Cidadeverde.com

Para brincar sem problemas, veja o que é permitido no Corso

O corso 2016 já é neste sábado (30), e para garantir a folia, que começa a partir das 16h, sem maiores preocupações, é preciso ficar atento ao que é e o que não é permitido na Avenida Raul Lopes, o corredor oficial em que a festa acontece. Estão inscritos cerca de 40 caminhões este ano, que devem percorrer o trajeto oficial de mais de 7 km. 

Em relação ao ingresso dos caminhões na via, de acordo com o presidente da Fundação Municipal Cultural Monsenhor Chaves (FCMC), Lázaro do Piauí, as exigências são basicamente as mesmas do ano passado, “É exigido a CNH do motorista, RG, CPF e comprovante de endereço do responsável, além da documentação do caminhão regularizado e revisão do veículo”.  

Só pode adentrar o percurso veículos previamente registrados na FCMC, dos tipos caminhão de um eixo com comprimento máximo de até 14m e Bitrem de até 20m. A altura máxima permitida para os veículos participantes é de 4,2m. Pode também mini trio com foliões em cima do veículo, com limite de elevação de som de até 50 decibéis. A altura máxima permitida para os veículos participantes é de 4,2m. O uso de reboque é permitido apenas para transporte de gerador.

Foto: Raoni Barbosa/Cidade Verde

Veículos não permitidos:  

•    Caminhão baú, trio elétrico, trator, treminhão, motocicleta, triciclos, quadriciclos e bicicletas;

•    Carros de apoio (bebidas, comidas, aparelhagem de som, etc)

•    Carros pequenos tipo pick up e automóveis de passeio

•    Carros com paredões

•    Caminhão caçamba

•    Carroça (com tração animal)

•    Ônibus

Lázaro informou também que os veículos poderão se posicionar a partir das 22h do dia 29 (sexta-feira) na Avenida, ao lado da faixa da ciclovia, no sentido Sul/Norte (beira rio) a partir do cruzamento das avenidas Duque de Caxias e Marechal Castelo Branco.

Também há determinações quanto à participação dos foliões no corredor da folia. Foliões na pista destinada aos veículos não será permitido, por exemplo.

Veja as obrigatoriedades:

•    Só será permitido a inscrição de carros com ano de fabricação a partir de 1985.

•    Os veículos que não atenderem ao chamamento de início serão desclassificados e retirados do Corso pela equipe de organização FMCMC, STRANS E POLÍCIA MILITAR.

•    O veículo deverá transitar em faixa única estabelecida e sinalizada pela organização do Corso.

•    A dispersão acontece a partir do 1º balão do Shopping Riverside, próximo ao Eurobussines, ou seja, fica proibido estacionar a partir desse ponto, sob pena de sansões legais da superintendência de trânsito para com o proprietário do veículo.

•    Cada veículo deverá ter o guarda-corpo de madeira ou ferro com no mínimo 1,20m de altura para proteção dos foliões.

•    Os motoristas cadastrados deverão portar CNH e documentação regular do veículo, ficando proibido aos condutores ingerirem bebidas alcoólicas, como também a utilização de fogos de artifícios.

•    Todos os motoristas serão submetidos a teste de bafômetro antes e durante o percurso do corso. Em caso de comprovação de ingestão de bebida alcoólica os mesmos serão retirados, o caminhão desclassificado e os responsáveis respondendo pelas sansões legais da legislação vigente. 

•     É obrigatório o uso de banheiros químicos nos veículos, recolhimento em saco de lixo dos resíduos sólidos produzidos dentro do veículo (latas, garrafas, copos descartáveis e outros) e somente serão permitidos o uso de bebidas em latas e recipientes de plástico.

•    A entrega de credenciais ocorrerá no ato da inscrição, a ser realizada na seda da FMCMC, Rua Felix Pacheco, 1440-Centro. Nos horários de 7h30m às 13h.

•    Este ano foi estabelecida uma meta de arrecadação de 10kg de alimento não perecível para cada caminhão. Os alimentos devem ser entregues no ato da inscrição e serão distribuídos posteriormente para instituições de caridade.

 

Policiamento

Um esquema de segurança para o Corso é fundamental, portanto está sendo feito todo um planejamento conjunto entre as polícias (PM, PC e PRF), STRANS para garantir a segurança da festa. Ele será feito de forma semelhante ao ano passado, com policiamento antes, durante e depois da folia

O comandante geral da Polícia Militar do Piauí, Sá Junior, informou que a polícia vai levar aproximadamente 800 policiais para fazer a segurança nos entornos de toda Raul Lopes. Ele informou que serão, entre motos e viaturas, mais de 100 veículos disponibilizados para também fazerem a segurança, assim como cavalaria e canil da polícia. 

De acordo com ele, serão montados elevados em pontos estratégicos da avenida, numerados de forma a facilitar o reconhecimento dos cidadãos, que servirão de observação de policiais, além do helicóptero da polícia que irá sobrevoar a área e dos policias que acompanharão o percurso”, disse o coronel.

O coronel Jaime Oliveira, diretor de fiscalização da Strans, informou que haverá policiamento desde a curva do CFAP, na concentração dos caminhões até o final do percurso na rotatória do Eurobusiness. Ele informou que o número 190 para chamadas de emergência estará disponível fazendo uma interlocução com os polciais que estarão nas ruas.

Jaime oliveira orienta para que as pessoas tomem certos cuidados. " Não levem muita quantia em dinheiro, nem cordões ou pulseiras de ouro, para não serem vítimas em potencial de ladrões e se possível, que não cheguem de carro próprio na avenida, perfiram ir de carona ou de táxi, para evitar engarrafamento, problemas com estacionamento ou mesmo roubo de carros. 

O Major Jonh Feitosa, Relações Públicas da PM, explicou que todos os retornos da Raul Lopes estarão fechados e todas as vias perpendiculares que cruzam com a Raul Lopes também estarão fechadas. "Os barraqueiros só poderão entrar na avenida com veículos para abastecer suas tendas até às 14h. Depois disso, retiraremos todos que estiverem na via", complementou o major.

 

Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com