Cidadeverde.com

Caminhões se concentram na Marechal; paredões animam os foliões

Os caminhões já começam a se concentrar na avenida Marechal Castelo Branco para o Corso 2016. Enquanto o desfile não inicia, os paredões fazem a animação dos foliões que já estão no local. Rodolfo Branco levou o paredão "Chupa Cabra" para o esquenta da festa, que conta a presença da mãe, namorada e amigos.

"Este ano vai ser ótimo com certeza. Já estamos no clima", disse o rapaz do bairro Pedra Mole.

A mãe do rapaz, Camila Vieira, foi pela primeira vez curtir o Corso. "É a primeira vez na avenida e já estou gostando", disse.

O desfile, marcado para ter início 16h30, deve atrasar. Os caminhões ainda não estão no local indicado para a largada e sim espalhados por toda a avenida. A organização espera o batalhão de trânsito para rebocar os veículos até a região do supermercado Atacadão, local onde o corso começará.

"A gente está tentando levar todo mundo para depois da ponte da primavera porque a maioria ficou perto da ponte Estaiada e a passagem ficou prejudicada estamos tentando agilizar para que o desfile seja pontual", informou o membro da organização Marlon Rodner.

O presidente da Fundação Monsenhor Chaves, Lázaro do Piauí, disse que o desfile deve atrasar em uma hora. "Quem não estiver no local da concentração até às 16h30 vai ser desclassificado. Já temos a previsão de um atraso da entrada dos caminhões de cerca de uma hora. A polícia está lá para tentar resolver isso e fazer todo mundo cumprir o horário", afirmou.

Apenas a via sentido zona norte está interditada na Marechal Castelo Branco. Em 2016, 81 caminhões se inscreveram no Corso 2016.

Yala Sena (Flash)
Hérlon Moraes (Da Redação)
redacao@cidadeverde.com