Cidadeverde.com

Polícia prende acusado de estuprar mãe e filha em Corrente

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (03) o homem identificado como Josemário Ribeiro da Cunha, acusado de estuprar mãe e filha no município de Corrente, a 874 km de Teresina. A operação contou com policiais da região e o reforço do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco).


De acordo com o delegado regional Rodrigo Morais Matos, em 2011 Josemário estuprou a enteada, foi preso no presídio de Bom Jesus, mas teve concedida sua liberdade provisória. "Quando a mãe da menina descobriu o fato, naturalmente separou-se do acusado. Inconformado com a situação e em liberdade, Josemário foi atrás da mãe da menina, sua ex-mulher, e a estuprou”, contou o delegado a um portal local.

A Polícia Civil representou pela prisão preventiva do estuprador. O delegado acrescenta que os casos de estupro estão se tornando recorrentes no município e nesse tipo de crimes é necessário o auxílio de reforço policial.

Josemário Cunha foi preso fazendo compras em uma farmácia na cidade de Corrente. Ele é gari e trabalha em uma empresa terceirizada que presta serviço para a Prefeitura Municipal. 

A pena máxima para estupro de incapaz é de 15 anos e pelo estupro da ex-companheira ele pode pegar até 12 anos. Somando as duas penalidades, Josemário Cunha poderá ser condenado a 27 anos de reclusão. 

O acusado será transferido ainda nesta quarta-feira para o presídio de Bom Jesus.

Rayldo Pereira
Com informações de Portal Corrente
rayldopereira@cidadeverde.com

Ponte desaba e caminhão com 20 toneladas de cascalho cai em rio

Uma ponte de madeira na zona rural do município de Corrente, a 874 km de Teresina, desabou com o peso de um caminhão carregado com aproximadamente 20 toneladas de cascalho. O caso ocorreu na localidade Calumbi e o motorista-que não teve a identidade revelada- saiu ileso. 

                              Fotos: Portalcorrente

O secretário de Urbanismo e Trânsito, Narciso Amaral, acompanhado pelo Controlador Interno do Município, José Aleixo Alves Xavier, estiveram no local nesta terça-feira (02) para avaliar os danos.

Segundo o secretário, a ponte rompeu devido ao peso do caminhão. “Esta ponte não foi construída para suportar o peso de uma caçamba como essa, com mais de 20 toneladas. Além disso, a passagem foi construída há 23 anos e infelizmente a madeira tem uma vida útil muito menor que o concreto, em casos de pontes”, avalia o secretário.



Narciso Amaral destaca ainda que, em 2013, foram realizados reparos na cabeceira da ponte, obras que teriam sido completamente destruídas pelo rio, durante o inverno.

“Na ocasião, reconstruímos totalmente uma das cabeceiras da ponte com concreto. Quanto à parte de madeira, substituímos as que estavam danificadas, porém a estrutura dela não foi reformada, pois não apresentava nenhum dano”, esclareceu.

O Controlador Interno, José Aleixo, ressalta que técnicos estão realizando uma avaliação dos destroços, para construção de uma nova ponte, ainda sem data para ser concluída. 


Graciane Sousa
gracianeosousa@cidadeverde.com
Com informações Portalcorrente

Sanfoneiro agredido com foice vai à delegacia e pede para soltar acusado

Um sanfoneiro foi agredido com golpes de foice na cabeça e no pescoço em um bar no município de Corrente, a 874 km de Teresina. O caso foi registrado há dois dias e o fato curioso é que a própria vítima, identificado como José Carlos Ribeiro da Silva, 39 anos, foi à delegacia e pediu a soltura do acusado.



"O suspeito chegou a desferir dois golpes na vítima, um na cabeça e outro no pescoço. No momento em que iria desferir o terceiro golpe, a Polícia Militar chegou no local e prendeu o acusado em flagrante delito. Não houve motivação para o crime e o suspeito estava sob efeito de bebida alcoólica", disse o delegado Rodrigo Morais. 

Após ser socorrido e submetido ao procedimento de sutura no hospital, o sanfoneiro foi à delegacia, implorar pela liberdade do acusado. O delegado conta que a atitude da vítima surpreendeu até mesmo a polícia. 


"Nunca vi isso. A vítima geralmente pede para liberar o acusado em casos da Lei Maria da Penha. Acredito que o sanfoneiro fez isso por medo, mas mesmo assim nada muda e o acusado será indiciado por tentativa de homicídio", explica o delegado. 

Conhecido como "Valentão da Jacolândia", 35 anos, o acusado já responde pelo crime de roubo e continua preso na 10ª Delegacia Regional em Corrente. A vítima passa bem. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Vagas no Enem 2015 para o curso de Direito podem ser suspensas

A Câmara de Vereadores de Corrente aprovou por unanimidade, requerimento do vereador Edilson de Araújo Nogueira, para reaver a suspensão da oferta do curso de Bacharelado em Direito, nas vagas do Enem/Sisu 2015, no município. A solicitação foi aprovada em sessão ordinária e será enviada ao reitor da Universidade Estadual do Piauí- Uespi, Nouga Cardoso Batista.


“A comunidade de Corrente foi pega de surpresa com a suspensão da oferta do curso de Direito no ano de 2015. Os pais que não possuem condições sociais e que têm a expectativa e o sonho de ver o seu filho cursando Direito, à eles, neste momento, é cerceado o direito à Educação. Os vereadores esperam que a decisão seja repensada”, disse o vereador Edilson de Araújo, líder do governo na Câmara.

A notícia da suspensão da oferta do curso no ano de 2015 gerou revolta e indignação de alunos de todos os cursos do campus, pois há o consenso da importância da graduação para o município. Os estudantes articulam, inclusive, a realziação de protestos e manifestações.

A coordenadora do curso de Direito da Uespi, Nehandeara Nazira Guerra, também se posicionou contra a suspensão da oferta de vagas para o curso.

“Houve uma reunião do Conselho do campus, que contou com a presença de um grande número de professores e acadêmicos do curso de Direito, onde o assunto foi amplamente debatido e o consenso da maioria foi de que a oferta do curso não deveria ser suspensa. Posteriormente apenas fomos informados de que não haveria oferta no ano de 2015”, disse a coordenadora. 

Nehandeara Nazira destaca ainda que problemas estruturais no campus e o déficit no número de professores, em várias áreas, não justificativas para a suspensão.  

“É raro o semestre em que não temos problemas com relação às disciplinas a serem ministradas e o número insuficiente de professores, mas sempre encontramos uma solução. De forma alguma seria esta a justificativa para a suspensão da oferta do curso. Ainda mais agora, que conseguimos trazer a 1ª fase do Exame de Ordem dos Advogados para o município, dada a grande quantidade de bacharelados na região. Temos quatro turmas cheias, com muito poucas vagas sobrando, é o curso com a maior quantidade de acadêmicos do campus”, destacou.


Por outro lado, em entrevista ao Cidadeverde.com, o reitor da Uespi, Nouga Cardoso Batista, explica que a oferta de cursos em todos os campus para o ano de 2015 será discutida apenas em outubro. 

"Não podemos falar em uma decisão que ainda não ocorreu. A oferta do curso de Direito e demais áreas em Corrente e em todos os outros municípios só será decidida no fim no mês de outubro. Porém, de fato, só serão ofertados cursos onde houver uma estrutura mínima pois não adianta chamar os alunos para dentro da Uespi se não tiver professores suficientes e se o Governo do Estado não fizer contratações", explica Nouga Cardoso.



Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Aumenta número de denúncia contra carros com som alto

O número de denúncias de moradores que reclamam do volume de carros de som no município de Corrente, a 874 km de Teresina, tem aumentado nos últimos meses. Segundo o superintendente de Trânsito e sargento da Polícia Militar, Valentin Sales, por fim de semana, são registrados em média cinco denúncias, e a maioria dos casos no município envolvem bares. 


"Com as eleições, o número de casos envolvendo candidatos políticos subiu, mas em Corrente, a grande incidência ainda é em estabelecimentos comerciais e bares. Por fim de semana, tínhamos uma média de duas denúncias e agora este número subiu para cinco", explica o  superintendente de Trânsito e sargento da Polícia Militar, Valentin Sales.

Na semana passada, proprietários de bares e donos de carros de som, motos e paredões participaram de reunião no 7° Batalhão de Polícia Militar de Corrente, para esclarecer pontos da lei municipal n° 448/2009 que regulamenta a circulação de veículos de propagandas e determina horários de transitação.


“A Polícia Militar recebe, diariamente, denúncias sobre abuso no volume do som dos carros e paredões, tirando a tranquilidade das pessoas. Muitas dessas denúncias têm sido encaminhadas ao Ministério Público e o promotor Rômulo Cordão nos enviou um ofício, comunicando o fato e solicitando providências da corporação”, disse o superintendente de Trânsito.

De acordo com a lei municipal, o trânsito de veículos de propaganda comercial é permitido das 8h às 12h e das 14h às 19h, com volume máximo de 50 decibéis, exceto aos domingos e feriados. Já para propaganda eleitoral, a lei autoriza a circulação dos veículos das 8h às 22h. 

“Na reunião esclarecemos todas as regras e leis que regulamentam a prática e esperamos bom senso de todos que estiveram presentes. De qualquer forma, qualquer cidadão que sentir-se incomodado pelo abuso no volume do som de algum veículo, independentemente do horário, a denúncia pode ser feita diretamente ao 190.”, disse o sargento. 

O superintendente de Trânsito acrescenta ainda que todas as denúncias serão apuradas e se constatados a infração, os proprietários estarão sujeitos a apreensão do veículo, multa e Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Prorrogadas inscrições para o concurso público da prefeitura

As inscrições para o concurso público da Prefeitura Municipal de Corrente foram prorrogadas para o próximo dia 29. Ao todo estão sendo ofertados 172 vagas, distribuídas em 37 cargos, de níveis fundamental, médio e superior. 


Os candidatos serão avaliados através de provas objetivas, práticas e de títulos. A taxa de inscrição varia de R$ 35 a  R$ a 95, de acordo com o cargo concorrido. Já os salários variam de R$ 724 a R$ 3 mil. 

Na segunda-feira (18), será publicado no site da Consep, organizadora do certame,o segundo aditivo ao edital com o novo cronograma de execução do concurso. 


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Sesapi capacita profissionais de Corrente para Teste Rápido de AIDS

Termina hoje (15), em Corrente, mais uma capacitação em Teste Rápido realizada pela Secretaria Estadual de Saúde, através da Coordenação de Doenças Transmissíveis. O público alvo são médicos e enfermeiros da Atenção Básica do município, além de profissionais do Hospital RegionalJoão Pacheco Cavalcante.


Segundo Karina Amorim, coordenadora de Doenças Transmissíveis e ministrante do curso em Corrente, ao longo do ano vem sendo feito um trabalho de sensibilização e apoio aos municípios para a aplicação do Programa Estadual de DST/Aids, que prioriza a prevenção da doença através dos testes rápidos.

“Esse teste na rede privada demora cerca de 20 dias para sair o resultado. Os testes são realizados de forma segura e totalmente sigilosa”, explica.

A capacitação aconteceu na 14ª Coordenação Regional de Corrente. "O objetivo maior é preparar os profissionais para fazer o diagnóstico precoce do vírus HIV, além de Sífilis e as Hepatites B e C", informa Karina.

O evento contou ainda com a participação da enfermeira da Sesapi Maíra Nogueira e a sssistente social, Thâmara Vilanova. Até o final do ano, o Programa Estadual de DST/Aids deverá está implantado em todo o estado.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Corrente: diretora da Uespi coloca o próprio nome em quadra

Após ser reformada, a quadra esportiva do Campus da Uespi de Corrente recebeu o nome da própria diretora Miriam Folha, a atitude chamou a atenção do promotor do município Rômulo Cordão que abriu inquérito civil público para investigar a escolha.

Foto: Portal Corrente

Para o ministério público, a escolha fere o princípio da impessoalidade e segundo o promotor será pedida a retirada do nome do local. "Vamos pedir a retirada do nome pois fere o princípio da impessoalidade na gestão pública, já que reconhecimentos devem ser póstumos. Vamos pedir a retirada do nome sobre pena de entrarmos com uma ação civil pública", declarou o promotor.

Rômulo Cordão acrescenta que a desobediência pode configurar até ação de improbidade administrativa. O promotor afirma que já ouvir a diretora e que ela alegou que a escolha foi aprovada no conselho deliberativo da Uespi. 

A quadra envolvida na polêmica fica no bairro aeroporto. Em Corrente, até o próprio campus da instituição tem o nome do prefeito, Jesualdo Cavalcanti, e segundo o promotor um ofício também será enviado pedindo a modificação do nome por ferir o mesmo princípio, o da impessoalidade.

Flash de Yala Sena
Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Prefeitura constrói barragens comunitárias para amenizar seca na região

Mesmo com o estado de emergência decretado em decorrência da seca, o prefeito Jesualdo Cavalcante revelou que enfrenta dificuldades para aprovação de projetos para o enfrentamento do problema. Segundo o gestor, como medida paliativa, foram construídas sete barragens comunitárias e novas alternativas estão sendo projetadas para amenizar as consequências da estiagem na região. 



“Em alguns lugares chove tanto e esta água vai toda embora, ficando o sertanejo, na maior parte do ano, sem água nem para dar aos animais. Com estas barragens, ao menos garantimos que o pequeno produtor rural não irá perder a sua fonte de renda, que é a criação de animais”, explica Cavalcante. 

Desde 2013 já foram construídas sete barragens nas localidades Vereda do Capão, Lajeiro, Pedra Furada, Porta do Araçá, Vereda Escura, Grota da Piaba e Cocos. 


“Temos a intenção de construir mais barragens pois, no momento, é a alternativa mais acessível para enfrentarmos a seca. A gestão municipal já construiu sete barragens, beneficiando inúmeras famílias. Os reservatórios são construídos em terrenos doados a prefeitura e são sempre locais acessíveis a toda a comunidade", reitera o prefeito. 

Jesualdo Cavalcante destaca ainda que além, da construção das barragens, o município de Corrente pleiteia junto aos governos estadual, federal e Codevasf, auxílio para a aquisição de caminhões- pipa, construções de poços artesianos e cisternas.


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com 

Acusado de estupros pode ser condenado a mais de 70 anos de prisão

A Polícia Civil do Piauí concluiu o inquérito policial contra Jaelson Pereira dos Santos, 29 anos, conhecido Erick Gaivota, acusado de uma série de estupros no município de Corrente, a 874 km de Teresina. De acordo com o Delegado Rodrigo Morais, responsável pela investigação, a soma de todos os crimes atribuídos ao acusado pode ultrapassar 70 anos.

O delegado explica que além de duas tentativas de estupro, dois estupros consumados e um estupro de vulnerável, Erick Gaivota também responderá pelos crimes de roubo qualificado com uso de arma de fogo, além porte ilegal de arma.


"A soma das penas máximas pode ultrapassar 70 anos de reclusão, mas pela nossa legislação, ele deve ficar 30 anos em regime fechado. Além de crimes no Piauí, Erick Gaivota é acusado de porte ilegal de arma de fogo e três estupros na Bahia e uma suspeita também de estupro em Alagoas", explica Rodrigo Morais. 

O delegado conta que solicitou à Justiça que a prisão temporária do acusado, que expira em 14 de agosto, seja convertida em preventiva, para que Erick Gaivota responda ao processo custodiado. 

"Ele solto é um risco a população pois pode volta a delinquir, por isso solicitamos que no decorrer do processo, ele permaneça preso", finaliza Rodrigo Morais. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Posts anteriores