-senador e ex-governador Freitas Neto faz hoje a palestra da primeira edição do Movimento Municipalista, em Picos.

* O evento será realizado de 8 às 14 horas, no Centro de Treinamento Diocesano, em Picos.

* O PSB do ex-governador Wilson Martins realiza o seu seminário "Piauí em debate" hoje em Bom Jesus. Na Câmara Municipal, a partir das 8 horas.

As farpas dos conselheiros

Os conselheiros Luciano Nunes e Kennedy Barros, do TCE, andam se estranhando nos debates do plenário da Corte. Tem dia que evitam citar o nome um do outro. Ontem, por exemplo, o presidente Olavo Rebelo precisou se ausentar da sessão e passou a presidência dos trabalhos para Luciano Nunes. Já sentando na cadeira de presidente, Luciano precisou repassar a condução dos trabalhos para Kennedy, mas deu uma volta:

- Solicito que o conselheiro mais antigo em plenário assuma a presidência, para que eu possa relatar o processo que está sob minha responsabilidade.

Kennedy sentou-se na cadeira de presidente e deu o troco, em tom de brincadeira:

- Com a palavra, o conselheiro mais idoso. 

E agora, Brasil?

Aconteceu o previsto: o presidente Michel Temer derrubou, com folgada maioria, o processo que pedia autorização para investigá-lo por crime de corrupção passiva. A oposição fez muito barulho, como era seu papel, mas não apareceu com os votos necessários nem para ameaçar o presidente de ser afastado do cargo.

A Câmara dos Deputados votou ontem o relatório da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), de autoria do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), que recomendou a rejeição da denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente.

A votação

Para que a denúncia tivesse andamento no Supremo, eram necessários 342 votos (dois terços dos 513 deputados). A oposição, contando com os dissidentes do governo, chegou a 227. O governo recebeu 263 votos. Precisava de apenas 172 para se livrar do processo e sua meta era chegar a 256, a maioria simples da Câmara. Os 19 ausentes e as duas abstenções contam a favor do governo, o que amplia a sua vantagem para 284.

A abertura de processo no Supremo – o que implicaria o afastamento do presidente por até seis meses – dependia de autorização da Câmara. Com a decisão dos deputados, o Supremo só poderá apreciar a denúncia contra Temer após a conclusão do mandato do presidente, que vai até 31 de dezembro de 2018.

A expectativa do país, agora, é saber qual será a sua nova agenda: ou retoma a crise política, com nova denúncia do procurador-geral da República, ou se volta para a busca de solução dos graves problemas econômicos.

Foto: Divulgação

Freitas Neto, diretor da Fiepi

Energia mais cara

O diretor de assuntos econômicos da Federação das Indústrias do Piauí (Fiepi), Freitas Neto, alertou ontem para o impacto do aumento tarifário da energia nas indústrias piauienses.

“Esse aumento dá um impacto de 5% na conta de energia. O empresário obrigatoriamente tem que repassar custos, na medida em que o produto é onerado ele tem que repassar custos, sob a pena de falir. Ele não pode produzir tendo prejuízos”, observou.

Efeito cascata

O diretor da Fiepi lembrou ainda que o país pegou recentemente o aumento de impostos sobre os combustíveis, que alcança toda a cadeia produtiva.

“Além da bandeira e dos impostos federais recentemente aumentados, o Governo do Estado também mandou uma proposta de aumento de impostos de ICMC sobre combustíveis, energia e comunicações. Isto tudo junto onera de mais o custo de produção e recai sobre a população,” alertou.

O empresário Reginal Carvalho faz palestra no Senac Timon

Palestra

O empresário Reginaldo Carvalho, presidente do Grupo Comercial Carvalho, fez palestra para alunos do Senac Timon sobre mercado de trabalho e perfil do colaborador.

O empresário dividiu com os alunos sua experiência de mais de 30 anos à frente da maior rede de supermercados da região, além de contar sua história de vida e dar dicas para os futuros gestores.

Mais juízes

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Erivan Lopes, anunciou ontem a nomeação de 16 juízes substitutos aprovados no último concurso.

Com o ato, o Tribunal de Justiça passa a contar com magistrados em todas as Comarcas do estado, segundo Erivan Lopes.

Foto: Divulgação

A volta às aulas - Ontem, na reabertura do ano letivo nas escolas municipais, o prefeito Firmino Filho lembrou-se do tempo em que era conhecido como ‘Prefeito Criança’. Nas 303 escolas municipais estudam cerca de 100 mil alunos.

* O Tribunal de Contas do Estado acionou a sua Divisão de Fiscalização para apurar a reclamação sobre a reforma do Porto das Barcas, em Parnaíba.

* A reclamação foi feita ao TCE pela Associação Piauiense de Empresários de Obras Públicas (Apeop).

* Boa parte dos recursos oriundos dos empréstimos feitos pelo Piauí está sendo pulverizada em construção de calçamento, obra de prefeitos.

* O presidente nacional do PTC, Daniel Tourinho, passou ontem à tarde por Teresina e se reuniu com o presidente do partido no Piauí, deputado Evaldo Gomes.

Arco e flecha

O prefeito de Parnaíba, Mão Santa, convidou índios pataxós que vendem raízes na Praça da Graça para tomar um cafezinho com ele, em seu gabinete. Ao final da visita, o prefeito comentou:

- Recebi índio verdadeiro, os pataxós, e eles me deram arco e flecha para acabar com o PT.

Economia avança, na contramão da crise

Na contramão da prolongada crise política, a economia está dando sinais de melhora no Brasil.

A inflação dos últimos 12 meses está em 3,5%, contra mais de 10% de um ano atrás.

Os juros também estão caindo. Pela primeira vez em quatro anos, a taxa básica está abaixo de dois dígitos.

Após a sétima queda seguida, os juros caíram para 9,25% ao ano. Em maio de 2016, a taxa era de 14,25%.

A produção industrial também reage. Ela cresceu 4% em relação a maio do ano passado. É o melhor semestre do setor em quatro anos.

E o dólar apresentou em julho uma queda de 6%, a maior em 13 meses e a mais forte para meses de julho desde 1999. O dólar fechou ontem a 3,10.

A quem interessa a crise?

O Brasil começa, enfim, a aprender a caminhar separado da política. O país passa a entender que a crise política só interessa mesmo aos políticos, pois se trata de uma mera disputa de poder entre eles.

Que, nesse novo caminho que começa trilhar, o Brasil possa acelerar o passo, dar passadas mais largas e mais seguras e alcance, por fim, a retomada do crescimento econômico, com estabilidade, geração de emprego e mais tranquilidade para seu povo. Chega de crise!

Foto: Divulgação

Novos ônibus equipados com ar-condicionado e Wi-Fi

Mais ônibus

Até o final do ano, Teresina terá em circulação mais de 100 ônibus novos equipados com ar-condicionado e Wi-Fi.

Hoje, mais de 60 ônibus desse nível já circulam na cidade.

Refrota

Os novos ônibus serão adquiridos através de financiamento do Refrota, um programa lançado pelo Governo Temer para renovar a frota de ônibus urbanos do país.

O crédito colocado à disposição das empresas é de R$ 3 bilhões.

Pioneira

Teresina é a primeira capital do país a assinar contrato com o Refrota, financiado pela Caixa Econômica Federal.

Os novos ônibus vêm com cinco portas e são adaptados para os novos corredores em implantação na cidade.

Reitores

Será realizada na sexta-feira, 4, em Teresina, a terceira reunião da Diretoria e do Conselho Fiscal do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB). 

O encontro será liderado pelo presidente do GCUB, gestão 2016-2018,  o professor Arimatéia Dantas, reitor da UFPI.

Ele receberá no Salão Nobre reitores de oito universidades federais e estaduais brasileiras.

Pauta

O encontro é para discutir a organização da X Assembleia Geral e do IX Seminário Internacional do GCUB, que ocorrem na Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) , de 23 a 27 de outubro de 2017, além de propor alterações no Estatuto do GCUB, entre outros assuntos.

A missão do Grupo é promover relações acadêmicas, científicas e culturais entre as instituições associadas e parceiros internacionais, por meio de programas, projetos e ações de cooperação internacional, bilaterais e multilaterais.

Lula vem aí!

Marcolândia, Picos e Teresina são as cidades que o ex-presidente Lula visitará nos dias 1,2 e 3 de setembro. O percurso será feito de ônibus.

A informação é do presidente do PT no Piauí, deputado federal Assis Carvalho, que participou na segunda-feira de reunião dos presidentes de diretórios do Partido dos Trabalhadores, em São Paulo.

Os eventos no Piauí fazem parte do roteiro de uma caravana que vai percorrer o Nordeste durante 21 dias, começando pela Bahia, no dia 17 de agosto, e terminando no Maranhão.

A mala

O deputado federal Rodrigo Martins (PSB) confirmou voto pela aceitação da denúncia do procurador-geral da República contra o presidente Michel Temer.

Ele disse que tem certeza que a mala com os R$ 500 mil que estava com o ex-deputado Rodrigo Rocha Lores era para o presidente da República.

Ô vantagem!

O Piauí se gaba de ser um dos maiores produtores de energia eólica do Brasil. De que adianta, se não fica com a energia produzida, nem com os impostos e ainda vai ter que pagar bandeira vermelha pela eletricidade que consome?

* O secretário de Segurança, Fábio Abreu, disse que no atual governo foram chamados 1.200 policiais para a PM e a Polícia Civil.

* Os consumidores em débito com a Agespisa receberão dois talões de água este mês.

* Um será com a cobrança da conta em atraso e o outro da Águas de Teresina, a nova empresa que administra o sistema. Tá pouco ou quer mais?

* Formando da Turma de Medicina de julho de 2017, o piauiense Flávio Santos Filho foi agraciado com a Láurea Acadêmica, pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Federal de Pernambuco.

* Ele alcançou o melhor desempenho acadêmico nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. 

Tempos modernos

Do humorista Fraga:

- Dizem que aumentou o diálogo entre os segmentos da sociedade. Mas o que mais se nota na rua é gente falando sozinha.

Temer vai derrubar denúncia na Câmara

Contra muitos prognósticos, profecias e sentenças políticas, o presidente Michel Temer conseguiu sair da sinuca de bico na qual foi metido após a denúncia da Procuradoria geral da República contra ele.

Em pouco mais de dois meses, Michel Temer caminhou de uma situação de crise aguda para uma expectativa de vitória.

A Câmara dos Deputados vota esta semana, provavelmente na quarta-feira, o processo da denúncia por corrupção passiva apresentada contra ele pelo procurador-geral Rodrigo Janot.

Em busca de tábua de salvação, o presidente apegou-se ao que é a sua especialidade: fazer política. Assim, recebeu mais de 160 deputados e senadores, acelerou emendas parlamentares, lançou “pacotes de bondades” e conseguiu manter como aliado o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), que andou sendo picado pela mosca azul para substituí-lo.

Além disso, o presidente se beneficiou das “ruas vazias”. Não porque seu governo tenha aprovação popular. Ao contrário, é o mais reprovado da história, com 95% de rejeição, segundo a última pesquisa do Ibope sobre a avaliação do governo.

Mas ele se aproveitou também o violento desgaste da oposição, que já não tem mais forças para realizar grandes manifestações nas ruas. Como no poema de Carlos Drummond de Andrade, “A festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu”.

Pela contagem mais recente, Temer tem entre 260 a 280 votos para barrar a denúncia contra ele na Câmara. São necessários 172.

A não ser que haja um revés, o que parece muito pouco provável,  o presidente vai saltar mais esta fogueira.

A caminho do PR

O secretário de Segurança, deputado federal Fábio Abreu, faz sondagens para tomar a sua decisão sobre a saída ou não do PTB. Se dar o passo na direção da porta de saída, tomará o rumo do PR.

Embora a decisão da filiação partidária possa ser tomada agora, ela só se efetivará em abril do próximo ano, com a reabertura da “janela partidária”.

Mudanças

Na atual legislatura, três membros da bancada federal do Piauí já mudaram de sigla. Eleito pelo PTB, o senador Elmano Férrer filiou-se ao PMDB no início deste ano.

O deputado Mainha trocou o SD pelo PP e Silas Freire, o PR pelo Podemos.

Metade muda

Mais dois deputados federais estão em vias de deixar seu partido, Átila Lira e Heráclito Fortes, ambos do PSB.

Os dois votam com o governo Temer e o PSB quer derrubar o presidente a qualquer custo.

Com isso, metade da bancada na Câmara terá mudando de partido na atual legislatura.

Concurso da PM

O Ministério Público Estadual recomendou ao Governo do Piauí que republique a relação de classificados do concurso da PM. Na lista divulgada semana passada, foram relacionados somente os 480 aprovados.

O Governo alterou o edital do concurso para limitar o número de aprovados, o que, no entendimento do MP, é uma ilegalidade.

Quem entra

Por isso, o Ministério Público quer que sejam listados todos os candidatos que, cumulativamente, alcançaram a pontuação igual ou superior a 60% do total de pontos da prova escrita objetiva e obtiveram, no mínimo, 50% do total de pontos de cada uma das matérias e estejam dentro do limite de duas vezes o número de vagas previstas.

Dobra

A recomendação, assinada pela 35ª Promotoria de Justiça, cujo titular é o promotor Fernando Santos, pode ensejar um acréscimo de pelo menos outros 480 candidatos classificados com pontuação acima de 60% da prova objetiva, que teve 60 questões, com pontuação máxima de 80. Ou seja, por essa medida, quem atingiu 46 pontos estaria classificado.

Salário parcelado

O Governo do Distrito Federal também pagará os salários do funcionalismo em parcela. A medida começa já este mês. Os salários de agosto serão pagos em duas parcelas.

Outros Estados falidos, como o Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul, já lançaram mão do parcelamento.

* O secretário de Segurança, Fábio Abreu, disse que o Plano Estadual de Segurança do Piauí, em elaboração, não está atrasado.

* Segundo ele, em mais de 250 anos do Piauí nenhum outro plano de segurança foi feito. O dele será o primeiro.

* Da bancada do Piauí, votarão a favor da denúncia contra o presidente Michel Temer: Assis Carvalho (PT), Rodrigo Martins (PSB) e Silas Freire (Podemos).

Votarão contra: Átila Lira e Heráclito (PSB), Marcelo Castro (PMDB), Iracema Portella e Mainha (PP), Júlio César (PSD) e Paes Landim (PTB).

Ação de graças

Um pequeno atraso no início da missa em ação de graças pelo aniversário do deputado federal Heráclito Fortes, ontem, no Santuário da Vila da Paz, foi suficiente para os amigos do parlamentar começarem a brincar.

Ao entrar na igreja, o ex-ministro Joao Henrique, presidente do Sesi, perguntou por que o padre ainda não havia chegado.

O deputado Robert Rios disparou:

- Ele está esperando os fieis.

 

De jeitinho em jeitinho, auxílios chegam a 16 bi

No jeitinho bem brasileiro de ser, eles foram se acumulando e hoje somam uma conta salgada para o país. Refiro-me aos auxílios concedidos à mão-cheia aos servidores públicos, nos níveis federal, estadual e municipal.

Em muitos casos, tais auxílios foram concedidos para complementar os salários dos servidores, corrigindo situações em momentos de achatamento. Em muitos outros, apenas para criar privilégios, pois beneficiaram justamente os servidores que já tinham os salários mais altos. É o exemplo do auxílio-moradia, de R$ 4 mil e 300.

O Brasil paga nove tipos de auxílios a servidores dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além do Ministério Público Federal, da Defensoria da União e do Tribunal de Contas da União. Os Estados, e em muitos casos os municípios, acompanham essa gastança.

Entre os auxílios distribuídos generosamente entre os servidores públicos, estão: transporte, alimentação, assistência médica e moradia.

Esses benefícios consumiram R$ 16,6 bilhões no ano passado, segundo dados do Ministério do Planejamento. 

Esses gastos estão na mira do governo e podem ser os próximos alvos no plano da equipe econômica para enxugar as despesas com pessoal. Mas nem tudo poderá ser reavaliado agora, pois o Executivo não pode interferir nas despesas dos outros Poderes. 

É muito provável que no exame da questão o governo se depare com situações em que o auxílio é imexível, pois já está incorporado à remuneração do servidor ou blindado por algum dispositivo legal ou ato judicial. 

Foto: Divulgação

 Deputado Assis Carvalho briga por vaga de senador para o PT

PT quer o Senado

O presidente regional do PT, deputado federal Assis Carvalho, bateu o pé: o partido não abre mão da vaga de senador em 2018.

Ele garante que a candidatura da senadora Regina Sousa é inegociável.

Há quem veja no gesto firme do parlamentar uma estratégia para ele mesmo ser o candidato do PT ao Senado.

Quem é quem

Nas avaliações internas, o PT reconhece que falta arrojo à candidatura da senadora Regina Sousa, numa disputa que será difícil, pois todos os aliados de peso reivindicam a segunda vaga ao Senado.

Já em relação ao deputado Assis Carvalho, sobra arrojo para disputar a candidatura.

Limpar o nome

O deputado federal Júlio César (PSD) está divulgando, como presidente da Federação da Agricultura do Piauí, que os agricultores já podem se habilitar para liquidar ou renegociar seus débitos, com base em lei aprovada recentemente pelo Congresso.

“Agora é lei. Nós lutamos e conseguimos. Você pode limpar seu nome e se habilitar para novos financiamentos junto ao Banco do Nordeste e ao Banco do Brasil”, informa.

Bolsonaro

Eis que o deputado federal Jair Bolsonaro vem de completar a ópera-bufa de sua candidatura à Presidência da República, com o acerto de sua filiação ao PEN, o Partido Ecológico Nacional.

Ele está filiado ao Partido Socialista Cristão (PSC) e deixa a sigla oficialmente em abril do próximo ano.

Foto: Divulgação

Imagem da maquete digital do Museu da Natureza

Mais um

O Piauí não tem dinheiro para manter com dignidade o Parque Nacional da Serra da Capivara, administrada pelo Fundação Museu do Homem Americano.

Mas já iniciou as obras do Museu da Natureza, no município de Coronel  José Dias.

E a licitação?

A Associação Piauiense de Empresários de Obras Públicas (Apeop) acionou o Tribunal de Contas do Estado para que examine o contrato de reforma do Porto das Barcas, em Parnaíba, sem licitação. A obra está orçada em R$ 8 milhões.

A Apeop achou muito estranha a pressa para recuperação do complexo turístico sem a devida licitação.

Feira da Cidadania - Centenas de moradores de Curimatá e municípios vizinhos, como Júlio Borges, Morro Cabeça do Tempo e Gilbués, foram atendidos na Feira da Cidadania, com emissão de carteira de identidade, registro de nascimento e CPF. Também receberam atendimento odontológico e serviços de corte e cabelo e participaram de atividades artístico-culturais. A abertura da feira, realizada pelo Instituto Conhecer Brasil, em parceria com a Fiepi e o Sesi, foi feita pelo presidente do Serviço Nacional da Indústria, João Henrique Sousa.

* Será hoje, às 8 horas, na Vila da Paz, a missa em ação de graças pelo aniversário do deputado federal Heráclito Fortes.

* Em seguida, o parlamentar retorna a Brasília, para participar, amanhã, da retomada dos trabalhos da Câmara, após o recesso.

* A Câmara vota na quarta-feira o processo da denúncia da Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer.

* As principais lideranças do PT no Nordeste têm um encontro marcado, hoje, com o ex-presidente Lula, em São Paulo. É para discutir a agenda que ele irá cumprir na região em agosto.

Dono na legenda

Ao estilo dos velhos coroneis partidários, o deputado Jair Bolsonaro justifica sua mudança para o PEN:

- O importante é que a legenda é minha. Não vai ter desconfiança em hipótese alguma de alguém trair ali. Você sabe como a política funciona, não é?

TCE vai operar com laboratório móvel que mede a espessura de asfalto

Imagem: Reprodução

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) vai contar com mais uma ferramenta no combate à corrupção na gestão pública. Trata-se do laboratório-móvel, um caminhão equipado com instrumentos que permitirão que se faça com maior precisão a medição da espessura de asfalto, a quantidade de concreto utilizado na obra e o tamanho de uma ponte, por exemplo.

O novo equipamento começa a ser operado em um mês, conforme anúncio do presidente do TCE, conselheiro Olavo Rebelo, em entrevista às ´Páginas Verdes´ da mais nova edição da Revista Cidade Verde. Ele disse que só existem mais dois Estados que contam com laboratórios desse tipo no país.

O presidente do TCE disse que, a rigor, o setor de engenharia do Tribunal já fiscaliza as obras públicas, mas agora essa fiscalização vai melhorar, porque passa a contar com um laboratório específico para esse fim. “Vamos contar com uma condição técnica muito mais avançada, de ponta”, frisa Olavo Rebelo.

O foco do Tribunal, na atual gestão, estará centrado nas licitações públicas. O presidente do TCE estima que 90% das licitações registram fraudes e vícios. “É uma aberração. Não podemos entender como um país ou estado funciona dessa maneira”, critica.

Se essa conduta fraudulenta de muitos gestores assusta o presidente do Tribunal de Contas, imagine a indignação que ela causa à população, que se vê privada de muitos serviços públicos exatamente em decorrência do desvio e da má aplicação dos recursos oficiais. 

Novo pacote fiscal atinge supersalários e auxílio-moradia

Nadando no seco da popularidade, com apenas 5% de aprovação, o presidente Michel Temer não se entrega. Seu governo fecha um novo pacote de ajuste fiscal que vai mexer em caixa de marimbondo. As novas medidas vão atingir diretamente o funcionalismo público.

O objetivo delas é reduzir as despesas com pessoal, a fim de conter a escalada do déficit público. Além do adiamento de reajustes já concedidos e do congelamento de salários daqui para frente, o governo pretende impor um teto para a remuneração total dos servidores federais dos três Poderes.

De acordo com cálculos da equipe econômica, só o fim dos auxílios geraria uma economia para os cofres públicos de cerca de R$ 2 bilhões por ano. O Judiciário está especialmente na mira, pela ampla ocorrência dos chamados supersalários. A folha de pessoal da União chegará a R$ 284 bilhões em 2017.

Acima do teto

Atualmente, já vigora um teto para o salário-base do funcionalismo, que não pode superar o vencimento de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), de R$ 33,7 mil.

Mas a profusão de penduricalhos, como o auxílio-moradia, acaba inflando os contracheques, fazendo com que, na prática, a remuneração extrapole em muito os salários da mais alta Corte.

O Senado já aprovou um projeto que regulamenta o teto remuneratório, enviado pelo governo Dilma, mas falta o aval da Câmara. O governo pretende centrar esforços para desengavetá-lo e aprová-lo o quanto antes.

O governo também vai realizar cruzamentos de dados para acabar acumulações salariais indevidas, considerando, neste caso, União, estados e municípios.

Enquanto o governo prepara o seu pacote para reduzir despesas com o funcionalismo, o Ministério Público Federal, que está no calcanhar do presidente, acaba de se autoconceder um reajuste salarial de 16%. 

Foto: Pablo Cavalcante/RCV

 Deputado Heráclito Fortes: defesa de Wilson Martins

Bate-assopra

O deputado federal Heráclito Fortes (PSB) certamente deve ter gostado da manifestação do presidente regional do PSB, ex-governador Wilson Martins.

Segundo Wilson, a fala do sociólogo Messias Júnior, presidente do PSB de Teresina, sugerindo a Heráclito que caia fora da sigla, não reflete o sentimento do PSB Estadual.

A convite

“Em nosso Partido, todos têm o direito de livre expressão, de concordar ou discordar e, democraticamente, externar suas opiniões, porém, tratar de eventuais discordâncias partidárias internas, publicamente, não constrói, é inoportuno, improdutivo e desagregador”, avisou o presidente estadual do PSB.

Wilson lembrou que Heráclito ingressou no PSB a convite, dele e do governador Eduardo Campos.

“Se elegeu Deputado Federal pelo PSB. É merecedor, portanto, do nosso respeito”, destaca.

Olhar seletivo

O deputado federal Átila Lira está na mesma situação de Heráclito: votando com o governo Temer e sendo assediado a se filiar a outras legendas.

Mas o presidente do PSB de Teresina não fez qualquer menção a ele em seu protesto contra a posição de Heráclito.

Cidadania

O presidente do Conselho Nacional do Sesi, João Henrique Sousa, participa hoje da segunda etapa da Feira da Cidadania, no município de Curimatá, no Extremo-Sul do Piauí.

O evento é realizado pelo Instituto Conhecer Brasil, em parceria com o Sesi e a Federação das Indústrias do Piauí (Fiepi), com serviços e atividades de cidadania para a população.

Quatro cidades

O projeto já esteve em Gilbués e será levado ainda a Avelino Lopes e Redenção do Gurgueia, em agosto.

A realização da feira nesses municípios foi uma reivindicação dos prefeitos dos quatro municípios diretamente ao presidente do Sesi, em Brasília.

Foto: Divulgação/Agência Câmara

Deputado Silas: críticas à segurança, a Wilson Martins e ao governo

Espalhador de brasa

Quem anda espalhando brasa para todo lado é o deputado federal Silas Freire (Podemos). Ele está zangado com a cúpula da segurança no Piauí, com o PSB estadual e com o governo.

Segundo o parlamentar, os dois gestores do aparelho de segurança pública do Piauí – secretário Fábio Abreu, da Segurança, e coronel Carlos Augusto, comandante da PM – fazem política 24 horas com a bandeiras das instituições.

Nova derrota

Outra de Silas Freire: “Só o que falam os políticos em todo Piauí é que se Wilson Martins se lançar a senador com a trinca de ter o irmão a estadual e o sobrinho a federal, ele amargará outra derrota. Dizem os mais experientes que para o Wilsão sonhar com os tapetes do Senado precisará pelo menos demover o sobrinho Rodrigo Martins da ideia da reeleição à Câmara Federal. Errar é humano, mas permanecer errando não é nada inteligente.”

Me engana, que eu gosto

Silas ainda com a palavra: “A chiadeira é geral nos municípios. Segundo os prefeitos, o governador tem feito uma agenda somente de intenção nas cidades. Segundo os gestores, o governador visita o município, assina somente uma autorização para realização de obras, mas sua equipe não tira do papel esses compromissos feito em solenidade pública”.

*O TCE adiou para agosto o julgamento da prestação de contas da Secretaria de Educação relativas a 2015.

* O julgamento estava marcado para ontem. O processo tem parecer favorável do Ministério Público de Contas. Favorável à reprovação.

* O jurista Celso Barros Coelho preside hoje mais uma programação de eventos da Academia de Letras, História e Ecologia de Pastos Bons.

* Quando se preparava para voar para Portugal, o ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras, Aldemir Bendine, foi preso ontem na 42ª fase da Operação Lava Jato.

Mãos ao alto

Do humorista Albert Piauhy:

- Agora o local onde o brasileiro está mais exposto a assalto é o posto de gasolina.

Wilson lança nota sobre posição de Heráclito

Foto: Pablo Cavalcante/RCV

Wilson Martins, presidente do PSB no Piauí

O presidente regional do PSB, ex-governador Wilson Martins, provocado ontem pela coluna, mandou nota sobre a sugestão do presidente do partido em Teresina, sociólogo Messias Júnior, para que o deputado federal Heráclito Fortes afivele as malas e saia do partido.

Messias Junior, que é também da direção nacional, alega que o deputado não acompanha as decisões do partido no Congresso Nacional, uma delas a de votar a favor da denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer. Eis a nota do presidente estadual do PSB no Piauí:

“Vivemos momento adverso em nosso país, que atinge em cheio a classe política e, indistintamente, as agremiações partidárias.

Em momentos de crises como este, é importante a prudência e, sempre que possível, construir saídas através do diálogo, do entendimento.

A fala do Messias não reflete o sentimento do PSB Estadual. Em nosso Partido, todos têm o direito de livre expressão, de concordar ou discordar e, democraticamente, externar suas opiniões, porém, tratar de eventuais discordâncias partidárias internas, publicamente, não constrói, é  inoportuno, improdutivo e desagregador.

O deputado Heráclito Fortes tem sua história, uma extensa folha de serviços prestados ao Piauí. Veio a convite, meu e do saudoso Governador Eduardo Campos. Se elegeu Deputado Federal pelo PSB. É merecedor, portanto, do nosso respeito.

Não sei o que o futuro nos reserva, porém, tenho a convicção, que aqui, estaremos juntos, entrincheirados, resistindo e não haveremos de desistir do Piauí.”

Foto: Pablo Cavalcante/RCV

A senadora Regina Sousa visita 11 municípios

Nas bases

A senadora Regina Sousa (PT) vai aproveitar o último final de semana do recesso parlamentar para visitar e conversar com moradores de 11 municípios da região Sudeste do Piauí, na microrregião de São Raimundo Nonato.

Ela viaja hoje e cumpre agenda até dia 29.

Em suas visitas, a senadora fala sobre os prejuízos causados na vida do trabalhador pela reforma da Previdência, a reforma trabalhista e outros temas.

Hotel

De José de Freitas, chega a informação de que a Prefeitura repassou para um auxiliar do prefeito o Hotel Municipal.

O Ministério Público será acionado, pois se trata de um bem público entregue a terceiros.

Temer bate recorde

O presidente Michel Temer bateu um novo recorde, de impopularidade. Nunca antes neste país um presidente foi tão rejeitado, segundo o Ipsus.

Com 94% de desaprovação, o presidente abra o olho: vai acabar sendo reprovado até pela primeira-dama Marcela Temer.

A nova pesquisa foi feita antes do aumento do Pis-Cofins que impactou no reajuste dos preços dos combustíveis.

Economia

Apesar da gigantesca desaprovação, o “Fora Temer!” sumiu das ruas. Talvez a explicação esteja na economia.

Ontem, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central cortou em um ponto percentual a taxa básica de juros – que caiu de 10,25 para 9,25 ao ano. Foi a sétima queda seguida.

Como era

É a primeira vez que os juros estão abaixo de um dígito em 4 anos. O país registra também a menor inflação em uma década.

Quando Temer assumiu a presidência, em maio do ano passado, a taxa de juro estava em 14,25 por cento, a maior em dez anos.

Pesar

O governador Wellington Dias assinou nota de pesar, ontem, pela morte de Alirya Costa, filha do presidente do Institutos das Águas do Piauí, Francisco Costa, ex-secretário de Saúde, vítima de trágico acidente automobilístico na noite de terça-feira, na BR-230, entre Floriano e Nazaré.

“Ao mesmo tempo, torço muito para que sua ex-esposa, Sara Jane, e a outra filha, Alycia Costa, que estão internadas em estado grave, se recuperem plenamente”, diz a nota.

A deputada Rejane Dias, secretária de Educação, também manifestou seu pesar pelas redes sociais.

Olho nele!

Leonardo Boff postou nas redes sociais que teme que dentro de pouco tempo haja sequestros e terrorismo no Brasil, em reação aos excessos do governo.

Boff teme mesmo ou está sugerindo o que diz temer?

Imagem: Reprodução

Salão de Humor – Será no domingo, a partir das 18 horas, no piso superior do Teresina Shopping (em frente à Praça de Alimentação), a abertura do 9º Salão Medplan de Humor. O casamento é o tema do evento. Artistas de todo o Brasil e de diversos países inscreveram trabalhos. 

* Será realizado amanhã, a partir das 8 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Teresina, o Congresso Estadual do PSC.

* O evento contará com a presença do presidente nacional do partido, pastor Everaldo Pereira, informa o presidente estadual da sigla, Tiago Vasconcelos.

* O Ministério Público Federal avalia que a situação do país é muito boa, economicamente, e se atribuiu um aumento salarial de 16%!

* O TCE julga hoje as contas da Secretaria de Educação relativas a 2015, com parecer do Ministério Público de Contas pela reprovação.

Teresina hoje

Das redes sociais:

- Ônibus: R$ 3,30

- Gasolina: R$ 3,70

- A pé: seu celular

- De bike: sua bicicleta

- Saiu de carro: multa

Moral da história: de qualquer forma você será assaltado.

Quem não está acostumado, estranha!

Foto: Cidadeverde.com

Conselheiro Olavo Rebelo: voto não tranquiliza gestores

Historicamente, o Tribunal de Contas do Estado sempre pesou a mão contra os prefeitos dos pequenos municípios, aqueles cujo coeficiente do FPM é 0.6, o menor de todos. Gestores, portanto, de receitas pequenas e sem um bom aparato técnico-burocrático para organizar sua contabilidade.

Ao mesmo tempo, o Tribunal também fez vistas grossas para os gastos dos gestores de costas largas. De uns tempos para cá, no entanto, o TCE vem revendo a sua posição e também os gestores que mexem com muitos recursos passaram a ter suas contas examinadas com lupa pelo Tribunal.

A nova fase

O primeiro órgão a entrar no radar no TCE, nessa nova fase, foi a Assembleia Legislativa, que teve reprovadas as suas contas do exercício financeiro de 2012 e viu alma de bigode para aprovar as relativas a outros anos. Hoje a Assembleia está com suas contas organizadas.

A seguir, foi a vez da Agespisa passar por um sufoco para aprovar suas contas referentes à gestão do hoje deputado federal Assis Carvalho (PT). Até então, as contas da empresa eram continuamente aprovadas pelo TCE, apesar de, a cada ano, ela dar um passo na direção do buraco que à levou à privatização.

No final do ano passado, o TCE  barrou o processo de licitação da subconcessão da Agespisa, a maior do setor no país. O Governo do Estado foi bater à porta do Tribunal de Justiça para levar o processo adiante. O caso foi parar no Supremo Tribunal Federal.  

Na semana passada, o Tribunal de Contas se dividiu no julgamento de um processo bloqueando R$ 228 milhões da Prefeitura de Teresina referente aos recursos do Fundef obtidos através de precatório. O desempate contra a Prefeitura saiu com o voto de minerva do presidente da Corte, conselheiro Olavo Rebelo. A questão será analisada em seu mérito em agosto.

Voto de risco

Amanhã, o TCE examina a prestação de Contas da Secretaria Estadual de Educação, referente ao exercício de 2015. O detalhe é que o processo tem parecer contrário do Ministério Público de Contas. Então, se sair novamente um 3 a 3, como na votação do processo da PMT, caberá ao presidente desempatar a votação.

Depois do julgamento dos processos da Agespisa e da Prefeitura de Teresina, o voto do conselheiro Olavo Rebelo passou a ser uma dor de cabeça para os gestores.

Foto: Divulgação

Piauienses homenageados pelo Governo de Goiás

Homenagem

O governador de Goiás, Marconi Perilo (PSDB), só pode é estar em campanha para presidente da República. Pois ele deu uma de Mão Santa e está distribuindo para políticos de todo o país a medalha da Ordem do Mérito Anhanguera.

A cerimônia de entrega da comenda foi realizada ontem, na cidade de Goiás Velho.

Piauienses

Trata-se da mais alta honraria conferida pelo governo daquele estado. Várias personalidades, como ministros, prefeitos, presidentes de federações de todo o País foram homenageados.

Do Piauí, o governador Wellington Dias e o deputado Luciano Nunes também foram condecorados com a medalha.

Ação de graças

O deputado Heráclito Fortes (PSB) receberá familiares, amigos, políticos e empresários, na segunda-feira, para a tradicional missa em Ação de Graças pela passagem do seu aniversário, o 67º.

A celebração acontece há quase 20 anos e sempre no mesmo local: a Vila da Paz, devido à boa relação de Heráclito desde que ele foi prefeito de Teresina e contribuiu para o implemento de projetos sociais na comunidade, como o Complexo Vila da Paz, ao lado do Padre Pedro Balzi.

A missa acontecerá às 8h, na Capela da Via Sacra.

Sai, Heráclito!

A propósito, o presidente do PSB de Teresina, Messias Junior, membro da Executiva Nacional do partido, mandou um recado curto e grosso ao deputado Heráclito Fortes: “A porta de entrada [do partido] também serve para a saída”.

O aviso foi em resposta a insistência do parlamentar em continuar votando a favor dos interesses do Governo Temer e desobedecendo as orientações do diretório nacional que decidiu deixar a base governista.

Calou por quê?

No Piauí, o presidente regional do PSB, ex-governador Wilson Martins, nada disse sobre o recado de Messias Júnior.

O silêncio do ex-governador sinaliza que ele concorda em gênero, número e grau com o que disse o dirigente municipal.

Só que ele mesmo não quer dizer.

Municipalismo

O ex-senador Freitas Neto, atual diretor da Fiepi, recebeu convite para proferir palestra na 1º. Movimento Municipalista da Associação dos Municípios do Vale do Itaim e da Associação dos Municípios da Microrregião de Picos.

O evento será realizado no dia 4 de agosto, em Picos, com o tema “Pauta Municipalista: União e Fortalecimento”.

Evangélicos

Começa hoje e vai até sábado, em Teresina, a 6ª Escola Bíblica de Obreiros.

Um culto solene abre o evento, às 19 horas, na Assembleia de Deus – Campo Encontro das Águas, na Alameda Isidoro França, bairro Poti Velho.

O evento reúne pastores, evangelistas, missionários, presbíteros, diáconos e seminaristas.

*O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí, realizará palestra Os Impactos da Reforma Trabalhista nas Empresas da Construção Civil.

*A palestra será hoje (26), a partir das 19h00, na sede da instituição, em Teresina. O evento conta com o apoio do Sindicato das Indústrias da Construção no Estado do Piauí, Sinduscon.

*A palestra será ministrada pelo advogado Leonardo Cerqueira e Carvalho, secretário-geral da OAB-PI.

* O Conselho Nacional de Justiça concedeu liminar determinando ao Tribunal de Justiça do Piauí que se abstenha de promover a nomeação dos candidatos aprovados no concurso público para juiz substituto. 

* A ação foi interposta por candidatos que concorreram às vagas destinadas a portadores de necessidades especiais, mas não tiveram seus nomes divulgados na lista final de aprovados. 

Pedagogia do aborrecimento

Do humorista Fraga:

- O aborrecimento funciona assim: pessoas aborrecidas aborrecem umas às outras; pessoas aborrecidíssimas se aborrecem sozinhas.

Políticos criam Fundão para eleições 2018

Os políticos perderam o direito ao financiamento de suas campanhas através dos cofres das empresas, mas não perderam a criatividade para arrecadar fundos para suas candidaturas.

O relator da reforma política na Câmara Federal, deputado Vicente Cândido (PT-SP), incluiu em seu parecer proposta que vincula o valor a ser gasto nas campanhas do ano que vem à receita líquida do governo federal.

Com isso, o Fundo Eleitoral com dinheiro público que será criado para bancar as candidaturas de 2018 poderá ir a R$ 6 bilhões, mantidas as previsões do Ministério do Planejamento para este ano.

Inicialmente, o valor que estava sendo discutido era de R$ 3,5 bilhões. Para valer em 2018, esse Fundão deve estar aprovado antes de outubro próximo.

Rateio

A ideia dos líderes partidários em Brasília é que o fundo seja alimentado com recursos previstos no Orçamento e 10% do valor destinado a emendas parlamentares em anos eleitorais, calculado em cerca de R$ 2 bilhões.

Diferentemente do Fundo Partidário, que hoje chega a quase R$ 900 milhões por ano, o Fundo Eleitoral só existirá de dois em dois anos, quando houver eleições.

Diante, porém, da falta de recursos para a saúde e segurança, por exemplo, o eleitor seguramente não receberá com bons olhos mais essa esperteza dos políticos, que querem meter a mão no cofre público para fazer seus cartazes, montar seus palanques e custear suas viagens em busca de voto.

Interdição

A Superintendência da Polícia Rodoviária Federal no Piauí vai bater à porta do Ministério Público Federal para aplicar a resolução que proíbe a circulação de carretas na BR-135 à noite.

O trecho indicado para a adoção da medida é o que fica entre os municípios de Eliseu Martins e Cristalândia, mais conhecido como “a estrada da morte”.

Foto: Reprodução/Teresina Meu Amor

O Grupo Escolar Domingos Jorge Velho foi inaugurado em 1935

Homenagem

Em 2007, o governador Wellington Dias inaugurou, com pompa e circunstância, o Memorial Zumbi dos Palmares.

Um espaço novo? Não! O governo simplesmente pegou o tradicional Grupo Escolar Domingos Jorge Velho, inaugurado em 1935, na Avenida Miguel Rosa, por ele desativado, deu uma mão de tinta no prédio, raspou o nome do homenageado e lá mandou escrever em letras garrafais o nome do guerreiro Zumbi.

Justiça

Na ótica do governo, a Justiça estava, enfim, feita: caía Domingos Jorge Velho, o exterminador de índios, e subia ao trono da memória histórica do Piauí o valente Zumbi, defensor dos negros!

O foguete comeu solto nos céus da Chapada do Corisco.

Zumbi destronado

Pois bem! Apenas dez anos depois, Zumbi dos Palmares é destronado e o Memorial que tinha o seu nome passa a se chamar agora Esperança Garcia, depois de ganhar uma nova reforma.

O Memorial Esperança Garcia, ex-Zumbi dos Palmares, será reaberto hoje.

Foto: Divulgação

Esperança Garcia destrona Zumbi, que destronou Domingos Jorge Velho, e dá nome ao memorial

* Sai hoje o resultado do concurso da PM, quando a Uespi divulgará a relação dos 480 aprovados para a próxima fase.

* Os médicos credenciados pelo IPMT e Plante, da Prefeitura de Teresina, suspenderam ontem o atendimento por uma semana.

* Com a paralisação, eles reivindicam reajuste para os valores dos procedimentos.

* O aumento nos preços dos combustíveis nunca foi solteiro. Ele sempre vem acompanhado de outros.

Nervos de aço

Do presidente nacional do PTB, ex-deputado federal Roberto Jefferson:

- Como dizia Mão Santa, atentai bem, povo brasileiro. Com o PT de volta ao poder, a Venezuela vai ser aqui. Uma tirania violenta de esquerda.

Posts anteriores